sexta-feira, 12 de outubro de 2012

As almas que se amam se encontram em outra vida?



Na espiritualidade o sentimento é claro, de uma força e suavidade que mostram o que existe entre os espíritos que o sentem. Tanto mais fácil perceber este elo afetivo, quanto mais desenvolvido moral e espiritualmente é o espírito. Já durante a encarnação, há uma limitação imposta pelo esquecimento do passado, uma vantagem que Deus nos proporcionou para que o livre-arbítrio fosse pleno em nós. Quando encarnamos esquecemos do passado, e deixamos adormecidas lembranças e sentimentos. Se duas almas que se amam se encontram, talvez não venham a perceber imediatamente a importância real de uma na vida da outra, mas sentirão empatia, simpatia ímpar e profunda, o que as faz pender para a pessoa que acabaram de conhecer na nova encarnação. O reconhecimento de um amor de milênios pode ser forte e imediato, mas em geral, para nos facilitar a vida, surge doce e suave, lenta e profundamente.

O fato de duas almas terem aprendido a amar-se e que se procuram para continuar juntas sua jornada – encontrarem-se na encarnação, não significa necessariamente que devam ficar juntas, enquanto a experiência terrena estiver em andamento. Há reencontros que acontecem para que formem família, exemplifiquem o sentimento, evoluindo e dando, uma à outra, força nas provas, expiações e missões que vieram cumprir. É bem comum também que afetos verdadeiros não se encontrem, que estejam, cada um, vivendo experiências com outras almas, de modo a ampliar os laços do amor fraternal. Neste caso, costumam aliviar a saudade através de visitas em espírito (sonhos).

Há ainda outra possibilidade, em geral prova bem difícil por exigir o mais amplo sentimento de resignação, coragem e amor ao próximo: duas almas encontrarem-se, reconhecerem-se, amarem-se e não poderem ficar juntas porque já estão comprometidas com outras pessoas e famílias.

E porque Deus faria isso?
 Deus não fez. As próprias almas pediram esta prova como exercício expiatório e prova de resistência de suas más tendências, em geral, o egoísmo.
Imaginemos…

Duas almas aprendem a se amar; almas gêmeas que se tornam, escolhem experiências que irão fazê-las evoluir. Espíritos ainda em progresso, possuem defeitos morais que estão trabalhando nas existências. Nascem juntas, separadas, na mesma família, em outras, entre amigos ou inimigos. Entre tantas vidas, numa optam por temporariamente (o que são os anos de uma encarnação perante a imortalidade?) por encarnarem separadas. Casam-se com outras pessoas, formam famílias. Mas um dia encontram-se. Reconhecem-se. O amor ressurge. Seus compromissos espirituais são logo esquecidos, desejam-se. Eles deveriam resistir à tentação de trair, de abandonar os companheiros, os filhos, os compromissos, construindo falsa felicidade sobre lágrimas alheias. No entanto cedem. Traem, abandonam, fogem… não importa. Querem ser felizes e isso lhes basta. É o egoísmo e a falta de fé no futuro, que lhes dirige a ação.

Mas não há real felicidade senão a conquistada no direito e na justiça. Se vencerem a tentação de fazer o que citamos, terão no futuro o mérito de estar uma com a outra. Se se deixam arrastar pelas paixões, estarão fadadas a novos afastamentos, lições dolorosas.
Escolhem esta experiência porque a visão que têm na espiritualidade é diferente da limitada visão da encarnação. Melhor abrir temporariamente mão da presença amada, já que o afeto não se esvai na ausência, do que abrir mão de estarem juntos em várias vidas e seus intervalos. Sendo o egoísmo o único motivador (e não o amor) da escolha de ficarem juntos a qualquer preço, constrói-se sólido castelo sobre a areia das ilusões. Fatalmente ele desmoronará, e será preciso reconstruí-lo.

Vania Loir@ Vasconcelos


443 comentários:

  1. Foi tentando encontrar explicações para o que eu vivi há alguns dias atrás, mesmo sabendo sobre o que se tratava, que encontrei seu blog ao pesquisar sobre encontro de almas na vida terrena.
    Ao ler não tive mais dúvidas a respeito do que vivi… Vou relatar-lhe o fato, pois vi que responde aos nossos comentários, e suas palavras trazem conforto e ainda mais confiança na espiritualidade.
    Semana passada fiz uma viagem, e conheci um homem no hotel que estava hospedada, enquanto tomávamos banho de piscina a noite, sob a lua cheia (sou apaixonada por essa fase). Antes mesmo de nos aproximarmos, o vi de longe e de costas, e senti algo diferente, depois de passado o fato, creio eu que senti algo familiar. Ao nos aproximarmos ele se dirigiu a mim, instantaneamente, e logo começamos a conversar… Conversamos sobre toda a nossa vida, sobre as coisas que nos aconteceram, nossas buscas, nossas conquistas, nossas perdas, nossa família, e no meio da conversa ele disse que era casado.
    Até então, nada tinha passado de uma enorme empatia, mas nesse momento, quando ele disse que era casado, senti um estalo dentro de mim, e senti como se existisse uma faixa que não poderia ser ultrapassada (depois de ler seu texto compreendi o que foi), mas nada foi alterado, continuamos conversando por horas a fio. Ficamos das 20h as 1:30 na piscina, sem sair daquele momento que parecia mágico. Conversamos sobre a nossa vida, sobre as nossas expectativas e desejos, e era como se nos conhecêssemos há muito tempo, pois a afinidade, a cumplicidade era tamanha. Durante outro dois dias nos encontramos no café da manhã, mas sempre muito rápido, pois ele estava a trabalho e tinha que cumprir suas obrigações profissionais.
    Como sou médium e estudiosa nos assuntos espirituais comecei a me questionar a respeito do que sentia em relação ao fato, e então, como se alguém sussurrasse em meu ouvido, percebi que estava diante de alguém especial.
    Percebi que quando nos encontrávamos, ele ficava embaraçado, desconsertado e parecia correr daquela situação, mas sempre vinha ao meu encontro, mesmo que fosse para dar um abraço e um beijo de bom dia.
    Quando nos despedimos para seguirmos o nosso destino, voltar cada um para sua vida, senti a dor da despedida, da improvável possibilidade de outro reencontro… Tenho sentido tanta saudade, tenho sofrido com a possível situação de ter reencontrado um grande amor, pois quando o vi, percebi que ele era exatamente a pessoa que sempre imaginei ser o homem dos meus sonhos, o sorriso, o olhar, a voz, os cabelos, o jeito… Enfim, ainda sinto a presença daquele instante a todo momento e o seu texto me disse exatamente o que eu precisava saber… Não fomos egoístas, não pensamos em nós, em nos deixar levar pela magia daquele momento e nos render a paixão, ao desejo, e acredito que houve a renúncia, que presume a resignação das nossas almas. Contudo, o que fazer a partir de agora, se sinto que depois desse encontro senti novamente a vontade de amar, de me entregar, já que me encontrava tão decepcionada e desacreditada, já não achava possível sentir amor outra vez. Ele veio e mudou tudo em mim…

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vivi algo pareciso, o seu texto descreve extamente o que eu senti em relação a ele quando o vi pela primeira vez. Estávamos ambos em crise no casamento e não nos prendemos quanto ao desejo e deixamos fluir até certo ponto (beijos, abraços, carinhos) até o ponto que decidi falar que era soropositivo e barrar o avanço da situação. A empatia foi tanta que depois de ambos voltarem ao casamento continuamos amigos. Só que eu fui fraco e pedi por algo mais durante a amizade traindo a mim, ele e os respectivos parceiros. Mas ele não quiz e disse que já sentia algo muito fraterno. Eu entendi e decidi seguir em frente, em um momento de pura tolisse e ao perceber algumas inseguranças do parceiro em relação a ele eu decidi ajudar. Eu disse que não havia segredo entre os 2 e que o único segredo que existia era um segredo meu e da minha vida e por isso ele não podia revelar. Mas ele não entendeu assim, brigaram e eu fui o causador de tudo o que me causa muita dor. Parece que ambos estão com muita raiva de mim e isso me machuca demais, principalmente a raiva daquele que eu já conheço de outras vidas. Ta difícil suportar e continuar a vida com esse peso e esse rancor, a vida com meu parceiro também está esquisita pois ele percebe essa minha tristesa. Eu não sei o que eu faço, mas agora estou afastado e carregando a dor das minhas atitudes comigo. Preciso de um perdão dos 2 mas acho que não vou ter tão cedo!

      Excluir
    2. Sua história é parecida com a minha. E se eu não estou louca, acho que encontrei a pessoa q eu procurava, mas não podemos ficar juntos ainda. O que me resta é aprender a ter paciência. Foi bom ler isto, aliviou bastante a angústia que estava sentindo e a vontade de chorar por não poder ter uma pessoa ao meu lado.

      Excluir
    3. nós nos procuramos a vida inteira e quando ELE me encontrou, foi mágico, entretanto, ELE está do outro lado da vida e eu estou aqui, estamos juntos em espírito e alma e separados pela matéria. Dói muito, pois o desejo é de me entregar, para ir ao seu encontro. a saudade do toque, do cheiro dele que por vezes intranha em meu nariz, seus pensamentos que invadem os meus. Por vezes me pego como a sentir-lhe a presença, tento toco-lo, sinto-lhe o calor, o abraço, mas, falta a pele. Tá muito difícil pra nós.
      Eu sei que preciso ser forte, por nós, que nosso sofrimento é o mesmo, e que pre ele é ainda mais difícil. pois sinto a sua dor. Me ajudem, estou fraca, sei que se eu continuar nessa tristeza, estarei a nos condenar a um afastamento ainda mais doloroso... Eu preciso reagir, lutar, ele precisa de mim forte. E eu preciso vencer!!! A mim mesma.

      Excluir
  2. Antes de viajar eu tive um sonho em que estava numa estrada e passava um cavaleiro, e que conversávamos… Ou seja, presumo que já previa este encontro antes mesmo de conhecê-lo. Sempre fui encantada com a estrada, vivo viajando e sei que em outra encarnação fui cigana, e creio que esse encontro já era previsto. Aguardo resposta.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia anjo lindo! Perdoa tratá-la assim, mas foi inevitável devido a delicadeza que vc nos transmite. Não podemos acrescentar nada mais do que aquilo que vc já compreendeu. Qualquer coisa que falarmos seria mera cogitação. Acreditamos que essa empatia imediata seja realmente uma alma afim que tanto pode ter sido um grande amor, como tb um pai amoroso, um irmão afetuoso. Vc percebeu a apreensão da parte dele em manterem contato, ele está no caminho que escolheu e é da máxima importância respeitar isso para a evolução de ambos. Não se aflija mais do que o necessário, envie energias amorosas para ele e para a família. Lembre-se que tb durante o sono vcs podem se encontrar e conversar, sabemos que vc acredita nisso. Continue trilhando seu caminho, cremos que esse "reencontro" é um presente conquistado. Esse véu que Deus permite ser colocado no conhecimento do passado não é em vão...ele é importante para nossa evolução e o bem viver, a aceitação desse fato, alavanca nosso progresso, qualquer atitude nossa que faça desestruturar uma família, pode nos trazer séculos de sofrimento na vida espiritual. Amamos sua presença, creia nisso. Estejamos todos no amor do Pai que nos uniu.

    ResponderExcluir
  4. Obrigada pelas doces palavras... Creio na conquista desse presente lindo, e sei que foi dado por merecimento, e sendo assim, aceito esse fato com amor e resignação, jamais esquecerei de toda aquela magia e amor que senti. Até uma próxima oportunidade... Paz e Amor é o que desejo à você que encontrou um meio de nos proporcionar tamanho entendimento e compreensão.

    ResponderExcluir
  5. Até uma próxima oportunidade. Desejamos-lhe paz e harmonia. Sua presença é sutil e especial para nós. Um grande abraço fraternal. Esteja sempre no amor do Pai que nos uniu.

    ResponderExcluir
  6. Nos encontramos em uma festa... Imediatamente ele olhou pra mim e disse: é você, com vc vou me casar, você é a mulher da minha vida. Palavras que qualquer mulher gostaria de ouvir, um mês se passou apos aquele encontro e ele permanecia firme em suas palavras, eu sofrida demais apos dois relacionamentos que me renderam dois filhos lindos, absurdamente focada no trabalho, não deu tanta importância. Até que um dia combinamos de sair, neste encontro o qual o deixei esperando por uma hora, veio o pedido, quero que seja minha mulher, minha esposa, quero casar com você... Tudo muito rápido, não me apaixonei por ele, desde o inicio senti grande ternura, carinho, apresso, amor, o queria ver feliz... E ele me fez feliz... Foram apenas 4 meses, éramos uma família, algo que ele almejava e endeusava, de boca cheia chamava meus filhos de seus... Ele era o pai, mais do que os outros que nem sabiam do que eles gostavam de comer... 4 lindos e amados meses... Em 7 de outubro de 2012 ele se foi, de forma bruta e covarde, foi assassinado... Foi tirado de mim... Sua ultima mensagem pra mim foi: "obrigado amor por tudo e desculpa qualquer coisa"... Sinto ele em meu coração de forma intensa, tenho saudade do que podia ter vivido, tento viver e me relacionar com outras pessoas, mas sei lá, sinto como se ele houve-se levado com ele parte da minha alma... O que faço? Ele era minha alma gêmea? Comi seguir em frente agora? Estou tentando namorar com outra pessoa mas tenho medo de estar somente atrapalhando a vida dele, gosto dele gosto de estar com ele, mas tenho medo de estar impedindo de sentir o que um dia eu senti... O amor pleno...

    ResponderExcluir
  7. Se ele era sua alma gêmea? Coloque assim..."ele me amou"! Quanto ao seu relacionamento atual, não tenha medo, a vida por si, segue seu rumo. Seus sentimentos são nobres. Permita que a Vida continue pulsando em sua alma. Estaremos vibrando por sua felicidade e coragem. E que o amor de Jesus seja nosso guia.

    ResponderExcluir
  8. Por Deus, preciso de uma resposta. Sempre acreditei na vida após a morte, mas nunca me interessei muito por isso, tinha curiosidade sobre o assunto mas nada de mais. Mas há alguns meses me aconteceu uma coisa que mudou minha vida. Fui a um centro espírita, e quando olhei para o médium q estava lá, logo o reconheci como uma alma que eu já havia conhecido em outras vidas. Ele também sentiu a mesma coisa (ele mesmo me contou posteriormente, mas não quis entrar em detalhes, por ser muito sensato), no entanto, disse-me q com certeza tivemos contatos em vidas passadas e que provavelmente já fomos irmãos. Sinto q ele tem um grande apreço por mim, mas eu tenho muito amor por ele. Penso nele da hora que acordo até a hora que vou dormir, e ás vezes ainda sonho como ele. Já no primeiro dia que o vi no centro espírita, sabia que o amava, há tempos. Sou capaz de dar minha vida por ele. O que fazer? Nunca passei por semelhante situação. Há coisas q nos impedem de viver nossa história, sou casada. Será que ainda vamos nos encontrar definitivamente nessa vida? Ou teremos que esperar outra encarnação? Sinto que não vou conseguir viver muito tempo mais sem ele...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já que vc está num centro espírita, nada melhor do que um bom diálogo com uma entidade que se mostre bem evoluída.

      Excluir
  9. Calma minha irmãzinha, o que vou falar pode lhe trazer grande desconforto. Procure analisar se vc está vivendo um momento difícil com seu esposo e isso está fazendo vc ver no outro uma válvula de escape e que eu chamo de vivendo uma ilusão. Em nome do Espiritismo temos vistos muitos irmãos atropelando responsabilidades. Pense com calma, o fato de sentir simpatia por alguem não necessariamente significa que tiveram uma outra existência em comum, certamente é uma simpatia advinda de compactuarem da mesma energia e magnetismo. Isso é muito comum. E ainda que tenham tido uma experiência boa em existência anterior, não tira a responsabilidade de ambos de viverem a vida de hoje, porque são compromissos que tiveram que assumir antes de encarnar, devido a atitudes e comprometimentos do passado. Qualquer atitude precipitada pode jogar vc num abismo que terá que resgatar. De tempo ao tempo, deixa os sentimentos à vontade para lhe mostrarem o caminho correto. Sabendo de anti-mão que qualquer atitude precipitada vai lhe trazer dores e perdas. Vc já está falando até em dar sua vida por ele o que já é um comprometimento grave diante das Leis Divinas. Coloque seu amor em Deus e deixe que Ele lhe dê as respostas. Fique na paz Divina. Apareça sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. exatamente a mesma experiencia tive...mas com a ajuda dele compreendi a missao a que somos propostos nesta vida...a unica coisa que me conforta é o mundo astral, lá posso amo-lo, aqui sigo meu caminho sozinha, que se faça a vontade celestial...

      Excluir
    2. Eu fui casada. Em uma época de turbulências, eu não soube ter a serenidade necessária. Eu não era adepta de religião alguma e, tão pouco conhecia o espiritismo. Acabei por me envolver com um homem também casado e dessa loucura resultou um filho. Filho este que ele não quis assumir e acabei por dizer que era do meu marido. Eu tinha medo, tinha vergonha. 3 anos após o nascimento do meu filho, divorciei-me. Sempre carreguei uma culpa dentro de mim, principalmente depois que conheci a doutrina.
      O sentimento de que não mereço uma segunda chance me invade constantemente, mesmo sabendo que todos tem o seu aprendizado e o momento certo de fazer a coisa certa.
      Recentemente viajei para minha cidade natal e reencontrei um colega de escola. Foi lindo, como se ele estivesse esperando minha volta. Ele disse que eu sou o que ele quer pra vida dele, que sou especial, fez uma declaração mesmo, com intensidade, com lágrimas e eu estava muito confusa.
      Eu tinha que voltar, mas à distância, quase não nos falamos. Eu sou insegura e, óbvio, tenho medo de que quando eu voltar lá ele esteja com alguém. Tenho medo de não ter mais a chance de provar que eu aprendi muito e que não erraria outra vez...

      Excluir
  10. Ha uns 10 meses conheci um moço no hospital onde trabalho. E simplesmente nos apaixonamos um pelo outro.. Eu trabalho na area administrativa, nao tinha contato com pacientes. Porém, o encontrei e começamos a ter uma cumplicidade incrível. Parecia q nos conheciamos a muuito tempo. O que sentiamos e o que vivemos durante esses tempo foi tudo muuito intenso. O Amor de uma forma que é inesplicavél, tínhamos feito varios planos, até de nos casar. Mais devido ao quadro que foi se complicando, ele acabou falecendo. Eu ainda sofro demais com a morte dele. Pelas saudades e também pelos planos que faziamos, pelo amor que sentiamos um pelo outro e que poderiamos ter tido uma vida inteira pela frente para vivermos. Eu sinto a presença dele, o amor dele muuiito forte dentro de mim. Eu nao posso ver, mais consigo sentir muito forte que ele esta perto de mim. Eu me relaciono muuito bem com a família dele. Realmente é como se nos conhecessemos a muito tempo, temos um forte laço. Eu tenho certeza que ele é minha alma gêmea e que irei encontra-lo novamente para vivermos tudo o que nao pudemos viver aqui nesta terra.

    ResponderExcluir
  11. Olá, me sinto um pouco constrangida ao contar minha história. Eu conheci essa pessoa há uns 4 anos atrás, eu estava namorando e ele era amigo do meu namorado. Após 3 anos de relacionamento tivemos um rompimento brusco e me envolvi com esta pessoa, que era o amigo, mas voltei com meu namorado e agora terminamos novamente. Mesmo depois do rápido envolvimento que tivemos continuamos amigos, sempre me senti muito ligada a ele, mesmo antes de toda a confusão acontecer, sempre me identifiquei, me sentia bem e não havia nenhuma paixão avassaladora, só sentia algo diferente que não consigo explicar. O que é um problema é que eu já tentei me afastar muitas vezes, ele também já tentou, mas toda vez a gente acaba se reaproximando. Por vezes sonhei com nós dois em um mesmo local de onde eu tentava sair e seguir sozinha, e no meio do caminho eu precisava voltar. E me sinto como nesse sonho, por vezes tento me afastar, mas quando vejo a gente se aproxima de novo. O que me inquieta é exatamente essa sensação de estar ligada, que não consigo explicar. PS: Não tivemos um relacionamento extraconjugal, ele tem namorada e eu quando namorava meu ex pensava sempre que era para ele que eu devia me dedicar e priorizar. Assim nós passamos a cultivar uma amizade, mesmo sentindo outra coisa.

    ResponderExcluir
  12. Creio que, quando ponderamos muito é porque não temos certeza do que sentimos. Do contrário vcs já teriam tomado uma decisão de ficarem juntos. Os sonhos repetidos dão um sinal. Talvez uma resposta. A impressão que nos dá é a de que vcs já se decepcionaram em existência anterior. As lembranças são muito fortes. Pode essa energia/pensamento ou lembrança, estar fazendo vc recuar. O que vc acha?

    ResponderExcluir
  13. Por favor, me dê uma resposta. Estou desesperada. Perdi uma pessoa importântissima na minha vida, uma pessoa que amava muito e ele também me amava muito. Queria muito saber se quando eu encerrar minha jornada na terra, irei me encontrar com ele e se da onde ele está ele ainda me ama, se ele sente esse amor que eu sinto para com ele.
    Preciso muito saber. Desde já agradeço e que Deus dê muita luz pra vossos caminhos.

    ResponderExcluir
  14. Sentimos muito por sua perda, e desejamos em Cristo que encontre o consolo que precisa para passar por esse momento. Entenda que não há uma resposta para seu questionamento, visto que não temos essa resposta. Mas acreditamos sim, que voce possa sim se encontrar com ele, porque já está sendo provado que a vida espiritual não se extingue e é nela que reside nossos sentimentos. Todas as nossas conquistas, tudo que aprendemos aqui na Terra, acrescenta nossos conhecimentos. Cada ser com quem compartilhamos, pode sim voltar a se verem tb na vida espiritual, seja por afinidades, amor, ódio ou missão. Nós aqui, acreditamos que vcs possam se reencontrar se isso estiver nas Leis de Deus. E que o amor que vc sente por ele, certamente ele o sente e vice-versa. Perceba nas horas de profunda solidão, se vc não sente que o amor dele é que lhe dá forças. O saber-se amada, a faz desejar estar com ele na continuidade da vida após a morte aqui na Terra. No amor não há rupturas, só venturas.
    Agradecemos Luz de Deus que vc nos deseja e desejamos o mesmo pra vc e não sabemos se é necessário fazer um pequeno comentário porque vc não deixou nada assinalado aqui. O faremos, mas por favor nos perdoe se ele for desnecessário. Nunca pense em desistir da Vida, porque isso poderá embaraçar sua evolução, atrasando assim a realização de seus sonhos.
    Desde já, agradecemos a confiança.
    E é muito importante que vc se envolva em preces e nelas envolva seu amado na Luz de Deus. Um abraço fraterno.

    ResponderExcluir
  15. Ola,lendo alguns depoimentos me inspirei a falar de minha história.
    A alguns dias conheci alguém através de um site de relacionamentos,sinceramente nunca consegui crer muito nestes tipos de encontros. Fui atraída, por favor acreditem por uma força inacreditável,parecia uma vóz que chamava para lá. Durante alguns anos conheci pessoas graças a Deus de boa índole e caráter.Mas todas ficaram apenas na amizade,sabia desde o inicio que não era o que me esperava,que não era pessoa da qual me esperava. Já descrente de encontrar alguém para minha vida e bem disposta a tirar o perfil daquele site,pois nao encontrava sentido em estar ali,ainda assim todos os dias abria as mensagens e respondia a todos com respeito. No dia em que decidi desativar,neste mesmo dia vi uma foto com uma mensagem simples,acreditem antes mesmo de abrir, apenas olhando aquela foto,meu coração bateu mais forte.Novamente aquela vós veio e me falou.Pronto esta ai,demorei mas uni vcs. Sei que nao parece real mas juro foi assim. Escutei a voz como se estivesse em transe. Esta pessoa hj esta muito longe de mim,mas acreditem é incrível como me sinto completa é exatamente como se ja estivesse p´re definida nossas vidas. Vai contra tudo o que estava trazendo comigo. Não estou em crise,tampouco solitária demais,pelo contrario estava certa ja de nao querer ninguém mais.Mas estranhamente quando falava isto,dentro de mim algo dizia que nao seria assim. Hoje estamos em plena sintonia,algo surreal.
    A alguns dias ele me ligou quando saia de meu serviço,alguns minutos antes,ele pediu que eu me cuidasse pois tinha adormecido e em seus breve sonho eu estava atravessando a rua e um ser segurava um carro. Me falava que acordou com uma angustia tremenda pedindo que me cuidasse,uma vos quase desesperada.Enquanto ouvia e pedia que ele se acalmasse e ja atravessando a rua,uma mulher da qual arrancou o carro distraída,por muito pouco,mas muito pouco mesmo,nao me acertou em cheio. É inacreditável como ela encostou na minha bolsa e parou em cima de mim. Com ele ainda no telefone ja aos gritos falava: Estou te avisando cuidado pelo amor de Deus. Ao chegar do outro lado da rua um colega que assistia,disse nao acreditar como o carro parou abruptamente,pois a forma que vinha era para ter me acertado em cheio,meu colega ainda terminou com a frase: Foi seu anjo protetor,só pode. Desde então fico pensando por horas se foi coincidência,penso no que esta nos unindo hj,da semelhança de pensamentos. Das escolhas de vidas e do futuro tao desenhado igualmente por nós. Mas vem a pergunta certeira,pq ainda sinto medo?O medo de me machucar? Sei que algo me leva para ele,mas tenho receio e ainda nao entendi o pq. Fico esperando como se algo ou alguma coisa fosse dar errado neste caminho,é estranha a sensação impossivel descreve-la.Minha alma me leva para ele,mas algo pode dar errado e quase estou travada por este sentimento. Preciso procurar alguém que consiga me ajudar,e acreditem sei que ainda vai chegar alguém que ira encostar em mim e me falar algo. Preciso que acreditem em mim,são quase visões,quando estou dormindo então fica mais claro ainda,mas estranhamente não consigo contar a ninguém pois tenho receio de não acreditarem em mim.Ou nao entenderam a verdadeira profundidade de tudo que esta acontecendo que acredito tenho certeza nao é coincidência,nem imaginação minha.Tenho certeza. Quem sabe aqui receberei a verdade que preciso ouvir.

    ResponderExcluir
  16. Estaremos vibrando para que vc consiga a resposta que tanto sente necessidade para dar um passo adiante nesse relacionamento. Enquanto existir esse medo, certamente será melhor não tomar decisões. Um abraço de gratidão por deixar aqui registrado como o Ser prudente dirige melhor suas atitudes.

    ResponderExcluir
  17. Olá,estou em busca de uma resposta para o que sinto.Moro com um homem há dez anos ,temos um filho de 7 anos lindo.Estou sendo sincera vivo um relacionamento de respeito,o respeito muito,nunca passou pela minha cabeça traí-lo.Vivemos bem,nos damos muito bem,ele está sempre me dizendo que me ama...Mas algo estranho acontece comigo ,amo alguem que nunca vi,não o conheço,mas sinto sua presença sempre perto de mim,sinto que o amo e que ele me ama, que está a minha procura,sinto que está em algum lugar e esta vindo.sinto saudades .Mas me pergunto como sentir saudades de alguém que nem conheço.As vezes que penso nele ,sinto perto de mim,sei lá é estranho,é forte.A noite chego a pedir a Deus para protege-lo onde quer que esteja.nunca contei isso a ninguém,gosto do meu marido.Mas e esse amor que tenho por alguém que não sei quem é,nunca o vi, mas sinto que está trabalhando longe ,mas que está vindo a minha procura.Ouço até a voz dele dizendo assim:"Estava te procurando a tanto tempo".

    O que é isso? O que sinto ? Será apenas uma imaginação? Quando eu estava escrevendo este texto senti a presença e o amor dele perto mim. É estranho isso.
    Aguardo uma resposta.fique com Deus.Ass: BES

    ResponderExcluir
  18. Bom dia Bes, é gratificante tê-la aqui conosco. Poderíamos dar nossa opinião, mas escolhemos fazer uso de um comentário do espírito Miramez referente à questão de número 342 do livro dos espíritos.
    Veja: AFEIÇÃO
    O Espírito, na hora de reencarnar, pode ter muitos que o acompanham para o ingresso na vida física; depende do plano a que pertença na escala espiritual.
    Se tem amigos e companheiros entrelaçados na fraternidade, esses vêm assistir ao seu ingresso no mundo material com todo amor, ainda doando condições para seu ânimo e fé, na viagem pela vida na Terra, pedindo aos Céus que lhe dê em um destino compensador em suas lutas na nova vida.
    Claro que todos têm a proteção de Deus em todos os aspectos de sua vida.
    Devemos procurar afeição em todos os campos de trabalho, de maneira que essas se transformem em equilíbrio no amor verdadeiro e na paz que se ilustra no trabalho digno. Todos são filhos de Deus e ninguém é esquecido pelo amor do Pai Celestial, mas a parte que nos toca haverá de ser feita como sendo a nossa conquista espiritual.
    Estudemos, vigiemos e oremos, para que compreendamos os deveres a respeitar ante Deus e os nossos irmãos a caminho. Se queremos boas companhias mesmo na Terra onde nos encontramos, não desdenhemos ninguém, nem os inferiores nem os superiores, nem as plantas que nos ajudam a viver, nem os animais. Tudo vive, tudo serve, tudo se encarrega de uma tarefa na criação.
    Esforcemo-nos para aumentar a afeição em todos os caminhos que percorrermos, que essa afeição se multiplicará em variadas assistências para a nossa paz de consciência. Se queremos muitos amigos visíveis e invisíveis, na entrada para a vida espiritual, e no momento da reencarnação, plantemos as sementes do amor por onde passarmos, multiplicando a nossa amabilidade.
    No momento de reencarnar, sempre temos a companhia de outros Espíritos. Precisamos saber quais os tipos de Espíritos que devem vir, pois eles aparecerão de acordo com os nossos sentimentos, com a vida que estamos levando no mundo dos Espíritos ou na Terra. Atraímos o que somos, em qualquer lugar onde estivermos.

    ResponderExcluir
  19. Podemos acrescentar que para que vc consiga êxito na missão que veio aqui realizar, será muito importante que vc continue sendo fiel no seu amor ao seu marido. Outro ponto que achamos relevante, são suas preces por esse Ser ao qual vc ente sua presença. Seja quem for, ele não pode desestruturá-la. Ele certamente não acha que está lhe causando mal algum, é c quem precisa observar se está conseguindo conviver com tudo isso e mantendo equilíbrio nos outros setores. A oração é remédio que cura. É possível que esse Ser a ame e que vcs tenham tido um relacionamento em existência passada. Mas hoje seguindo as Leis Divinas vc está encarnada e seguindo o que foi determinado para sua evolução espiritual. Ore sempre por ele, faça-o entender que no momento vcs tem destinos diferentes. Desejamos muita paz e fé no Criador para vc seguir sua estrada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredita,que já pensei que esse ser pode estar vivo em algum lugar e que vestá vindo ao meu encontro, mas nunca da forma como me responderam? Quando estou triste gostaria que estivesse comigo por que?é algo estranho.mas vou sempre orar por ele onde quer que esteja.Obrigada por esclarecer o que sinto.Paz e fé no Criador para vcs tbém.
      Grata.Bes.

      Excluir
    2. Sugere um livro para eu ler ,para eu entender isso,ou melhor o que sinto.Ass:bes

      Excluir
    3. me sugere um livro para eu ler e entender o que eu realmente sinto..quero um romance também.Ass:Bes

      Excluir
  20. Oi como vai Bes?
    Quando vc está triste, gostaria que esse Ser estivesse perto de vc ... não podemos dizer o que acontece, não sabemos. Mas cremos ser importante vc observar tb, se não é ele que ao se aproximar de vc a deixa triste. Vc perdeu alguem querido?
    Com relação ao livro podemos sugerir Tabernáculo Eterno, fala sobre viagens no tempo, viagens a planos superiores o amor entre dois espíritos, o perdão e a superação dos erros do passado e outros temas.

    Estamos aguardando sua resposta...um abraço fraterno.


    ResponderExcluir
  21. Conhecí meu marido, foi amor a primeira vista, tinha certeza que me casaria com ele e teríamos uma filha. E realmente isso aconteceu. Vivemos juntos por 15 anos e um câncer muito agressivo fez com que ele partisse em pouco tempo. Parecia que eu não conseguiria viver sem ele. Fui morar no interior com minha filha, na casa de meus pais, depois de 2 meses da partida de meu marido, conhecí uma pessoa que transformou minha vida, sinto um amor imenso por ele, tive coragem para enfrentar a perda de meu marido, justamente por ter alguém para me apoiar. Vamos nos casar e o interessante é que fui casada por 15 anos e meu companheiro tem exatos 15 anos a menos que eu. NO dia que meu marido desencarnou, ele acordou de madrugada e ficou acariciando meu rosto, perguntei o que era, ele respondeu que havia sonhado com meu novo marido, briguei com ele e aí calmamente me respondeu: você não entende. Bom, a única certeza que tenho é que onde estiver, ele continua a cuidar de mim e de nossa filha.

    ResponderExcluir
  22. Nós tb acreditamos nisso! E que todas as bençãos possíveis recaiam em sua vida, dando sustentáculo e discernimento. Um abraço fraternal. Gratidão por sua presença aqui conosco.

    ResponderExcluir
  23. Olá!Gostaria de relatar um pouco sobre meu encontro com o meu companheiro e saber quem sabe se ele é a minha alma gêmea!!!
    Bom moravamos na mesma rua quando nos conheçemos eu era bem nova então eram apenas olhares.O tempo foi passando ele ficou namorando uma pessoa que morava na outra rua eu também fiquei com uma outra pessoa e ele sempre mexendo comigo de cima do muro da casa dele e falava que um dia eu iria ser dele que nós iriamos ficar juntos e ter um filho eu nunca levei muito a sério pq ele era um galinha mas sempre falando que eu iria ser dele até que um dia eu falei que só ficaria com ele no dia que ele terminase com ela e no momento que ninquem mais ia ficar dando bola pr ele até pq ele era o queridinho dos supostos amigos dele.Enfim acabou que ele sofreu um acidente de paraquedas quebrou o tornozelo e ficou andando de muletas por meses foi aí que eu entrei de verdade na vida dele a maioria das amizades dele o abandonaram e as namoradas também.Em uma véspera de natal estava muito chateada pq tinha terminada o meu namoro há 2 meses então muito inquieta falei para miinha mãe que iria comprar ração para meu cachorro ,desci a rua sem necesidade pq o cachorro tinha ração mais nem qus saber eu queria era sair de casa naquela hora,então fui.Quando chequei na esquina da rua estava ele lá falanco com o irmão dele e uns colegas e a muleta junto kkkk aí assim que ele me viu me chamou e perguntou se eu irira pasar o natal em casa eu falei que sim ele me convidou para ir até a casa dele falar com a mãe dele até pq eu sempre me dei bem com a mãe dele então comfirmei e fui quando chequei a mãe dele tinha acabado de sair ele então falou para eu entrar eu disse que não pq a mãe dele não estava em casa mas ele esperto me lembrou que eu estava curiosa para ver a casa como tinha ficado pq lá na miiha infância morava um amiga minha a qual eu brincava todos os dias lá. A casa tinha passado por uma mega reforma que eles fizeram por isso minha curiosidade então eu entrei ,ele mostrou todos os comodos e no final ele mostro o quarto dele eu entrei falei que ficou muito bonito e bem diferente do que era aí derrepente não sei o que me deu parece que foi um istalo ( tipo acorda!) ai eu olhei e o bejei eu vi um monte de posinho brilhante caindo sobre nós foi algo inesplicavél!!!!! Hoje temos um filho lindo e maravilhoso de 6 aninhos e continuamos juntos!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, como vai! Encantadora a sua presença aqui no blog.
      Sobre os pozinhos brilhantes acreditamos que tenha sido devido a emoção muito intensa que ambos sentiram. É um fator físico, creio que a psicologia explicaria melhor.
      Com relação a serem almas gêmeas, se isso for muito importante para você, faça com que, se não os são, que passem a ser. Acreditamos que ninguém passa por nós sem um motivo relevante. Quanto mais afeições vc tiver, mai aumentará sua família espiritual. Como somos espíritas, ficamos com a parte em que os espíritos disseram aos médiuns que ajudaram Kardec a compor o livro dos Espíritos, onde este questionou sobre "almas gêmeas" e eles responderam: _Dois Espíritos simpáticos são complemento um do outro, ou a simpatia entre eles existente é resultado de identidade perfeita?
      “A simpatia que atrai um Espírito para outro resulta da perfeita concordância de seus pendores e instintos. Se um tivesse que completar o outro, perderia a sua individualidade.”

      E tb buscamos a questão Questão 298.
      _As almas que devam unir-se estão, desde suas origens, predestinadas a essa união e cada um de nós tem, nalguma parte do Universo, sua metade, a que fatalmente um dia se reunirá?
      “Não; não há união particular e fatal, de duas almas. A união que há é a de todos os Espíritos, mas em graus diversos, segundo a categoria que ocupam, isto é, segundo a perfeição que tenham adquirido. Quanto mais perfeitos, tanto mais unidos. Da discórdia nascem todos os males dos humanos; da concórdia resulta a completa felicidade.”

      Toda atitude voltada para o bem resulta em bens, seja aqui na Terra ou em qualquer lugar no plano espiritual.

      Desejamos toda felicidade que vcs possam abraçar. Que nunca lhes falte amor, fé e perseverança. Parabéns pelo filhinho de vcs. Bençãos do Pai sempre fluam em suas vidas e que assim seja.

      Excluir
  24. Gostaria de entender porque os 2 tem doenças tão graves e severas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. À vc que postou hoje, dia 11 de setembro de 2013, gostaríamos de entender sua indagação.

      Excluir
    2. Me desculpe queridos, é que o texto anterior com toda a explicação não foi publicado, vou postar novamente! Um abraço!

      Excluir
    3. Olá, boa noite, vou me chamar de borboleta por ansiar uma grande metamorfose na minha evolução terrena atual! Há exatos 20 anos atrás tive a oportunidade de conhecer um lindo anjo que surgiu em meu caminho após uma grande desilusão amorosa desencadeada por uma traição! Este ser secou minhas lagrimas e tentou me devolver o sorriso nos lábios, foram 3 meses de uma linda e forte paixão que para ele seria eterna, porém ele era da capital, estudante de veterinária e estava aqui apenas para cumprir um estagio, que ao terminar ele seria obrigado a retornar para a capital. Com medo de sofrer, recusei o convite de acompanha-lo e ele se foi, perdemos definitivamente o contato e alguns meses depois conheci outra pessoa que inicialmente era perfeita, e fomos morar juntos mesmo eu não o amando. Dentro de poucos meses esta pessoa começou a se mostrar cada dia mais controladora, obsessiva e ameaçadora jurando que tudo é amor! Três anos depois, sem engravidar, adotamos uma linda menina que hoje tem 17 anos e é a razão do meu viver. Sempre brigamos muito, mas ele implora e fala que sem mim não pode viver e tenho medo e pena de vê-lo nesta situação! Há 2 anos ele teve um AVC, e perdeu um braço e minha situação só se agravou, como vou deixa-lo? Por outro lado, há 1 ano, numa procura sobre artigos de doenças de animais, encontrei o Dr. da capital e tive a certeza de que nos amamos, ele quer me ver, disse que tudo poderia ter sido diferente em nossas vidas, mas não há o que fazer! Ele sofre e luta contra uma cirrose hepática e tenho esperanças e muita vontade de reencontra-lo, mas isso é impossível devido às circunstancias. Ele é divorciado e tem 2 filhos, diz que vai me esperar, juramos nos esperar por quanto tempo for preciso, mas queremos nos encontrar! Vivo muito triste, só penso nele o dia todo, mas não posso abandonar meu companheiro, tenho medo das punições e de me arrepender, sei que é amor o que sinto por ele, posso sentir seu toque e seu calor mesmo ele estando tão longe! Ele é minha alma gêmea? Preciso de ajuda! Um grande abraço! Por isso perguntei porque os 2 ficaram doentes. Beijos!

      Excluir
    4. É tudo muito triste, mas acreditamos que uma união séria como a de vcs não é por acaso, e seria bem cruel abandoná-lo agora. Vc precisa tomar uma decisão não só pela razão, porque essa já vimos que vc está bem certa do que deve fazer, mas introduzir no coração. É uma grande missão de amor. É comum na literatura espírita vermos que as almas afins podem partir para missões diferentes e quando for o momento, se reencontram. Sendo que durante o sono podem conversar e falar de suas vidas. Acreditamos nisso, sabemos que vc está muito bem intuída e que manterá seu compromisso. A decisão é sua, qualquer que seja ela, faça por amor e assuma com responsabilidade. Estaremos vibrando por vcs 4. E que o amor de Deus cada vez mais seja a força desse amor. E que assim seja.

      Agradecemos sua presença mesmo sabendo que não podemos ajudá-la. Nossa ajuda poderá vir em forma de preces envolvendo todos vcs.

      Não fique triste, agradeça aos céus por ter alguem por quem seu coração pulsa com amor e vice-versa. Viva com alegria porque saudade é diferente de tristeza. Se continuar assim poderá adoecer e não queremos isso. Tenha paciência, perseverança. Faça preces por eles. Viva da melhor forma que puder, movimente os seus dias que logo sentirá as consequências do amor universal invadindo sua alma. Não permita a tristeza, por favor.

      Esteja no amor de Deus...assim seja.

      Excluir
    5. Obrigada pela ajuda queridos amigos, vou tentar concluir minha jornada com a maior honestidade e resignação possivel! Espero que algum dia, eu possa novamente viver o amor, doce amor com minha alma gêmea ! Ele disse que vai me esperar, tenho muito a agradecer por amar tanto e ser tão amada ! Agradeço as orações! Um abraço! Ass: Borboleta!

      Excluir
  25. Eu conheci uma pessoa que era tudo em minha vida,durante 10 anos foi meu amigo,adorava minhas filhas,era um homem a quem eu tinha grande admiração,carinho.tudo na minha vida,eu contava a ele,era meu confidente,ele me entendia como ninguém,e eu também a ele.Era muita afinidade,só que não entendia isso dentro de mim,pois tinha sido casada,mais não me dava bem com meu marido.Ele era tudo pras minhas filhas,dava carinho,amor,dizia que elas eram as filhas que ele nunca teve.Há seis anos ele faleceu,não consigo esquecer,ficou um vazio muito grande dentro da minha alma.Será que ele é minha Alma Gemea? era muito lindo esse amor que nós sentíamos,e não podíamos,por medo talvez de irmos em frente.será que um dia poderemos nos Reencontrar em outra vida ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acreditamos que sim, que vcs poderão se encontrar, tanto em uma nova encarnação, como também no plano espiritual. Bem como nos momentos em que vc esteja dormindo. Vc pode não se lembrar ao acordar mas se experimentar um momento de muita alegria ao despertar, pode ser um encontro com alguem que vc ama muito.

      Excluir
    2. Há algo que queria entender melhor... há pouco mais de 3 anos e meio, tive um sonho muito esquisito. Sonhei que amava intensamente um homem dentro de uma cela de prisão e usávamos roupas do tempo de gladiadores, mas em um momento ele foi levado por uns guardas e não mais o vi. 1 mês depois deste sonho, conheci um rapaz que veio a ser meu professor de inglês. Pouco tempo depois de conhecê-lo, tornei a ter o mesmo sonho e percebi que o homem de meu sonho era esse professor. Costumávamos, nesses dias de aula, fazer o mesmo caminho e íamos conversando. Logo, soube que ele namorava, mas ele nunca falava da namorada para mim, aliás, muitas vezes, ele se enrolava e dava a parecer que ele não tinha namorada. Tive vários sonhos consecutivos com ele, em que ele olhava diretamente para mim e sempre que, nos sonhos, eu chegava, tudo parava e ele dirigia sua cabeça para mim. Achava que eu tava carente, mas algo me deixava em dúvida de que fosse carência porque eu tinha cada sensação perto dele... pelo fato dele namorar, sempre tentei resistir e até conseguia, mas era inexplicável o quanto me sentia bem e calma perto dele, isso porque na época passei por uma fase muito difícil. Cada dia mais, parecia que ficava cada vez mais intenso o que eu sentia e continuei a sonhar com ele com frequência. Já tem quase 3 anos que não o vejo, mas sempre que algo sobre ele acaba chegando em mim, por meio de amigos em comum, sinto como se aquilo que sentia não tivesse acabado. Segui com minha vida, mas não sinto como se estivesse completa com qualquer homem que vim a me relacionar. Seja lá que sentimento for, nunca consegui esquecê-lo, mas sempre tive controle desse sentimento e sempre foi muito forte em mim. Sinto que isso não é dessa vida, mas de outras, mas ainda assim como se explica isso?! É possível que seja amor de outras vidas e que ele nem tenha reconhecido isso?! Ele é católico e não sei se acredita nessas coisas... isso pode atrapalhar na aceitação de um amor de vidas passadas ou não tem nada a ver?!

      Excluir
    3. Como vai! Acreditamos que é possível sim e que a lembrança em vc acontece de forma muito intensa. E não ocorra o mesmo com ele como na maioria das pessoas. Você não pode convencê-lo disso, principalmente porque estaria forçando ele a ficar com você apenas porque vc supõem que já viveram uma história juntos. Os sonhos nem sempre nos chegam muito esclarecedores. Você pode já ter amá-lo mas não necessariamente como esposo, o sonho não deixa isso claro não é? Apenas você sabe que o amava. Cremos também que se fosse nesse momento para estarem juntos, que isso aconteceria normalmente independente de lembranças ou sonhos com o passado. O fato dele ser católico não impediria de aceitar, o que acontece é que não tem como usarmos apenas as lembranças dos sonhos como prova de alguma coisa e como já dissemos, muito menos obrigá-lo a ficar com vc só por considerar ter de cumprir um destino infinitamente juntos. Mesmo as almas irmãs precisam cumprir missões em tempo e lugar diferente umas das outras, para só se reencontrarem numa outra ocasião. Acalme seu coração. Abra seu coração, ame e deixe que o tempo lhe de respostas.
      Um abraço amigo.

      Excluir
    4. Não sou uma pessoa muito cética, aliás, sou ateu, mas sou aberta a novos conhecimentos e, ultimamente, venho reconhecendo um pouco da doutrina espírita em mim. Tenho curiosidade em saber mais sobre sonhos. Às vezes, sonho com algumas coisas que se acabam acontecendo na vida real. Não sei se é mais uma sensibilidade da minha personalidade, intuição, etc., mas me assusto, quando me deparo com um sonho se tornando real. Como a doutrina espírita vê isso? Quer dizer... Há algo que explique isso? Obrigada desde já! Grande abraço.

      Excluir
  26. Vou deixar aqui um pequeno texto passado por Emmanuel onde ele explica as uniões em família.

    Vejam:
    A família consangüínea, entre os homens, pode ser apreciada como o centro essencial de nossos reflexos. Reflexos agradáveis ou desagradáveis que o pretérito nos devolve. Certo, não incluímos aqui os Espíritos pioneiros da evolução que, trazidos ao ambiente comum, superam-no, de imediato, criando o clima mental que lhes é peculiar,
    atendendo à renovação de que se fazem intérpretes.
    Comentamos a nossa posição no campo vulgar da luta.
    Cada criatura está provisoriamente ajustada ao raio de ação que é capaz de desenvolver ou, mais claramente, cada um de nós apenas, pouco a pouco, ultrapassará o horizonte a que já estenda os reflexos que lhe digam respeito.
    O homem primitivo não se afasta, de improviso, da própria taba, mas aí renasce múltiplas vezes, e o homem relativamente civilizado demora-se longo tempo no plano racial em que assimila as experiências de que carece, até que a soma de suas aquisições o recomende a diferentes realizações.
    É assim que na esfera do grupo consangüíneo o Espírito reencarnado segue ao encontro dos laços que entreteceu para si próprio, na linha mental em que se lhe caracterizam as tendências.
    A chamada hereditariedade psicológica é, por isso, de algum modo, a natural aglutinação dos espíritos que se afinam nas mesmas atividades e inclinações.
    Um grande artista ou um herói preeminente podem nascer em esfera estranha aos sentimentos nos quais se avultam. É a manifestação do gênio pacientemente elaborado no bojo dos milênios, impondo os reflexos da sua individualidade em gigantesco trabalho criativo.
    Todavia, na senda habitual, o templo doméstico reúne aqueles que se retratam uns nos outros.
    Uma família de músicos terá mais facilidade para recolher companheiros da arte divina em sua descendência, porque, muita vez, os Espíritos que assumem a posição de filhos na reencarnação, junto deles, são os mesmos amigos que lhes incentivavam a formação musical, desde o reino do Espírito, refletindo-se reciprocamente na continuidade de da ação em que se empenham através de séculos numerosos.
    É ainda assim que escultores e poetas, políticos e médicos, comerciantes e agricultores quase sempre se dão as mãos, no culto dos melhores valores afetivos, continuando-se, mutuamente, nos genes familiares, preservando para si mesmos, mediante o trabalho em comum e segundo a lei do renascimento, o patrimônio evolutivo em que se exprimem no espaço e no tempo. Também é aí, de conformidade com o mesmo principio de sintonia, que vemos dipsõmanos e cleptomaníacos, tanto quanto delinqüentes e enfermos de ordem moral, nascendo daqueles que lhes comungam espiritualmente as deficiências e as provas, porquanto muitas inteligências transviadas se ajustam ao campo genético daqueles que lhes atraem a companhia, por força dos sentimentos menos dignos ou das ações deploráveis com que se oneram perante a Lei.
    A tara familiar, por esse motivo, é a resultante da conjunção de débitos, situando-nos no plano genético enfermiço que merecemos, à face dos nossos compromissos com o mundo e com a vida. Dessa forma, somos impelidos a padecer o retorno dos nossos reflexos tóxicos através de pessoas de nossa parentela, que no-los devolvem por aflitivos processos de sofrimento.
    Temos assim, no grupo doméstico, os laços de elevação e alegria que já conseguimos tecer, por intermédio do amor louvavelmente vivido, mas também as algemas de constrangimento e aversão, nas quais recolhemos, de volta, os clichês inquietantes que nós mesmos plasmamos na memória do destino e que necessitamos desfazer, à custa de trabalho e sacrifício, paciência e humildade, recursos novos com que faremos nova produção de reflexos espirituais, suscetíveis de anular os efeitos de nossa conduta anterior, conturbada e infeliz.

    EMMANUEL
    (Do livro "Pensamento e Vida", 12, FCXavier)

    ResponderExcluir
  27. Olá,tudo bem? Espero que sim! Então,estou noiva a 4 anos,nos,amamos demais..somos muito amigos,companheiros e nós damos perfeitamente bem,como nunca tinha visto algum casal assim,eu adoro esta doutrina esperita,mais há coisas que não dá para entender,como por exemplo,esta situação,de ter que reencarnar novamente,e se a pessoa não quiser?acho que não deveria existir a morte!e outra,meu sonho é ficar eternamente com meu noivo?não quero mais ninguém..não há alguma maneira de ficar com ele para sempre?nem se eu conseguisse falar com Deus? E por ultimo,acho um pouco injusto,nós termos de pagar pelos pecados da Eva,se tivesse sido eu no lugar dela,nunca teria comida aquela maçã,e a vida seria eterna! Abraços e desculpa o desabafo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola, estamos bem sim, obrigado! E desejamos que vc também esteja muito bem. E que seja sempre abençoado o seu relacionamento com seu noivo.

      Seu questionamento sobre a reencarnação é muito interessante, só queríamos esclarecer que não é uma realidade apenas para a doutrina dos espíritos, outras religiões sabem dessa realidade a milênios, como o Budismo por exemplo.

      Seu questionamento é sobre " se a pessoa não quiser reencarnar".
      Não vai reencarnar.
      Vai ficar no plano dos espíritos com alguma ocupação ou vagando pelos espaços.

      Em relação a morte, poderia não existir a morte do corpo, mas nosso corpo é elaborado em condições para viver aqui no planeta Terra, e vc pode perceber que a vida da matéria é perecível, é assim com as plantas e os animais tb.
      Quando se está feliz não se quer morrer, por outro lado, o sentimento de fracasso, de rejeição, de impotência e outros, levam muitos humanos a decidirem pela morte a ponto de tirarem suas vidas.
      Então são momentos diferentes pelos quais experimentamos.

      Vc pode falar com Deus em todos os instantes e fazer seus pedidos, ainda que vc não escute uma voz como as dos humanos lhe respondendo, mas vc vai perceber suas respostas ao longo de sua vida.

      É injusto sim todos pagarem pelo erro de outra pessoa.
      Seria admitir uma injustiça vinda de Deus.
      A Bíblia não deveria ser entendida ao ¨pé da letra¨, pois muitas das leis e passagens, hoje ilógicas para nosso bom senso, foram ali colocadas para doutrinar um povo rude e rebelde. Também as histórias fantasiosas eram alegorias para que um povo ainda ignorante pudesse melhor compreender os ensinamentos necessários.
      Deus jamais poderia punir Adão e Eva, expulsando-os do paraíso, por haverem cometido o ¨pecado original¨, pois a sua própria ordem era:
      ¨Crescei e multiplicai-vos, enchei a Terra e sujeitai-a¨.
      Se eles eram os únicos habitantes do planeta, juntamente com seus dois filhos, com quem Caim, após matar Abel, constituiu família em outras terras? Será possível, em apenas 6.000 anos, a humanidade atingir o atual estágio populacional, partindo de apenas dois seres?

      O homem de hoje, racional e dotado de inteligência, entendendo a história de Adão e seus descendentes como uma simbologia, poderá tirar daí os aspectos morais dessa mensagem, de respeito às leis divinas, compreendendo a lei de causa e efeito. Aceitará mais facilmente a lenda bíblica do surgimento do homem na Terra como parte da comprovação das teorias científicas evolucionistas.

      Vc fala que não praticaria um pecado, caso Deus a alertasse para não fazer.
      Essa é a evolução que mencionamos acima.
      Acreditamos que eterna é a vida do espírito.
      E por isso, acreditamos que se fosse hoje, Eva com certeza não teria comido a maçã, como fala na Bíblia. Porque com as sucessivas encarnações, ela já teria alcançado um patamar evolutivo que não lhe permitiria mais ir contra as Leis Morais. É esse certamente o objetivo das múltiplas encarnações de um mesmo espírito. Uma existência apenas não daria para conhecer tudo, as ciências, a pobreza, a riqueza, o amor e o desamor, pontos chaves para o espírito falhar ou não e se falhar, ter a oportunidade de se redimir.

      Nos desculpe tb caso tenhamos sido muito extensos na tentativa de deixar alguma palavra que lhe soe clara.

      Abraços fraternais e nosso agradecimento pela confiança.

      Excluir
  28. Eu acho q estou vivendo uma historia assim. Eu durante a minha adolescência conheci uma pessoa q era meu colega de turma,ficamos amigos e durante alguns anos continuamos amigos. Mas sempre tive por essa pessoa um carinho mt especial e ele por mim tbm...Em algumas vzs ate surgiram oportunidades de ficarmos juntos,mas não sei pq isso nunca aconteceu!
    Então eomamos rumos diferentes casamos com pessoas diferentes,mas sempre q a gente se via,nosso coração acelerava e tínhamos vontade de estarmos perto um do outro.O tempo passou e fui morar mt distante nunca mais soubemos um do outro... ate q um dia nos encontramos através da rede social e nossas vidas viraram de cabeça pra baixo...Msm distante a gente não pensa em outra coisa a não ser em ficarmos juntos,mas não podemos fazer isso para não magoar as pessoas q convivemos e amamos tbm.
    Estamos enlouquecendo de tanto amor,nos falamos tds os dias por telefone e mensagens,tem horas q sinto q não vou ter mais forças para suportar essa situação. Nos estamos sofrendo mt com o fato de não podermos estar juntos,mas ao msm tempo quando estamos nos falando nos sentimos tão felizes,tão completos, é uma sensação tão boa.tão magica q so tem uma explicação: o amor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os sentimentos muitas vezes nos torturam. Quando menos esperamos algo muito sério nos envolve. Pensamos que não deveríamos deixar isso acontecer. Seguir sempre um caminho reto. O maior laço é o espiritual, o laço material é transitório. Mas não podemos fazer com o outro o que talvez não suportaríamos se fosse conosco.
      Particularmente vibramos com os grandes sentimentos e eles nos inspiram. Conversar é muito bom, cria laços espirituais. Mas o convívio diário, as responsabilidades, a intimidade pode desgastar toda beleza do amor espiritual. Não deveríamos deixar que isso acontecesse. Creio que porque somos ainda muito materiais, que isso ainda aconteça.
      Veja como vc nos relata:
      _Estamos enlouquecendo de tanto amor!
      A sensação de enlouquecimento já não é algo sadio.
      É imprescindível que vcs se liguem à Deus em preces sinceras e conversem com Ele pedindo ajuda e uma explicação para o que está acontecendo. Demonstre que de forma alguma vcs desejam magoar seus parceiros. Sabemos que irão encontrar uma paz profunda. Quantas pessoas não sabem amar e outras que não são amadas. E vcs tem amor em abundância.
      Desejamos muito que vcs se sintam mais fortalecidos e sem essa sensação de enlouquecimento. Que o Amor Maior os conduzam, não queremos que sofram. Volte sempre que desejar. Não se esqueçam de conversar com seus anjos da guarda...ouçam a voz do coração. E que Nosso Pai nos proteja. Assim seja!

      Excluir
  29. Eu tenho muito medo de morrer,pois tenho uma vida maravilhosa,uma família ótima,o noivo dos meus sonhos,tenho uma vida que pedi aos céus,mais não consigo lidar com este medo de morrer..tenho medo de ter uma morte horrível,e tbm tenho medo d ficar 'perdida' como muitos espíritos ficam, principalmente as pessoas que eram boas , é um pouco complicado isso.. Abraços que Deus os proteja

    ResponderExcluir
  30. Gostaria de saber,com todo respeito..pq toda vez que sonho com pessoas que já se foram,quando lhes faço a pergunta de se estão bem,elas ficam com caras de triste,dizem que estão..mais da para ver claramente de que não estão felizes,é complicado isso,pq se o plano espírito é bom,pq ninguém quer ir pará-la ? E pq as pessoas que estão,não dizem que é bom?e pq principalmente,ninguém volta para dizer se é bom mesmo?eu particularmente não queria morrer nunca!o meu paraíso é aqui na terra.. Bom é isso, um grande beijo em seus corações , me desculpe por algo,fiquem com o Senhor

    ResponderExcluir
  31. Gostaria de pedir um conselho,eu tenho muito medo da morte,por causa disso,acabei tendo síndrome de pânico,não sei o que fazer,não consigo nem mais dormir a noite,pois qualquer já penso que vou morrer..ai já fico muito angustiada,é horrível.muito obrigada,bjuxxx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá vc que nos colocou sobre o medo da morte no dia 15 de outtubro de 2013. Queremos agradecer o carinho da confiança.
      Entendemos que o medo da morte possa vir do instinto de preservação. Caso não o tivéssemos, poderia acontecer de no primeiro aborrecimento querermos tirar a própria vida se avaliarmos que essa não tem nenhuma importância. O que vc nos relata é que esse medo a levou a entrar num processo de pânico. Sendo assim a ajuda profissional de de um médico que atue nessa área seja imprescindível por se tratar de um quadro clínico importante no qual um medicamento e acomapnhamento possa estar lhe proporcionando uma melhora na qualidade de vida.
      Acreditamos que essa ideia de ter uma morte horrível possa ser uma ideia fixa na qual por algum motivo vc chegou à ela. O tratamento seria importante para descobrir o motivo.

      Gostaríamos que vc nos esclarecesse sobre o que nos relatou acima sobre " tbm tenho medo d ficar 'perdida' como muitos espíritos ficam, principalmente as pessoas que eram boas , é um pouco complicado isso."
      Baseado em que vc chegou a essa teoria ou fato. Foi através de leituras?
      Como ficar perdida e porque os espíritos de pessoas boas ficam perdidos?


      Não podemos nos basear nos sonhos para chegarmos à conclusões reais.
      Quando nos lembramos de sonhos eles são fatos tão disconecssos , tão sem sentidos. Algumas lembranças que trazemos do período do sono, são respostas claras para algum fato real, mas é preciso saber distingui-los.
      Todos os planos são bons porque são criações de Deus. Se encontramos dificuladades em ambos certamente que ha um motivo. Deus não brincaria com isso. Não nos faria sofrer por divertimento próprio.
      Se ainda não sabemos explicar ambos os planos, é bom que procuremos ao menos respeitar quem os criou assim como respeitamos tb o que é criação do homem. Se até hoje ninguem voltou com consciência do plano espiritual para nos contar é porque isso ainda não nos foi permitido. Sabemos tão pouco das coisas da Terra como podemos alcançar as do Céu?

      Estamos felizes por vc ter uma ótima vida de relação, por tb considerar essa vida um paraíso. Isso já é uma benção infinitamente grande.

      Voltando ao problema da síndrome do pânico, a forma correta de cuidar disso é procurando um profissional da área médica. Voce receberá toda a ajuda que necessita. Ninguem morreu até hoje de síndrome do pânico, mas sabemos das dificuldades que essa enfermidade acarreta.

      É uma satisfação enorme ter sua presença aqui conosco. Felicidades e que Deus a proteja infinitamente.

      Excluir
  32. Olá, eu estou com um problema muito sério amoroso que envolve religião etc, e ler isso aqui me esclareceu muita coisa, muito obrigada mesmo! Queria pedir que se possivel, podemos entrar em contato para conversar melhor, para tirar essas dúvidas, é muita coisa mesmo, então eu agradeceria muito mesmo se pudesse se disponibilizar para me ouvir e tentar me ajudar, se possível. Muito obrigada amigos, de verdade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como vai Luiza? Respondemos seu e-mail e aguardamos contato.
      Um abraço fraterno.

      Excluir
  33. Boa noite...acabo de mandar uma mensagem ( a história dos 15 anos) gostaria por favor que nao a publicasem. é muito pessoal e fico com medo que algum conhecido leia e nos reconheça. Mas por favor gostaria de uma resposta.... como posso fazer ? algum email que posso enviar ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nosso e-mail é evangelhodoamor@gmail.com

      Se desejar pode nos escrever. Lemos com muita atenção tudo que nos deixou e nos emocionou realmente.

      Um grande abraço fraternal. E agradecemos a confiança.

      Excluir
  34. ola.Vou resumi a minha historia,ha quatro anos atras conheci um rapaz e nos tivemos uma historia muito intensa,com direito a paixao,romance,ciumes e claro muitas brigas,eramos apaixonados um pelo outro,mas,nos magoamos demais e terminamos.no comeco sofri muito mas superei,conheci outra pessoa e me apaixonei novamente e fomos morar juntos.Mas ontem sem querer acabei reencontrando o outro,eu o vi com a esposa e pior com o filho deles nos bracos,com o bebe q era pra ser meu e ele teve com outra isso me doeu muito parece q o q eu sentia por ele voltou tudo de novo e eu nao paro de pensar nos nossos momentos,me da vontade de voltar no tempo e fazer tudo diferente,o q eu sinto pelo meu atual marido nao chega nem perto do q eu sentia por ele,e ele nem me dirigi mais a palavra.O q pode ter acontecido?sera q nos conhecemos outra vida?sera q e ele minha alma gemea?ainda temos chance?sera q ele sentiu o mrsmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cremos que se fosse sua alma gemea vcs não teriam se apaixonado, mas sim se amado e não sofreriam ciúmes e muito menos se magoariam. O que nos parece é que vc gostaria de ter tido aquele filho com ele e não aceita os fatos atuais. Se vcs nunca tivessem se reencontrado, se vc não o tivesse visto, sua vida com seu esposo certamente seguiria na normalidade. É imortante vc avaliar com cuidado o que está sentindo.
      Abraços fraternais

      Excluir
  35. Olá gostaria de agradecer a vocês por todo carinho,respeito e dedicação,vocês são uns verdadeiros anjos mesmo,obrigada por terem feito este site,estão de parabéns!esse apoio de vcs significa muito para mim..então eu sou a menina que relatou sobre a síndrome do pânico,já estou tratada e graças ao senhor,muito bem obrigada! Só o medo de morrer que continua..e em relação,aos "espíritos perdidos" minha tia é médium também, e ela relata muito de que todas pessoas,após a transição ficam perdidas,ela disse que isso é normal,que leva um certo tempo,até o espírito desencarnar e enfim aceitar que morreu,ela disse que ambos,ficam sofrendo, e alguns demoram para aceitar, e outros que aceitam,também demoram para sair da terra,ela me disse tbm,que eles pedem ajuda para saírem daqui..nossa eu já tenho medo de morrer,magina de ficar aqui sózinha, sem saber o que fazer,fico trist

    ResponderExcluir
  36. Continuação: triste e angustiada,gostaria de saber,se tem alguma oração que eu possa fazer para chamar meu anjo da guarda,na hora que eu sentir que eu possa vir a falecer.. Obrigada fiquem com Deus , um grande beijo com muito amor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh querido anjinho! Como sofres!
      Não fica assim por favor
      Não tem oração formulada que possa substituir aquela que sai espontânea do coração. A morte é só uma mudança de estado físico, tudo continua a ser igual...tira essa ideia ruim da morte. A Síndrome do Pânico pode ser justamente por isso.
      Não deixe , não interrompa o tratamento. Sua tia não está errada. Algumas pessoas se afligem durante a mudança de estado, mas isso é tão comum e tão natural que não é motivo para vc ficar apreensiva, vc já passou por isso tantas vezes. Sua tia já lhe explicou sobre reencarnação?
      Tanto é difícil encarnar como desencarnar...se imagine largando tudo aqui e indo morar em outro paíz, já não seria imensamente complicado. Ir morar em outro paíz sem saber quando voltar, ter de se adaptar com um lugar que vc não conhece e com pessoas que nunca viu e com outro idioma..e quantos jovens fazem isso por decisão própria na tentativa de melhorar-se na vida. Só que na passagem para o plano espiritual, estarão espíritos familiares lhe esperando e só tem uma mágica para fazer tudo ficar bem lá, é vc ter fé em Deus, amor no coração, esperança e alegria.

      Excluir
    2. Ainda pra vc anjinho, a síndrome do pânico começa meio que de repente, mas ela começa bem antes em pequenos surtos que nem damos conta do que está acontecendo e quando ela se instala á assustadora, mas ninguem até hoje morreu dessa síndrome, mas ela é castradora, quando impede que façamos coisas tão simples, como ir visitar um parente, ir ao shopping e tudo mais...quando nos deixa com falta de ar, dores no peito, é muito ruim sim. Mas confia no nosso Pai, sabemos que não é isso que ele deseja para nós. Esses momentos ruins são frutos de possíveis erros, medos, constrangimentos, maldades que já sofremos. Mas somos fortes e vamos vencer todos os obstáculos. Viver não é tirar férias.

      Sobre o que sua tia lha informou, saiba apenas que não há uma regra para se cumprir em relação a vida depois da vida aqui. Vai depender de cada um, de como foi sua partida, dos apegos que tem aqui na Terra, seja por pessoa, vícios, ou coisas materiais. É o mesmo que tirar um cãozinho de alguem que o tivesse no mais alto grau de apego. A pessoa até surta...não é verdade? Já vi uma amiga chorar intensamente por que a cadelinha dela caiu do andar onde ela mora, ela não aceitava o ocorrido. Ela não se conformava de ficar sem o animalzinho. Mesmo tendo irmão, mãe, esposo, filhos e netos. É uma prova de apego como essa que estou tentando lhe fazer entender. Então são motivos assim que tornam a passagem mais sofrida. Se conseguíssemos viver amando mas sem apego, seria bem mais simples.

      Excluir
    3. Veja esse vídeo por favor

      http://www.youtube.com/watch?v=NUMsTxhLFE4

      O que acontece depois do desencarne - Segundo o Espiritismo

      Excluir
  37. Olá achei seu blog em uma das minhas pesquisas por espiritismo, pois sempre busco entender da melhor maneira possível alguns acontecimentos da vida, e me identifiquei de certa forma com o que você escreveu. A mais ou menos cinco anos e oito meses conheci uma pessoa em um retiro espiritual, e quando bati olho nessa pessoa tive a sensação de que já a conheci mesmo sabendo que era a primeira vez que há via, no segundo dia do retiro nós nos aproximamos e começamos a conversar, a nos envolver,depois do retiro continuamos a nos ver tivemos um relacionamento por uns meses, até que de algumas forma nos afastamos conhecemos outras pessoas, eu conheci o pai da minha filha, com quem hoje não me relaciono mais, e esse rapaz que conheci no retiro também conheceu outra pessoa,com quem hoje ele também não esta mais,e agora depois de quatro anos e sete meses, voltamos a nos relacionar. e por confissão de ambos em momento algum desde que nos afastamos deixamos de pensar um no outro, e agora passamos por um dilema em nossas vidas, queremos permanecer juntos mais devido há esse relacionamento que ele teve nesse meio tempo, ele acha que não esta pronto para ficarmos juntos. Desde o primeiro momento em que nos vimos sabíamos que havia algo que nos atraia, acredito seja amor de vidas passadas, isso seria possível??? Será essa duvida pela qual estamos passando é só mais uma provação do nosso amor um pelo outro???? Temos muitas afinidades, nos compreendemos e nos conhecemos bem,não conseguimos esconder nossos sentimentos um do outro.... mais não sabemos se esse é nosso momento de ficar juntos... temos medo de nos magoar, mais também temos medo de deixar o tempo passar e levar nossa oportunidade de ficarmos juntos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como vai?
      Queremos agradecer a visita e confiança.
      Não temos as respostas para suas dúvidas. Cremos que se fosse assim, se tivéssemos todas as respostas, não teríamos méritos nas nossas conquistas. O que não podemos alimentar, são os medos. Em nada eles contribuem, só nos enfraquecem.
      É compreens[ivel que seu amigo se preocupe com a família que criou, ainda que esteja afastado , ele tem responsabilidades com ela.
      Esses encontros felizes nos faz crer que são aqueles encontros que os espíritos disseram na Codificação Espírita que são de almas afins. Almas que tem afinidade emocional, intelectual e moral. Podendo ou não terem já se encontrado em outros momentos. Essa afinidade é que as atrai.
      É preciso deixar que o convívio entre vcs encontre todas as respostas. Vcs irão conseguir essas respostas. E que Deus os abençoe infinitamente. Assim seja!
      Um abraço afetuoso.

      Excluir
  38. Olá, venho através deste email, relatar a minha história e ver se vc me compreende e pode ajudar.Bom pra começar estou num relacionamento a 15 anos estou com 30 anos meu namoro sempre teve altos e baixos muitas brigas ciúmes, términos e recomeços, traições, e assim fomos levando e a sete anos moramos juntos , nunca senti q amasse meu marido sempre tive uma relação de apego de carinho, bom a mais de um ano conheci um homem .. vou contar como foi ele malhava na mesma academia q eu ... nos conhecemos la conversamos poucas vezes trocamos email e começamos a nos falar,mas da minha parte nunca senti nada, era amizade ai falei q estava pensando em sair do meu emprego e ele me ofereceu uma vaga na empresa dele, no começo agradeci e nao aceitei mas depois de um tempo resolvi aceitar pq nao me sentia contente no serv em q estava... pois bem,chegando la pra trabalhar, ele q seria meu chefe me contou q qdo me viu a primeira vez na academia sabia q era eu a mulher dos sonhos dele,sonhos esses q ele disse ter desde os 13 anos, sempre sonhava com esta mulher e os filhos q juntos tiveram, ele se declarou disse q eu era o amor da vida dele nisso ele era casado se saparou pra ficar comigo, só q eu no começo não quis me envolver, mas ai o tempo foi passando e eu acabei cedendo, mas eu não me separei ou seja estou enganando meu marido... eu sinto q amo este homem ... mas não me sinto merecedora de viver um amor com ele pq me sinto ligada no meu marido por um sentimento de culpa pq engano ele ,não sinto desejo de homem e mulher pelo meu marido tenho um carinho fraternal por ele, mas eu deveria dar um ponto final neste meu amor proibido mas nao consigo gosto demais dele , queria me separar pra ficar com ele mas acho q começamos errado então não sei se tenho direito de ficar com ele .... queria uma luz um conselho estou tão perdida por favor se puder me ajudar a entender tudo isso agradeço..Abraços obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como vai?
      entenda que não nos sentimos no direito de dar conselhos, o que podemos fazer é observar daqui de fora algumas situações que vc nos relata. O que nos chamou mais a atenção foi no fato de vc manter seu relacionamento com seu esposo tão somente por sentimento de culpa. Veja bem, não nos colocamos contrários a isso, apenas acreditamos que se ele soubesse disso com certeza iria preferir a separação. Mas tb, existe um outro lado, de repente a meta do casal é criar os filhos e ficarem juntos sempre, independente de qualquer circunstância. Isso deve ser assumido sem tristezas ou revoltas. Se ambos assumiram o fato de viverem dessa forma, entendemos que isso é prioridade e que assim deve ser. Vc deveria estar ligada ao seu esposo por amor, respeito, por ter assumido esse compromisso com ele e não por culpa. Independente de vc estar vivendo um outro relacionamento. Com relação à vc ter direito ou não de viver com o outro rapaz é algo que não nos cabe julgar. Sabemos que o que mais importa é o respeito, a honestidade, a responsabilidade....é viver sem culpas e medos e se para isso acontecer é necessário que vc converse com seu esposo, acreditamos que assim seria melhor para vc e ele. Vc se doa pela metade para ambos. Vc precisa refletir profundamente. Converse com Deus, abra seu coração, pede humildemente esclarecimentos...acreditamos que será intuída e o melhor a de acontecer. E que assim seja!

      Excluir
  39. Muito obrigada,você (s) usa palavras tão doces,que realmente me ajudam a melhor com a síndrome do pânico..eu tenho muita fé,muita fé mesmo! Mas é muito difícil de acreditar que exista uma outra vida após essa,não sei pq,fico sentindo,como se quando morrêssemos,não iremos mais existir,eu quero muito estar enganada disso,mais é bem complicado de acreditar em algo tão complexo,existe mesmo um outro plano? Fica no céu? Você disse também,que quando nós morremos,algum de nossos parentes vem nos buscar, e como eles vem se já terão reencarnado?tenho mil dúvidas,me desculpa #vergonha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc parece um anjinho mesmo..rs!
      Não nos agradeça...apenas colocamos um pouquinho do que acreditamos, é preciso que vc tb pesquise, estude, pergunte como demonstra aqui que sempre o fez. Ha tantas coisas para serem compreendidas.
      Colocamos no e-mail anterior um endereço de vídeo e vamos recolocar aqui, se puder copie o endereço e cole no youtube para assistir, é sobre o processo do desencarne na visão Espírita. As pessoas que nos relatam são de inteira confiança .
      Aqui está o endereço novamente:

      http://www.youtube.com/watch?v=NUMsTxhLFE4

      Excluir
  40. Continuação: uma curiosidade,diversas pessoas que conheci,disseram ambas a mesma coisa,que sentem uma coisa muito boa em mim,que pareço uma santinha,teve uma mulher mesmo que disse,que sou muito especial,que tenho um dom muito forte,que sou uma santinha e que transmito uma paz, uma calma,que tem algo a mais em mim..meu vô falecido,dizia a mesma coisa quando me pegava no colo,quando era criança.. Poderia ser traços da minha personalidade passada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Algumas pessoas tem a habilidade de nos observar e sentir nossas vibrações e tb podem ser espíritos amigos espíritos que já caminham conosco de longa jornada e nos conhece bem por isso esse sentimento tão carinhoso, assim como seu vô tinha e que por acreditarmos na vida espiritual, ainda tem por vc.
      No Espiritismo aprendemos que os traços de personalidade são de natureza do espírito, então esses traços de personalidade que vc tem hoje é fruto de sua longa jornada, é fruto de suas conquistas, fruto de tudo de bom e provavelmente, fruto de toda família espiritual que vc já formou. Por favor, esqueça esse medo da morte. Procure viver sem pensar nesse dia. Vc já teve provas de como é amada.

      Excluir
  41. Quando era pequena,quando me olhava no espelho,sentia uma sensação muito estranha de que não era eu mesma,achava muito estranho isso,foi uma coisa que me marcou muito mesmo,nunca me esqueço,eu me olhava em frente ao espelho,e parecia que eu não estava reconhecendo quem eu eramuito estranho.. E em seguida me dava uma sensação ruim,o que poderia ser isso? Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pensamos que um terapeuta poderia lhe ajudar melhor a entender esse fato.
      O que nos ocorre é que, enquanto criança, estamos ainda muito ligados ao tempo em que passamos no plano espiritual nos preparando para uma nova encarnação, trazendo conosco lembranças, saudades que não sabemos expressar devido a nova condição de criança, o esquecimento da vida anterior é uma Lei Divina. Minha filha por exemplo teve dois amigos com quem conversava e que segundo ela, se despediram dela quando estava com 5 anos, disseram que ela ficaria bem, e que eles precisavam cuidar de outras crianças, era um casal de adultos. Cheguei a ouvi-la falando em outro idioma. Não conhecia a doutrina dos espíritos, mas tb não fazia alarde da situação, parecia que tudo era normal para mim, inclusive outros espíritos estiveram aqui em casa e ela nos informava sempre da presença deles.
      O que poderia lhe acontecer, é vc ter lembrança do seu corpo físico anterior ao atual, e isso a confundia ao se olhar no espelho.

      Excluir
  42. Olá meus irmãos fico lisongiada,de ver tamanha dedicação de vocês,estão de parabéns seres iluminados;estou apaixonada por este site e por vocês rs. Gostaria de saber,se vocês tem alguma forma de contato,alguma outra rede social,se oferecem cursos,para iniciantes,moro em Rio Grande,e estou pensando sinceramente,depois de todas as ajudas que vcs me deram,de seguir esta doutrina linda,vocês não tem alguma sede por aqui,ou oferecem algum curso online?um grande Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não anjinho, não temos. Somos do Rio de Janeiro.
      Nosso intuito ao criar esse Blog foi tão somente no desejo de estarmos envolvidos de alguma forma, com a Doutrina dos Espíritos além das atividades no Centro Espírita que frequentamos.
      Fique certa de que com dedicação estaremos trazendo mais informações sobre os temas que vc aborda.

      Fica com nosso abraço fraterno. Continue indagando, estudando e sendo essa pessoa tão alegre e comunicativa.
      Benças imensas dos Céus na sua vida e que assim seja.

      Excluir
  43. Olá ... tenho uma dúvida, se nos sempre reencarnamos como que cada vez tem mais pessoas na terra? E depois q desencarnamos temos q reencarnar novamente ? E se quisermos ficar no plano espiritual podemos? Amei o blog muito esclarecedor um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como vai? No dia 8 respondemos seus questionamentos, fizemos uma pesquisa e um resumo, mas quando enviamos não foi, porque nossa conexão com a internet caiu e não havíamos salvado uma cópia, infelizmente.
      Questionamentos como esses que vc nos faz, não dão para responder com poucas palavras, até porque responderemos o mais fiel que conseguirmos à Doutrina dos Espíritos, nada será dito de nosso, ok?
      Nossos dias foram bem ocupados e não foi possível retornarmos antes. Agradecemos sua presença e carinho conosco.

      A vida na Terra é uma ferramenta de grande utilidade na evolução da nossa alma. Ela é útil graças ao mecanismo de perda de memória que sofremos com nosso retorno a Terra. Entender porque isto é útil é bem simples.
      Imagine uma pessoa que sofre ao lembrar de todo mal que fez para outras pessoas. Uma pessoa que sente remorço. Uma pessoa que sente ódio de alguém. Uma pessoa deprimida pelo sofrimento que passou em vida ou do outro lado da vida.
      Levaria muito tempo para que estes traumas fossem superados naturalmente. O remorso preso na memória acaba atrapalhando a continuidade da vida do espirito e de seus trabalhos para melhorar a cada dia.
      Então temos a vida na Terra como solução para este tipo de problema. Ao nascer novamente você esquece de tudo que viveu no passado e recomeça um novo periodo em seu processo de evolução. Livre do sofrimento da memória você dá espaço aos novos aprendizados. Apesar de esquecer os momentos vividos, ficam gravados em seu espirito sua sabedoria de vida, suas qualidades e seus defeitos que ainda não foram corrigidos.

      Podemos entender que espíritos que ainda não habitaram a Terra aqui venham de outros planetas,conforme a evolução dos planetas e dos espíritos. E tb se estudarmos a evolução das espécies tb vamos chegar a um entendimento de como mais espíritos surgem.

      Muitos espíritos ficam tempos imensos no plano espiritual, podem ficar mais de mil anos, isso não tem uma regra, depende da situação que ele se encontra. Mas a encarnação é uma Lei Natural, chegará um momento que ele não verá outra alternativa, permanecer por tempo demasiado numa situação acabará por cansá-lo e ele mesmo irá procurar meios de sair dele.

      Excluir
    2. Queridos irmãos,não foi eu quem fez essa pergunta,vcs já haviam me respondido.. Muito obrigada pelo carinho

      Excluir
  44. Como estão queridos irmãos iluminados?espero que estejam na paz de Deus.. Então,após diversas perguntas,como faço de costume,hoje me veio mais algumas a mente; quanto tempo demora para reencarnar na terra? Duas pessoas que se amam muito,após a morte,podem ir para o paraíso juntas? Segundo a doutrina,nos reencarnamos,diversas vezes,então isso significa,que eu posso ter varias lápides minhas no cemitério mesmo sem saber?significa também,que podem haver pessoas,parentes que continuam sofrendo por mim?e se essas pessoas estão vivas,também significa que não iremos nos reencontrar,pq eu já teria morrido e novamente reencarnado? Muito obrigada pelo carinho e atenção,Beijão amo este site e vcs queridos irmãos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estamos bem e felizes com sua presença. Esperamos tb que vc esteja na paz de Deus!
      Não existe regras de tempo para ficarmos na erraticidade, é como o tempo de encarnado para cada um, não é igual para todos. dependerá de muitos fatores...necessidades...provas. Assim como desencarnamos por motivos e tempos tão variados.
      Duas ou mais pessoas que tem afinidades podem sim irem para o mesmo lugar, temos uma família espiritual...o tempo que irão levar para se reencontrarem no plano espiritual pode variar, mesmo tendo desencarnado juntas.

      Com relação a ter várias lápides sua ou de outra pessoa num mesmo cemitério, não posso responder com exatidão, acho pouco provável poque cemitérios não são tão antigos assim, haviam outros modos de se enterrar pessoas, tb tem o fato de milhares delas desencarnados em catástrofes, guerras, epidemias e seus sepultamentos terem sido comunitário.
      Tb não sabemos se nascemos na mesma cidade sempre.
      Tem livros da escritora Ivonne do Amaral Pereira que nos conta sobre algumas de suas encarnações e algumas foram inclusive em países diferentes.
      Sim podem ter amigos e parentes que sofrem quando vc está em dificuldades, assim como podem ter outros que estão encarnados que não tem notícias suas, nem durante o sono. Outros podem se encontrar com vc durante o sono e lhe consolar, lhe conduzir.
      A doutrina dos Espíritos nos trazem muitas respostas.
      Os Espíritos afirmam que muito de nós ora viemos numa família como filhos, ora, como pais, avós, tios, vizinhos, empregados...a família verdadeira é a família espiritual que formamos.
      Se já reencarnamos 30 vezes não significa que nossos pais foram sempre os mesmos e muito menos que tenhamos tido 30 pais de um mesmo espírito. Tudo vai depender dos relacionamentos aqui na Terra, os comprometimentos, a necessidade de reajuste e mesmo os que se amam puramente, muita das vezes precisam se separar para ajudarem a outros espíritos.
      Sua alegria, seu sucesso, sua boa conduta é alegria para todos que a amam. Suas dificuldades, preocupação para eles. As preces é o que os ligam. As preces do coração, os pensamentos, isso nos torna ligados.
      O amor à Deus e ao próximo tb nos liga à essa família espiritual imensa.

      Um grande abraço, é sempre uma satisfação conversarmos.

      Excluir
  45. Esta passando o filme Nosso Lar na Globo,muito lindo ! Abraços

    ResponderExcluir
  46. Bom dia meus irmãos de coração,li todo o livro Violetas na Janela e hoje assisti ao filme lindíssimo de Chico chavier 'Nosso Lar' achei ambas histórias idênticas e lindas, o lugar parece um paraíso.. Tinha esquecido de mencionar em nossas conversas anteriores,sou acadêmica de psicologia,estou no quarto semestre,então,gostaria de saber por que A Psicanálise, não acredita de maneira nenhuma em Deus, e nem em vida após a morte, e tenho que adimitir que esse pessoal são bem convincentes,pq eles conseguem explicar tudo, desde fenômenos, sonhos, deja vis, fico até confusa com tanta explicação, me pergunto, pq será que eles são tão seguros deusas respostas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá anjinho, é tão boa sua presença!
      O que podemos afirmar sobre a Psicanálise, não é muita coisa, mas é uma área médica, trabalha com teorias, observações.
      Muita coisa está mudando tb nessa área. Vc vai perceber isso se pesquisar fora dos livros didáticos. Já existem médicos espíritas por exemplo. O materialismo está cedendo lugar tb para o espiritualismo. Acreditamos que ambos precisam andar juntos para compreender melhor a mente do homem, o comportamento do homem dentro da sociedade.
      Todos somos seguros quando acreditamos em alguma coisa.

      Aprendemos que tudo tem seu tempo para acontecer, a evolução humana e tecnológica é gritante. Não do homem velho, mas das novas gerações.
      Há uma disparidade profunda entre os homens no quesito evolução.
      E isso acontece por várias razões.
      Não sabemos nem quem é Deus ou o que é Deus, imagina se saberíamos claramente tudo o que nos está designado. Onde estaria escrito, com quem Deus falaria tão claramente todas as coisas. Se nos guiamos pela Bíblia, vamos observando que alguns profetas nos mostraram um caminho moral para seguirmos.
      Mais próximo da nossa era veio Jesus, falando tb sobre o amor.
      A medida que o homem evolui, acreditamos que Deus tem a sua forma de nos enviar alguem para nos esclarecermos mais um pouco sobre como é a vida. Sobre a vida após a morte, tantas civilizações antes de nós já acreditava, intuía ou conversava com os espíritos através de suas mediunidades sobre esse tema. Não foi Kardec quem nos trouxe essa possibilidade.
      Veja bem, vc fala-nos que tem um defeito, vc tem medo, porque isso a levaria para o umbral, segundo vc nos fala aqui?
      Se realmente ha um umbral e se tivermos que passar por ele é porque é um fato natural. O remorso nos parece um motivo bem mais forte para nos levar até o umbral e nos segurar ali por algum tempo. O apego material, o crime, o ódio e tantos outros sentimentos ou atitudes contrárias ao amor, à benevolência, à caridade...à tudo que Jesus pregou como sendo Lei Divina que é amar ao próximo como a si mesmo.
      O pânico é realmente debilitante. Não sabemos o que lhe recomendar para se tratar porque não sabemos dos recursos que sua família possui, mas não abandone o desejo de ficar livre disso. Muitas pessoas falam que precisamos enfrentar os medos, só que o que se sente é físico, a sensação é de morte...então optamos por evitar toda situação que nos faz sentir tudo isso.
      Existem remédios, terapias, tem de haver uma maneira de vc conviver com essa síndrome sem lhe fazer evitar a vida. Vc precisa viver. Tenta outra atividade física, vc precisa gostar porque isso é imprescindível para que as crises não aconteçam.

      Estou sorrindo aqui ao ler vc nos chamando de anjos da guarda e pedindo uma oração forte...rs
      A prece é um bálsamos na alma ferida.
      Faça tb preces, pede ao Nosso Pai Amoroso a sua cura.
      Precisamos nos curar, todos nós, dos medos, da insegurança, das insatisfações e de tudo que atravanca nosso caminho.
      Se livrar do medo não significa não ter mais seus pais a conduzindo para os estudos, significa resgatar sua real natureza, sua natureza divina.
      E que assim seja! Bj no coração!

      Excluir
  47. Gostaria de saber uma última dúvida por hoje.. Então,eu fico pensando, se será que existem essas colônias lindas mesmo?e se tudo for coisa de nossas mentes,nossa mente nos prega muitas peças..eu fico pensando,se existe algo depois da morte,as pessoas não tem pq ficarem tão desesperadas quando perdem alguém..creio que é esta incerteza que torna tudo mais difícil,se Deus tivesse deixado bem claro que existe vida após a morte,tudo seria mais fácil e ninguém sofreria com isso,e até se poderia comemorar,como um evento qlqr,e outra pergunta,é difícil de se ir para a colônia pelo jeito,pois quaisquer coisas,vc já vai para o umbral,eu mesmo,modéstia parte,sou uma pessoa muito calma,carinhosa,tímida e amiga,ah e tbm rezo muito e tento ajudar sempre que posso,mais tenho um defeito,não gosto de sair de casa,tenho medo da violência e da maldade das pessoas,tenho medo de ir para o umbral por esse motivo,o que faço?tenho para mim que para encarar meus medos,preciso de forças,mais sem elas não consigo ir para outro lugar a nao ser minha faculdade,e meus pais me levam e me buscam de carro,tenho 21 anos,até parei de malhar por conta do pânico que sinto quando estou na academia e sinto falta de ar,tudo dos nervos,já me tratei e melhorei muito,mais o medo ainda continua,ñ sinto medo de morrer,e sim de 'como' posso morrer.. Se possível gostaria que fizesse uma oração bem forte por mim, meus anjos da guarda,amo-os.

    ResponderExcluir
  48. Gente, me responda por favor. Vou entrar todos os dias aqui pra ver a resposta.
    Fui criada na igreja evangélica, e sempre olhei com muito mal olhos para esta doutrina.Inclusive, aqui onde moro, possui um dos maiores hospitais espiritas do pais,e sempre ao passar na porta eu repreendia. No entanto depois de entrar no curso superior e cursar filosofia ou sociologia, comecei a repensar nos meus conceitos, pois não havia olhado de forma critica como me comportava como religiosa que se dizia. Enfim, conheci no meu trabalho um rapaz que até já saiu, mas me explicou uma coisas sobre vidas passadas,espiritismo,enfim..
    Procurei uma fraternidade perto de casa, olhei pelo google maps, até levei o endereço mas não achei mesmo. Sempre pensei que havia um algo mais na vida, algo além, e ai , este colega mandou eu ver o filme nosso lar e pasmem, o filme passou no mesmo dia na TV. Percebi que a caridade é o principio de uma vida feliz neste e outro plano, mas sou super leiga na doutrina pois ta tudo muito novo. Então quero saber o seguinte.... Comecei trabalhar em uma empresa e no primeiro dia achei meu chefe interessante. O tempo passou e ele se declarou para mim, porém ambos casados. Senti que o que ele sentia era forte, mas ao mesmo tempo carnal, porém verdadeiro, um sentimento que vinha dele bem amoroso.Ele queria um envolvimento, porém pedi Deus que me livrasse da tentação, e com muita força de vontade pedi para sair de um super emprego, pois como trabalhávamos só nós dois na mesma sala, eu teria que fugir da tentação, pois meu esposo é um bom marido, bom homem, mas ele tem um jeito diferente, um brilho, algo fascinador, e ali eu não aguentaria ficar, por isso pedi conta antes que eu magoasse meu esposo, pois mesmo que eu fizesse algo que ninguém soubesse, eu tenho princípios, e não queria ficar com a consciência pesada,pois ainda tenho, por que meu esposo é tão bom, que mesmo eu não me envolvendo com ele(o Chefe), tenho consciência pesada por ter tido sentimento por alguém que não ele, pois são 4 anos casada, e na época que entrei, o casamento tava horrível, mas mesmo assim me segurei em ver me chefe todos os dias, nas investidas dele, no prazer que era ficar e conversar com ele, por que meu esposo, minha sogra, e muitas pessoas não mereciam sofrer por meu egoismo.
    Enfim, sai de lá, mas penso nele muito e sei que ele também tem um sentimento. Jamais quis que ele largasse a familia para ficar comigo pois não sou destruidora de lares, mas quero um dia reencontra-lo e viver isso. Será que o conheci em outra vida? Como posso saber? Isso que aconteceu tem haver com espiritismo????
    E só mais uma coisa, eu vejo minha vó morta em meus sonhos, e sempre que a vejo, mando ela ir embora em nome de Jesus, pois morro de medo de gente morta mesmo em sonho, e ai ela fica rindo com uma risada meio que maligna sei lá, será que isso tem haver com o espiritismo ???? E outra coisa, ás vezes sinto que tem alguém me vigiando quando tô dormindo, tipo, tento abrir o olho, e enquanto tento abrir com muita fora , parece que tem 2 ou 3 pessoas perto da minha cama, e ai quando abro os olhos não tem ninguém. Como sempre fui evangélica, ignorei isso, e sempre repreendia ao levantar, mas agora que estou começando a conhecer a doutrina, acho que pode até ser algo bom. Desde de já obrigada mesmo gente, pois estou muito perdida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, que bom que tenha conseguido tomar uma decisão de conformidade com seu coração e com seus ideais.
      A distância que mantinha de outras religiões é compreensível, tudo que nos é estranho, nos afasta ou atrai. Se temos convicções religiosas, é natural que consideremos as de outras religiões, crenças erradas. Até porque é muito usado nos templos uma doutrinação que nos afasta das outras doutrinas. Dentro das nossas convicções, nos sentimos agradáveis à Deus. A partir do momento que na universidade que é um campo neutro, vc toma conhecimento da História das religiões, abre-se um leque de semelhanças entre umas e outras.
      Em relação à consciência pesada, é por causa do que aprendemos nos templos de que Deus castiga, de que os erros nos levarão para o inferno , que infringimos as leis divinas e tudo mais. Mas vc já tomou sua decisão e procure esquecer o passado...faça preces para aquietar esse coração. Nos sabemos que a conduta desse cidadão poderia inclusive levá-lo a ter problemas sérios na justiça caso vc decidisse ir por esse caminho.
      Não se pode afirmar nada com relação à um sentimento carnal e isso ter ligação à vidas passadas. Acreditamos que todos que convivem conosco de forma intensiva, esses sim de alguma forma podem ter tido um relacionamento conosco em uma outra encarnação. Encontros amistosos e com forte apelo físico, é nossa situação de evolução espiritual.
      Sentimos muito pela partida de sua avó , só que entendemos que, se vc a amava, não justifica agora ficar mandando ela ir embora. O que vc acha que uma pessoa morta pode lhe fazer de ruim para lhe causar medo mortal? Se vc acredita que uma pessoa morta tem tanto poder assim, acreditamos que lá no fundo de sua consciência, acredita que ninguém morre, que a vida continua. Esse conhecimento é tão antigo. Tantos povos acreditaram nisso muito anos antes da nossa geração. Isso inclusive pode estar nato em cada criação divina. A vida que levamos é que pode nos afastar dessa realidade.
      Acreditamos tb que não deveria expulsar sua avó de seus sonhos e nem do seu coração. Faça preces à Deus para guiá-la onde ela esteja, emane amor, emane pensamentos de amor e paz que logo esses sonhos sessarão. Essas sensações de que tem alguém lhe olhando tb é uma coisa que precisa esquecer, faça preces antes de dormir e peça à Deus para protegê-la durante o sono, à vc, à sua casa e à sua família. É preciso ter muito cuidado com essas ideias fixas, poque podem nos levar à doenças. Quando os fatos tem de ocorrer não ficam só em sensações, por isso, procure se tranquilizar, a prece é nossa maneira de nos conectarmos com Deus e ela cura, salva, emana energia , se espelha à todos corações aflitos. Vc deve saber canções evangélicas, cante-as quando qualquer sensação ruim tentar chegar. É uma ótima terapia.
      Vc não está perdida, apenas curiosa. O medo é natural em nós, é até uma forma de preservarmos nossas vidas, mas se vc perceber que está incomodando, procure ajuda terapêutica.
      Desejamos imensamente que se fortaleça e que procure ler mais sobre as religiões em livros didáticos.
      Um grande abraço , sucesso em todos os segmentos de sua vida.

      Excluir
    2. Nossa gente, que lindo vocês responderem. MUito obrigada, pois sábias foram as palavras que recebi neste blog. Que a paz de Deus os acompanhe, muito obrigada mesmo!

      Excluir
    3. Que assim seja! Que a Paz de Deus a acompanhe tb!
      Nós que agradecemos sua presença.
      Sucesso, muito sucesso mesmo.

      Excluir
  49. Olá busco algumas respostas, me corresponderei como Anjo! Tive um relacionamento muito intenso na adolescência, o primeiro amor! Depois de alguns anos terminei esse relacionamento para ir em busca do mundo, viver com liberdade buscar novas experiências, mas nunca encontrei um amor verdadeiro novamente. Hoje estou casado e meu relacionamento está muito ruim, venho pensando em me separar há um ano. Agora como ironia do destino o meu primeiro amor me procurou e me encontrou e nos falamos, nos vimos e foi tudo muito intenso. Não sei o que fazer ele também é casado e está infeliz. O que isso significa? O que faço? Penso nele todo tempo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá anjo, é tudo tão simples. Você desistiu do seu grande amor pra viver aventuras. Hoje casado acredita que está num relacionamento ruim. Quando uma porta enguiça, corremos para consertá-la, porque não fazermos isso também quando nos encontramos num relacionamento ruim? Porque desistimos assim tão fácil das pessoas e não das coisas?
      O reencontro com alguém que traz consigo boas lembranças é maravilhoso. Antes de tudo deveríamos sempre tentar melhorar nossos relacionamentos, é para isso que vivemos em sociedade, para aprender a nos relacionarmos. Ninguém deve ficar num relacionamento ruim só para cumprir um compromisso, mas tb romper num momento só porque reencontrou outro amor, é precipitado. Perguntamos, caso vc não reencontrasse seu antigo amor, vc faria o que com seu relacionamento?

      Excluir
    2. Muito obrigada por responderem! Eu já tinha conversado com minha família (mãe, pai e irmão) referente a minha separação, inclusive chegamos a nos separar este ano por quase 2 meses, então voltei atrás depois de muita insistência dele. Esta decisão já estava tomada, antes deste reencontro, estava apenas aguardando o momento certo para fazer isso, e preparando meu cônjuge, pois já tentei diversas vezes consertar meu casamento, mas sinto que as vezes depois de tanto tentar consertar e ela quebrar mais e mais, não nos resta alternativa a não ser trocar.
      O que mais me intrigou nesse reencontro, é que ele vinha sonhando comigo e eu com ele, por isso, tantas indagações! O que nos uniu? Porque o sentimento ainda é tão forte? Será minha Alma Gêmea?

      Excluir
    3. Não tem de que!
      Entendemos que vc não deveria fazer tantas indagações. Será que se vc tivesse todas as respostas mudaria seus sentimentos?
      Acreditamos que não.
      Essas respostas não são possíveis de se ter.
      Sabemos que essas indagações acontecem mesmo, queremos fazer parte de algo surpreendente. Mas a vida não é assim.
      Acreditamos tb que Deus não cria pares de espíritos e os sujeita a viverem eternamente juntos. Vcs tem muita afinidade e que vc só poderá saber se é real, tendo uma vida de relacionamento com ele. Gostar intensamente não é sinônimo de alma gêmea. É um termo poético apenas.
      Desejamos que seu coração se tranquilize...tomando a decisão que tomar.

      Excluir
    4. ola,conheci um rapaz por telefone,ha cinco anos atrás...falavamos sobre nossa infancia..estranho né?so depois de um ano que conheci pessoalmente ,fiz amizade com a mãe dele do nada tbem.emos na..sinto que nos amamos...maas nunca tivemos nada além de uma conversa rapida...um abraço rapido...hje ele foi morar com outra...ela[ta ta gravida dele...eu sinto que serei dele...eu sou sensitiva...sinto que é amor de outras vidas...somos uma ´só alma...vamos ficar juntos?me responda por favor...obg

      Excluir
  50. obg...espero anciosa a resposta

    ResponderExcluir
  51. Boa tarde. Me identifiquei muito com o texto, pois estou vivendo algo parecido. Sou casada a 14 anos, um casamento de muitas idas e vindas, já faz algum tempo que não sinto amor por ele e sim companheirismo, to deixando a vida me levar, pois fui criada pensando que casamento é eterno... sempre sofri muito por saber que não encontraria a minha alma gêmea nesta encarnação... Mas faz 3 anos que estou trabalhando numa faculdade, atende muitos clientes, nunca fui de paquerar, sempre fui muito tranquila... no mês de junho mais ou menos estava no trabalho e senti alguém me olhando quando olhei a pessoa virou o rosto e foi embora, e aquilo me intrigou, pois senti uma atração muito grande, depois disso eu comecei a sentir quando ele chegava, quando olhava, arrepios, tremedeiras, ele consegue me tirar do sério... a gente nunca conversou sei que ele é comprometido e ele também sabe que sou casada... eu sinto ele mesmo não estando junto, eu sei que ele sente o mesmo que eu ... eu olho pra ele e sinto paz.... to num dilema muito grande pois quero me separar, meu marido não aceita pois ele acha que jogar 14 anos no lixo ... as vezes a vida pode ter me mostrado ele para dizer que não podemos ficar juntos... queria uma palavra de conforto, pois sei que não vão poder me ajudar muito... obrigado pela atençaão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como vai? Não existe alma gêmea. Segundo explicam os Espíritos, Deus não cria pares para viverem juntos pela eternidade. Nós vamos criando laços que as vezes se rompem e outros que são eternos. Formamos família espiritual por afinidade, por amor, por dedicação, por gratidão. Há paixões muito fortes que marcam o Ser fazendo que até mesmo numa outra encarnação se reconheçam e essa paixão aflora inexplicavelmente. Existem paixões que nascem tb, pelo que é diferente, alguém se aproxima tão docemente que nos pega de surpresa e nos enlaça, mas com o tempo por ser uma ilusão os laços se rompem. As vezes deixa ódio e outras vezes um carinho, uma afeição. Em ambos é possível que se reconheçam e é inevitável o reencontro e que por não ter como base motivos superiores, acabam se esquecendo. Não sofra, essa coisa de alma gêmea é apenas poesia.
      Realmente não podemos ajudá-la, apenas pedimos calma com você, com a vida, com todos que a envolvem...o tempo é com toda certeza a única resposta, seja qual for a atitude que você tomar, casamentos deveriam ser para toda a vida, mas não há mérito nisso se é pra viver apenas por convicção. Se é para continuarem juntos, que cada um de o melhor de si para o outro se realizar e não, se aniquilar.
      Desejamos imensamente que vc reveja seus conceitos, seus sentimentos, seus ideais e vá aos poucos se sentindo firme para viver com amor e dedicação.
      Um abraço com toda nossa compaixão.

      Excluir
  52. Não sei se sou eu que quero acreditar fortemente que nesta vida eu possa viver um amor de vidas passadas ou se isso realmente possa acontecer comigo... acho melhor eu dizer logo. Há pouco mais de 3 anos, tive uma visão, não foi nem sonho, com um homem com quem fazia amor intensamente e, aparentemente, dentro de uma cela e usávamos roupas do templo de gladiadores. O fato é que não o conhecia, mas 1 mês depois eu conheci um rapaz que veio a dar aula de inglês para mim e, nesse mês em que o conheci, tornei a ter a mesma visão, mas desta vez, dois homens o arrastaram para fora da cela e para longe de mim e eu, que continuei na cela, gritava e chorava. Desta vez, percebi que o homem com quem eu fiz amor era este professor de inglês. Eu o conheci no segundo semestre de 2010 e todo aquele semestre sonhei quase todo santo dia com ele. Ele olhava fixamente para mim, quando chegava por perto, seja em que situação do sonho fosse, em todos os sonhos. Acabamos criando uma rotina entre nós porque eu trabalhava perto de uma universidade para onde ele ia depois da aula. Achava que eu me apeguei, que tava carente e que não devia ser nada além disso, mas é como se algo estivesse crescendo dentro de mim. Eu reprimia o que sentia, mesmo não sabendo dizer o que era, porque ele namorava. Ele nunca falou da namorada aliás. Às vezes, dava a parecer que ele, na verdade, não tinha namorada pelo jeito que falava. Nunca soube o que realmente sentia, só sei que ao lado dele eu esquecia de tudo e o escutava com uma atenção enorme, além do mais me sentia tão bem, tão aliviada. Lembro de todos os sonhos e teve um que nunca me saiu da cabeça não sei porquê, aliás também como se fosse mais uma visão. Ele estava no meu apartamento atual, ele me encarou e apontou com o dedo indicador para um lugar que dava para ver da janela do meu quarto. Sei que toda vez que contemplo a visão do meu quarto me lembro, mas enfim... 3 anos se passaram e não tornei a sonhar com ele, muito menos a vê-lo. Mesmo assim, mesmo seguindo minha vida e vindo a namorar também, é engraçado que ele nunca me saiu da cabeça e ele podia ter me feito enlouquecer, mas não. Sempre que algo me faz lembrar dele, eu poderia tentar ir atrás dele, mas nem sei onde ou como achá-lo. Sinto algo forte o bastante para querê-lo junto de mim que me faz acreditar que um dia podemos nos reencontrar e viver um grande amor. Eu que sempre fui impaciente com o amor, vim a ter paciência e esperança por ele. Tem como explicar isso? Quem pode me ajudar a entender o que isso possa significar? De fato, sou ateu, mas já faz algum tempo que a ceita espírita tem lógica para mim, tanto é que passei a acreditar. Alguém pode me ajudar a enxergar melhor as coisas e se estou errada ou certa quanto a essas minhas dúvidas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Porque vc não experimenta quando estiver só num lugar calmo, elevar seu pensamento à Deus e conversar com ele ou tb conversar com seu anjo protetor, seu guia espiritual, conversa com ele e observa, ele lhe enviará sinais, podem ser em sonhos rápidos, pode ser num cochilo, porque nós não temos e creio que ninguém pode afirmar o que isso significa. Acreditamos que vc tem lembranças de existências anteriores e isso lhe traz muita angústia porque vem fragmentado, não lhe dá certeza de nada.
      Desejamos que consigas uma resposta, mas assim vinda através de seu guia espiritual que é alguém que vc pode confiar absolutamente.
      Um grande abraço fraternal.

      Excluir
  53. Olá, Boa tarde!
    Gostaria de saber se almas gêmeas, se amam e se querem bem sempre nas mesmas intensidades ou não?

    ResponderExcluir
  54. Olá. Há dois anos conheci um rapaz pela internet, mal conversávamos, até q o destino nos levou para o mesmo lugar. Ele me procurou na internet quando soube q iria para o mesmo trabalho q ele, mas nem dei bola, pois ele é casado há uns 10 anos e tem um filho. Mas quando nos vimos pela primeira vez, foi algo inexplicável, nós saímos, e a partir disso nunca mais o tirei de meu coração e minha mente. Ele é o homem mais incrível e compatível q ja encontrei, sei que ele também me ama, pois reconhecemos quando é verdadeiro. Mas o conto de fadas depois de alguns meses acabou nao pq queríamos, mas por alguns motivos que se tornou no momento impossível essa relação. Choramos muito enquanto conversávamos sobre o fim, mas é o que tínhamos q fazer. Fazem uns 3 meses que nao o vejo, e me comunico com ele. Nao trabalhamos mais juntos pois ele pediu demissao por conta disso. Ele acredita que no futuro ficaremos juntos. Será mesmo um amor de outras vidas? Por amor à ele aceitei me distanciar, mas é muito dificil. Sou uma mulher muito madura mas nunca na minha vida senti por alguem o que sinto por ele. Será q em outra vida eu era comprometida e acabei fazendo p ele o mesmo q fez comigo? Aguardo tua resposta. Abraço.

    ResponderExcluir
  55. Olá, como vai?
    Agradecemos a presença carinhosa!
    Fomos buscar o pensamento de Allan Kardec exposto na Revista Espírita de maio de 1858, em matéria com o título Metades eternas e referente a uma passagem de uma carta de um assinante cuja esposa havia falecido, deixando seis filhos. Sentindo-se em completo isolamento, o viúvo, ouvindo falar das manifestações espíritas, passou a freqüentar um grupo que praticava a mediunidade, aprendendo então que a verdadeira vida não está na Terra, mas no mundo dos Espíritos.

    Certa noite, comunicando-se com o Espírito de sua esposa, perguntou-lhe a razão das divergências que tiveram durante a sua vida em comum, respondendo-lhe a antiga companheira que, malgrado tivessem passado alguns momentos felizes, não eram metades eternas, uma vez que tais uniões são raras na Terra, embora em alguns casos possam acontecer, quando representam um grande favor de Deus e aqueles que desfrutam essa felicidade experimentam alegrias indescritíveis.

    Atendendo então ao pedido de esclarecimento formulado pelo missivista e também para sua própria instrução, Kardec dirigiu ao Espírito São Luís algumas perguntas, que depois foram inseridas em O Livro dos Espíritos, através das quais aquela entidade assevera, entre outros detalhes, que não existe uma união particular e fatal de duas almas. Existe a união entre todos os Espíritos, mas em graus diferentes, segundo a posição que ocupam, isto é, segundo a perfeição adquirida: quanto mais perfeitos, mais unidos. Da discórdia brotam todos os males humanos e da concórdia a felicidade completa.

    Questionado sobre eventual contradição entre as suas ponderações acerca da teoria das almas gêmeas e as colocações de Allan Kardec sobre as metades eternas, feitas a partir das lições de São Luís, o Espírito Emmanuel, sempre por intermédio de Chico Xavier, asseverou que a tese é “... mais complexa do que parece ao primeiro exame, e sugere mais vasta meditação às tendências do século, no capítulo do ‘divorcismo’ e do ‘pansexualismo’, que a ciência menos construtiva vem lançando nos espíritos, mesmo porque, com a expressão ‘almas gêmeas’, não desejamos dizer ‘metades eternas’, e ninguém, a rigor, pode estribar-se no enunciado para desistir de veneráveis compromissos assumidos na escola redentora do mundo, sob pena de aumentar os próprios débitos, com difíceis obrigações à frente da Lei.”

    ResponderExcluir
  56. oi, meu nome é Eliana! tenho uma coisa para lhe dizer, se puder me ajudar eu agradeceria muito.. eu amo muito uma pessoa que não conheco pessoalmente! mais meu coração bate muiito forte quando eu vejo ele. sinto como nós tinhamos nos conhecido antes, é incrivel como eu amo esse homem, ele é tudo. sou completamente apaxonada por ele, tenho um laço muito forte po ele, mais ele nunca me viu... nem sabe quem sou eu. uns tempos depois veio à notícia que ele morreu! que foi muito doloroso para mim, meu coração chorou muito por ele ... mais meu coração clamor por ele! continuo apaxonada po ele, mais é ainda mais forte do que antes... já faz 4anos que ele morreu e cada dia eu amo ainda mais esse homem, sintos que o conheco de algum lugar, não sei mas tudo nele e lindo pra mim. só que ele é de um outro país. ele é dos estados unidos e eu do brasil, como isso pode acontecer? por favor me ajude!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como vai Eliana?
      Na luz do Espiritismo, há uma explicação para uma ligação tão forte: as vidas sucessivas.
      Não podemos afirmar que tenha sido isso, mas é uma das explicações em que acreditamos.
      Um grande abraço amigo.

      Excluir
  57. Olá , primeiramente parabéns por essa elucidação, essas informações acalmam muitos corações! É um trabalho abençoado, parabéns!

    Se possível gostaria de um conselho para o meu caso:
    Ha 10 anos atrás conheci uma pessoa e até hoje não consegui esquece-lo! Nos conhecemos na escola, jovens adolescentes, muito imaturos. Me apaixonei muito rapido por ele, e nunca senti nada parecido nem antes, e nem até os dias atuais. Nós nunca ficamos juntos, nunca namoramos nem nada, nem um beijo nunca rolou. Até mesmo por isso , por vezes, achei que era coisa da minha cabeça, uma ilusão alimentada por mim como uma criança mimada que não sabe aceitar um não. Se ele sentia algo por mim? Eu não sei, só tinha desconfianças claro, era notável que ele não era indiferente a mim, mas eu nunca tive certeza... Em algumas ocasiões era nítido que me amava, em outras parecia que não, enfim.. Acabamos que nos distanciando, eu me casei e ele tbm... faz muito tempo que não falo com ele e nem o vejo, mas eu nunca o esqueci... e eu já tentei tantas vezes apaga-lo de mim, as vezes ate consigo ficar sem pensar nele por algum tempo, mas basta sonhar com ele para tudo voltar de novo! É engraçado que eu sonho com ele esporadicamente, não é todo dia, nem todo mês, é algo como semestralmente, e nos meus sonhos são sempre encontros, onde nos vemos muito saudosos, e contamos como anda a nossa vida, o que aconteceu de novo, como estamos.
    Eu sempre busco por uma resposta, queria algo que me mostrasse que não sou louca, que não é coisa da minha cabeça! tenho tanta saudades da época que o conheci, chego a ter saudades do que nunca tive ( como por exemplo um namoro nosso, um beijo, momentos de amor , coisas que nunca tivemos).
    Eu não me importaria em não ficar com ele nessa vida se eu soubesse que ele tbm me ama e que não podemos ficar juntos por lições terrenas, mas o que me doi mais é essa incerteza de saber se vivo esse sentimento sozinha.

    Agradeço se me ajudarem. Muita luz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como vai?
      Gratidão pela iniciativa e pela credibilidade.
      Poderíamos ficar com a primeira opção onde vc acredita que foi uma ilusão, coisa de adolescente.
      E tb com a segunda opção, a de que já se encontraram em vida anterior.
      Pode er sido inclusive como irmãos, ok? Por isso nunca tiveram a iniciativa de se declararem como namorados. Esse nosso comentário é pelo fato de vc nos relatar os sonhos frequentes e sempre parecidos., Certa vez ouvimos de uma psicóloga que os sonhos são importantes na medida que se repetem, eles podem nos trazer explicações.
      O fato de vc não ter consciência da realidade entre vcs se encontra nas Leis Naturais que não é de um jeito pra uns e de outro para outros, ela é sempre igual, para que com nossa livre escolha possamos evoluir como espírito.
      Cremos intensamente que se vc pedir ao seu guia espiritual, seu mentor espiritual, tutor ou anjo da guarda, como vc desejar denominar, ele se for possível, irá lhe dar essa resposta, creia nisso, creia nele e faça seu pedido de coração aberto, pede uma explicação para tudo isso. Acreditamos que vc terá a resposta, talvez num leve cochilo que der.
      O importante é não se afligir e nem generalizar porque a causa desse amor pode como dissemos acima, ser de irmandade inclusive.
      Um forte abraço amigo!

      Excluir
  58. oi, desculpe mais eu gostaria de saber oq é vidas sucessivas? me explique por favor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, como vai?
      Não precisa se desculpar.
      O tema vem de um pensamento espírita sobre nascer, viver, morrer, renascer e evoluir sempre. São reflexões científicas, filosóficas, religiosas, práticas e de senso comum do nosso tempo, sobre imortalidade do espírito e reencarnação.

      Pitágoras, grande filósofo grego que viveu antes de Cristo já concebeu a imortalidade e as vidas sucessivas. As almas retornam à carne indefinidamente, em incontáveis existências, até atingir um grau de aprimoramento que lhes permita harmonizar-se com o Universo, para viver em altos planos do infinito.


      Já Léon Denis em seu livro “O Porquê da Vida” descreve assim:
      a imortalidade se assemelha a uma cadeia sem fim e se desenrola para cada um de nós na imensidade dos tempos. Cada existência é um elo que se religa, na frente e atrás, a elos distintos, a vidas diferentes, mas solidárias entre si.

      O presente é a conseqüência do passado e a preparação do futuro. De degrau em degrau, o ser se eleva e cresce. Artesã de seu próprio destino, a alma humana, livre e responsável, escolhe seu caminho e, se este caminho é mau, as quedas que advirão, as pedras e os espinhos que a dilacerarão, terão o efeito de desenvolver sua experiência e esclarecer sua razão nascente.

      Esperamos que esses exemplos tenha lhe ajudado e compreender um pouco sobre vidas sucessivas, caso não, volte a falar conosco. Um abraço amigo.

      Excluir
  59. muito obrigada por me responde :) me ajudou muito. deus lhe abençoe muito.

    ResponderExcluir
  60. Acabei encontrando o seu blog, pois ao longo de minha vida busco uma resposta para um sentimento muito sublime. Contarei brevemente minha história. Em 1990 aos nove anos de idade, uma aluna nova chegou na escola. A pedido da professora, se sentou na carteira da frente e ao me pedir um lápis emprestado, nossos olhares se encontraram e soube naquele momento que tinhamos uma conexão, mesmo numa idade tão pueril, soube naquele momento que a conhecia de algum lugar. Ficamos muito amigos, e nas brincadeiras da infância um beijo quase foi roubado. Aquele sentimento era tão forte, mas naquela idade eu nao conseguia identificá-lo, só sabia que gostaria de tê-la sempre ao meu lado. Um ano depois ela mudou de escola, e percebi tal fato dias depois, sem dar tempo de pegar um contato. A dor daquela separação foi tão forte, que prometi a mim mesmo que passasse o tempo que fosse, um dia a reencontraria, e eu e ela só tinhamos nove anos de idade. Os anos passaram, novas paixões surgiram, mas aquele sentimento no meu coração permanecia intacto e tão forte como antes. Busquei-a por quinze longos anos, na esperança de um reencontro e que aconteceu em 2006, quando nós já tinhamos 25 anos. Foi tudo muito confuso, numa ligação tentei contar quem eu era e o porquê de encontrá-la, ao mesmo tempo que tentava fazê-la lembrar da época. Fui tachado de louco, psicopata, e ela não acreditou em mim. Me contou uma falsa história de que era casada e nesse momento percebi que não podia seguir mais adiante. Respeitaria a escolha dela, pois não havia espaço pra mim. Mas alguma coisa em mim me inquietava e eu não conseguia acreditar que aquilo era verdade. Alguns meses depois, ela me procurou, tamanha a minha surpresa, e disse que ficou pensando muito no que levou uma pessoa a buscá-la por tanto tempo. Ela nunca havia casado, a história era mentira, pois ela teve medo de que eu pudesse ser uma pessoa com más intenções. Alguns telefonemas depois, no dia 15 de fevereiro de 2006 a reencontrei, ela vindo de Minas e eu em São Paulo. Ela apareceu atrás de mim e quando me virei, meus olhos se encontraram com os dela e senti a mesma sensação como da primeira vez. Nunca tive dúvidas de que o que senti era amor. Passamos um tempo saindo juntos e iniciamos uma paquera. Eu me sentia completo, pra mim o mundo era colorido. Mas pra ela parecia tudo muito novo. Até que os problemas começaram a acontecer. Ela se sentiu mal, corremos ao hospital e a internaram. No hospital permaneci ao seu lado, todos os dias, e em dado momento ela me disse: eu sei que você me ama, e eu tbm te amo. A suspeita era de Esclerose múltipla e foi como se a vida dela desabasse naquele momento. Ai tudo mudou. Ela virou outra pessoa, e tudo mudou. Em dois meses de convivência ela foi dura comigo e tudo que parecia perfeito declinou. A ultima vez que nos vimos foi numa praça, onde ela disse que não nos veriamos mais. Dias depois, retornou para Uberlandia onde recomeçou a sua vida. Hoje estou com 32 anos de idade, sou solteiro e não deixei de paquerar. Ela, está bem, com a doença estabilizada e solteira também. Curioso que depois de tanto tempo, eu conheci outras pessoas, algumas vezes me apaixonei, outras não, mas o fato é que, nada é tão igual quanto o amor que sinto por ela. E por mais que eu perceba que pegamos caminhos diferentes, ele continua lá, guardado. Não sinto vontade de casar, pois a sensação que tenho é que ainda nos reencontraremos nessa vida. Juro que tento compreender e compreendo sim... mas é impossivel negar um amor verdadeiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sentimos muito! De todo coração!
      Nos passou que possivelmente ela não deseja que vc fique preso à ela já que a doença é grave...talvez seja bom que vc mantenha algum contato passando-lhe carinho, incentivo, força. Nos pareceu um sentimento de amor profundo não querer que vc passe sua vida ao lado de alguém que não tem uma perspectiva de vida envolta numa doença tão grave.
      É amor espiritual sim.
      Um abraço fraternal.

      Excluir
  61. Preciso urgente de ajuda.Queria muito poder compreender o que acontece comigo pois não consigo me libertar, esquecer de um rapaz que ja me deu varios motivos de não querer ele em minha vida.Nos conhecemos em 2005 em uma festa junina do interior da Bahia e de imediato não me interessei por ele.Ele se aproximou e demonstrou a todo momento seu interesse por mim e acabamos namorando.Desde em então mantivemos contato apesar da distância pois ele mora em Salvador e eu no interior da Bahia. Durante esse tempo senti uma paixão tão grande como eu nunca tinha vivido antes.Cada mensagem, cada telefonema so aumentava meu desejo de reencontra-lo.Nos reencontramos outras vezes na mesma cidade que nos conhecemos,e eu não resisti e me entreguei a esse amor,dormimos juntos.Foi a minha primeira vez.Aumentamos nosso laço de intimidade, não deixamos de manter contato.Mas com o decorrer do tempo ele assumiu um namoro na cidade dele , fiquei sabendo me entristeci, me afastei, mas não consegui esquece-lo e nem consegui me envolver com ninguem.Depois de 2 anos o namoro acabou e nos reaproximamos, nos reencontramos outras vezes.E hoje to passando por tudo de novo,ele está morando com outra mulher e mesmo sabendo disso nao consigo esquece-lo,tento me diverti conhecer outras pessoas mais o que sinto por ele é bem mais forte.Eu preciso compreender o que se passa, o porque de eu nao consegui me livrar deste sentimento.Será que ele é um amor de vidas passadas?O que tenho que fazer pra conseguir viver sem me prender a esse sentimento?Aguardo resposta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como vai?
      Não temos como saber se é um relacionamento de outras vidas, mas podemos perceber que só vc tem esse sentimento tão forte por ele, porque ele está sempre envolvido em outros relacionamentos.
      Só em vc tem essa força pra dominar esse sentimento.
      É preciso avaliar que não está levando vc a lugar algum e que é preciso viver , tocar seu caminho. Nem que seja preciso pedir ajuda à um profissional da área emocional.
      Desejamos muito que vc consiga ser feliz, que consiga tomar coragem e se desvencilhar do que lhe prende de ser feliz.
      Bençãos divinas!

      Excluir
  62. Tento entender tudo que aconteceu e esta acontecendo e não chego a conclusão nenhuma... Estou com uma pessoa a 15 anos no primeiro ano de namoro engravidei e examente nesse periodo da descoberta da gravidez descobri que ele estava me traindo a algum tempo, acabei por perder o bebe em um aborto espontaneo, nesse mesmo periodo me reaproximei de alguem que nunca passou pela minha cabeça sentir alguma coisa, antes desse meu relacionamento era apaixonada pelo primo dele ( paixao que demorei muito para superar) mas enfim em uma conversa essa pessoa acabou por roubar um beijo meu... inumeras vezes me pediu que deixasse meu namorado e ficasse com ele e eu por medo nunca aceitei, ate o dia que ele começou a namorar... enfim o tempo passou e esse sentimento de exatos 14 anos não passa, continuamos nos vendo, hoje eu e ele moramos com nossos companheiros temos filhos desses relacionamentos e não conseguimos parar de nos vermos, sei que estou errada em ve-lo mas é mais forte que eu... acredito que ele tambem sinta algo embora nunca dissemos um para o outro sei que existe algum sentimento ali... sinceramente não sei o que fazer e como para com isso... Quando não o vejo tenho muitos sonhos com ele...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Não temos o que comentar.
      Apenas desejar que vcs descubram se tudo isso é correto ou se traz benefícios à ambos e se alguém não poderá sair muito ferido.
      Um grande abraço amigo.
      Bençãos divinas!

      Excluir
    2. Muito Obrigada, de certa forma suas palavras me fez pensar um pouco mais e chegar a conclusão que durante todo esse tempo só eu que amei, sofri, chorei e principalmente me iludi... tudo não passa de uma ilusão que eu mesma criei com toda essa situação... decidi colocar uma pedra em cima de tudo e viver ao lado de quem ja errou muito comigo mas quem me aceita e relamente prava que me ama de um jeito grosso mas me ama sem mentiras sem ilusão... não esta sendo facil , mas tenho certeza que passando a fazer as coisas certa Deus ira me ajudar a manter o que estou escrevendo e a desistir de lutar por algo que não tem fundamento nenhum... Obrigada mesmo!!!

      Excluir
  63. Queridos irmãos, é muito importante não confundir amor platônico com relacionamentos de vidas passadas. Estamos ainda vibrando em um patamar inferior, não temos toda essa bagagem de amor incondicional e puro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim compreendo a sua preocupação,, mas quando dá esse amor para ser sentido, ele é puro verdadeiro e sincero, o que se sente acaba sendo maior que o ego de querer, abre mão da convivência desejando o melhor para o outro.

      Excluir
  64. Obrigada pelo post, muita coisa se explica.
    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na realidade nunca sabemos em que terreno pisamos. Nosso coração é imenso e abraça muitas emoções, muitos sentimentos...Ficamos tristes quando vemos situações onde nunca há verdade, onde a ilusão é tão real na tela mental que ilude a si próprio. Até supomos que quando é um relacionamento de vida passada, nem percebemos. Cremos que aí reside o mérito. O que vai na mente é o que vai pesar no presente e no futuro, porque para um homem podemos forjar sentimentos, mas para um espírito não...e assim para as Leis que regem o Universo, tb não. O que importa é a verdade, a pureza... a liberdade. Nos iludirmos é perda de tempo.
      Tem tanta coisa importante pra aprender.

      Esse espaço está aberto para o nosso aprendizado, desejamos que, quem puder opinar, o faça pois será muito importante para nós.

      Abraços fraternos.

      Excluir
  65. Há um ano e meio conheci um homem de aproximadamente 45 anos .Foi num barzinho e eu estava com minha tia.Eu já estava sentada quando ele chegou e não demorou para que os nossos olhares se encontrassem.Foi tudo muito mágico...De repente me deu uma vontade louca de beijá-lo.Como um passe de mágica estava eu no banheiro com ele trocando beijos e abraços.Não rolou sexo somente muitas carícias.Não entendo como fui parar alí,foi como ímã.Sinceramente fiquei muito envergonhada com minha atitude ,mas foi mais forte que eu. Eu nunca tive esse comportamento,sou casada e tenho três filhos e preso muito por minha família.Só que eu não consigo esquecer esse homem...aí para acabar de completar descobri que ele é alcóolatra e é casado.Precisava tanto desabafar com alguém entendido no assunto,pois a única pessoa que sabe desse acontecido é minha tia e ela está mais perdida do que eu...Na semana passada fui ao Centro Espirita pois estava sem dormir e muito aflita.Lá acabei descobrindo que ele foi meu marido e que morrera de acidente e que eu não me relacionei com ninguém à procura dele.Será verdade? como pode ...por que ?Ele é uma pessoa que está bem financeiramente e vive parte do seu tempo num bar,será que tem algo a ver com tudo isso? Sei que ele ficou chocado também ,pois pergunta por mim e diz que gostou da minha pessoa.Recebo constantemente ligações restritas e a pessoa não fala nada só ouve minha voz. .Algo me diz que é ele... por que que tem que ser assim? Vivo angustiada ,sonho com ele de mãos dadas,trocando muitas carícias... POR FAVOR ME AJUDE ...responda o mais rápido possível.

    ResponderExcluir
  66. Oh meu anjo! Devemos nos desapegar de tudo que nos traga desarmonia.
    Imagine-se vivendo com ele e seu vício. Será que esse sentimento que vai agora em seu peito resistiria? Ou vc tem a forte ilusão de que pode salvá-lo desse vício e por isso fica assim esperançosa de reencontrá-lo.
    Não podemos dizer nada sobre o que lhe foi dito na casa espírita. Apenas acrescentar que se foi em outra vida, já não é mais um assunto para se resolver agora. O importante nesse momento é que ele está tentando seguir o caminho dele, está casado, deve ter filhos e tem uma aflição imensa que o levou ao alcoolismo.
    Vc precisa focar em alguma coisa grande, um trabalho, família, estudos e outros. O que tiver que ser será sem que vc precise fazer algo além de orar por ele e orar para tentar tirar de si essa aflição. Com o coração confuso assim sua vida pode estacionar.
    Fique com Deus.
    Esteja sempre em prece. Pede a Deus para encorajá-lo a procurar ajuda em relação ao álcool...e pede paz para vc . Acredite , a resposta aparecerá.

    Um forte abraço

    ResponderExcluir
  67. Obrigada,nem sei como agradecer...Fico feliz de saber que tem pessoas tão bondosas à ponto de tirar um tempinho do seu dia para esclarecer dúvidas e principalmente dar conselhos para o bem.FIQUE VC TBM COM DEUS...UM FORTE ABRAÇO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem de que!
      Ficamos preocupados e acredite, gostaríamos muito de poder ajudar. Mas cada um de vcs já tem uma família formada nessa existência a qual vcs precisam cuidar. Caso essa missão não seja valorizada hoje, pode num futuro distante trazer mais sofrimentos. Acreditamos profundamente no poder do amor e da prece. Pede por ele. Se aproxime dele através das suas preces.
      A prece tb é uma forma de amar.
      Cuida dos seus com o mesmo carinho.
      E que Deus os proteja...amém.

      Excluir
  68. Quero tirar uma dúvida: Se tratando de amor de vidas passadas,se quando reencontramos tem chance de ficarmos juntos, o por quê que encontramos e nos reconhecemos?Mesmo sendo ambos casados tem chance de ficarem juntos? E se nessa vida respeitarmos essa missão temos chance de nos encontrarmos em outra encarnação? É verdade que existe o choque quando os dois se reconhece? E possível um só reconhecer ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rs...quantas indagações!!
      Entenda amor de vidas passadas como amor de pai, mãe, filho, irmão, amigo, companheiro, avô, patrão. Todo tipo de relacionamento onde ambos se afinam é bem provável que já se conheçam de outras convivências. Existem relatos de espíritos que levam consigo apenas uma gratidão recebida de alguém, e vir em seu auxílio caso seja necessário. Tudo de bom que fazemos sempre angariamos amigos, afetos. Reconhecer em um ser, alguém que já conhecemos de outra existência, acreditamos que não se tem como saber. O que podemos é analisar através da sintonia que sentimos. Normalmente os que nascem num ceio familiar, são espíritos que já trazem uma história. Quando entre nós vem um ser totalmente contrário, diferente, sem sintonia, pode ter vindo para que entre nós receba amor, carinho, afeto, educação na esperança que haja alguma mudança. Existem muitos motivos para que isso ocorra.. Os espíritos nos falam que espíritos afins nem sempre reencarnam ao mesmo tempo devido ao trabalho que se dedicam na vida espiritual, talvez um precise vir antes para receber um ente querido necessitado de uma reencarnação, vem para ajudá-lo caso tenha uma prova difícil.
      No caso de um amor antigo entre dois espíritos que por alguma razão necessitem reencarnar em missões diferentes, podem vir a ser grandes amigos e cada um se casar com aquele a que foi determinado anteriormente. Não se pode considerar (opinião nossa) que o maior amor, seja o amor entre um casal.
      Quanto a se reencontrarem, sim podem se reencontrarem, inclusive durante o sono e depois do desencarne. Pode não ser de imediato, vai depender da situação que cada um estiver vivendo no momento. Segundo os espíritos, formamos uma família espiritual. O que nos une são os laços de afeto, amor, trabalho, afinidades e outros.
      Com relação a choque, não sabemos bem o que você considera choque...ou o que sentiu a pessoa que lhe fez um relato usando esse termo. Para se ter uma ideia, muito provavelmente nossos colegas de escola, de bairro, de trabalho, são velhos amigos de outras existências, inclusive nossos familiares. Vejo relatos por exemplo de crianças que ao chegarem perto de uma parente grávida, chamar o bebezinho ainda no ventre por um determinado nome e conversar como se fossem íntimos. Cremos que é uma das maiores provas da reencarnação.
      Depois de tudo que conversamos até aqui, podemos chegar a uma conclusão com relação se há a possibilidade de um dos encarnados apenas reconhecer no outro um amigo, que isso é possível, levanto em conta as condições que cada um reencarna. De repente uma sequela trazida de uma má conduta pode atravancar as lembranças amorosas.
      Esperamos ter conseguido tirar alguma de suas dúvidas.
      Um grande abraço amigo.

      Excluir
  69. Boa noite,
    Busco algumas respostas sobre almas que se reconhecem, tentarei ser o mais breve possível no meu relato..
    Quando eu tinha uns 12 anos conheci um menino da minha idade que morava na minha rua, no início rolou uma certa antipatia, mas depois virou paquera se arrastando por quase dois anos, ele me pediu em namoro, porém como eu era muito nova, meus pais ñ permitiram, ele ficou chateado e, logo após teve que se mudar pois seus pais se separaram... Fiquei um tempo sem saber dele sofri muito, mas tinha uma certeza: um dia nos encontraríamos. O tempo passou eu namorei outras pessoas e a única coisa que sabia era que ele morava em uma cidade na regiao dos lagos (RJ) a uns 300 km da minha e continuava acreditando q a história ñ tinha acabado.. Um belo dia sai sem vontade e antes de ir embora da boate onde eu estava, esbarrei com ele, foi imediato ficamos, ele procurou meu nome na lista telefônica me ligou e começamos a namorar, nessa época ele tinha voltado morar na minha cidade e nosso relacionamento durou um ano, ( ele sempre foi uma pessoa muito instável, e eu acho que grande parte disso se deve ao fato de ter uma família completamente desestruturada, o que levou, eu acho a fazer algumas besteiras...) ele ficou desempregado e voltou pra Região dos Lagos nosso relacionamento se arrastou por mais 6 meses e ñ resistiu... Sofri muito e sempre pensava nele, na verdade me relacionava com outras pessoas, mas nunca o esqueci... Depois de um tempo ele voltou a me ligar e parecia que nunca tínhamos ficado sem nos falar, ficamos nos falando por pelo menos uns 3 anos.. Nesse meio tempo eu descobri que estava doente, tive câncer de intestino, nos estávamos com outras pessoas e largamos tudo para ficarmos juntos, lele largou um relacionamento , emprego, trocou de casa, tudo...ñ era o certo, mas era o que eu precisava no momento, sabia que tinha que ficar boa pq iríamos casar..!! Isso durou 6 meses...Conforme minha saúde se restabeleceu o relacionamento se acabou, um belo dia após uma briga ele sumiu.. Fiquei com raiva, chateada, sofri muito, mas segui minha vida, sabia que um dia iria vê-lo novamente, porém ñ achava que voltaríamos...
    Se passaram 10 anos encontrei com ele no meio da rua, qdo ele chamou meu nome gelei.. ele disse que estava de volta a minha cidade, que passava todo dia em frente a minha casa, que precisava me ver e me pedir perdão por ter sido um moleque, trocamos telefones, e nos encontramos e conversamos por horas a fio... O problema é que dessa vez eu já estava casada há 5 anos ele já tinha filhas e estava em crise em um relacionamento...Infelizmente caímos em tentação após um tempo, porém decidimos que isso ñ era certo, hoje em dia só nos vemos e nos falamos ocasionalmente pelo telefone (tentamos evitar uma aproximação )..O que me intriga é que temos uma afinidade que ñ se explica,temos uma confiança,e,uma certeza que se um precisar do outro estaremos ali além de um amor ( recíproco) que nem todo esse tempo foi capaz de apagar!! Nó quase sabemos qdo um esta pensando no outro, e nós dois temos a certeza que nossa história ñ acabou.. Porém SE tiver que acontecer algo mais pra frente vamos deixar acontecer naturalmente, se forçar nenhuma situação..
    Como explicar isso? e como se eu soubesse que ainda ficaremos juntos...

    Juliana

    ResponderExcluir
  70. Olá boa noite de novo...
    Só complementando, essa ligação entre idas e vindas já dura 24 anos..
    Juliana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Juliana, que bom ter vc aqui conosco.
      Não temos como explicar essa situação, claro.
      É um relacionamento difícil, mas entre vcs há uma forte cumplicidade, uma forte amizade.
      Sentimos muito pelos momentos difíceis que vc passou de saúde e não podemos deixar de comentar o fato do rapaz deixar a propria vida para ficar ao seu lado.
      Isso parece reforçar a teoria das vidas sucessivas, Está bem claro que essa afinidade é de longa data, mas que muito provavelmente teve anteriormente seus desencontros como agora, basta notar que ao primeiro encontro despertou antipatia. Se vcs formaram família, é importante cuidar delas. Vcs tb tem compromisso com seus parceiros, certamente foi com eles que vcs decidiram ter uma vida de relacionamento, muito provavelmente antes mesmo de nascerem.
      Vinte e quatro anos é bastante tempo.
      Faça como já decidiu, viva naturalmente, toda forma de amor vale amar...bj

      Excluir
  71. Oiee Boa noitee!
    Gostaria de comentar o que aconteceu comigo a algum tempo atrás..
    Se de algum modo puderem me ajudar ficarei grata!!!
    Bom a um tempo atrás viajei para uma outra cidade, para rever alguns amigos, e lá fomos para um churrasco, chegando no local avistei um rapaz alto, bonito, charmoso, fui me aproximando e então ele me viu e no mesmo momento cruzamos os olhares e ele veio em minha direção e já se apresentou, pegou em minha mão, conversamos.. depois disso fomos no mesmo dia juntos para uma festa que tinha na cidade.. ele sempre muito atencioso, conversávamos de tudo, sobre tudo, e ele me perguntou se eu não gostaria de morar naquela cidade, eu disse que nunca tinha pensado na possibilidade e tal.. mais só conversamos, ele sempre respeitando, educado.. dois dias depois voltei para minha cidade, e esse rapaz ficou em meu pensamento.. adicionei ele em uma rede social (facebook) sonhei com ele varias vezes, eram sonhos lindos, conversávamos muito, tinhamos uma relação linda nos sonhos.. Entrei de férias final do ano, e próximo a virada do ano ele veio na internet falar comigo, pediu meu número de telefone, e apartir dai, começamos uma relação, internet, msg.. Ele como sempre atencioso, educado, querido, sempre me elogiando, e me chamando pra voltar lá na cidade para passear, e o convite de morar lá sempre ele reforçando, vem morar aqui e tal.. Até que não resisti e fui lá passear de novo... rsrs cheguei lá fiquei na casa de uma amigo meu, e esse rapaz como sempre um amor de pessoa, me tratou como uma princesa, fiquei lá 5 dias, como lá o lugar é turístico, vivi momentos e visitei lugares inesquecíveis com ele.. Mais depois de 3 semanas que estive lá, ele decidiu que nós não dariamos certo por causa da distância, que ele não sabe namorar longe e tal... enfim sempre que posso vou para esse lugar, até porque não é tão longe, sou estudante de Turismo e fiz estágio nessa cidade, e toda vez que vou para lá vejo ele, nossos amigos lá são os mesmos.. e as vezes ainda acabamos ficando, nos relacionando.. sinto quando estou perto dele, desde a primeira vez que conheci ele, uma paz muito grande, ele me transmite paz, não sei explicar, me sinto protegida, gostaria de entender isso... E toda vez que ele me ve, ele mesmo já me disse uma vez, que não consegue resistir, que tem algo que impulsiona ele para perto de mim, que ele tem q me abraçar, me tocar, ele é apaixonado pelo meu sorriso.. e eu sinto e vejo nele que quando ele me ve, ele não sabe o que faz, não para quieto, mexe nos cabelos, não para com as mãos, me olha sempre, me cuida... e ele me disse que no dia que me conheceu, que na hora que ele me viu, ele disse para ele mesmo, é ela, é diferente de todas que já vi, é ela que eu procurava.. E ele é tudo que eu procurava!!!
    SE PUDER ME AJUDAR AGRADEÇO! ESSA É MINHA HISTÓRIA!
    FIQUEM COM DEUS!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como vai, seja bem vinda!
      Não conseguimos ver onde há na sua história espaço para ajudá-la, caso pudéssemos, porque é uma história tranquila e de muito carinho entre dois jovens que são carinhosos e que se respeitam, que tem mesmo nível intelectual e que tem tanta simpatia um pelo outro. Digamos ser o relacionamento perfeito.
      Você está vivenciando uma linda história.
      Continuem de coração e mente abertos para o bem e que Jesus os abrace carinhosamente pela eternidade...amém.

      Excluir
  72. Bom dia, estou vivendo um drama o que faço? conheci um rapaz quando eu tinha 13 anos e ele 20 anos senti algo por ele inexplicável, ele tinha namorada engravidou ela e teve que assumir o filho e ela.
    Aos 14 anos fui para o aniversário de uma amiga minha, e esse rapaz estava lá automaticamente ele veio ao meu encontro sem se importar com quem estava próximo de mim me deu um beijo, que marcou a minha vida algumas vezes me encontrei com ele mais desisti dele porque ele tinha casado.
    Conheci outra pessoa, casei tive filhos mais enfim nossa vida foi marcada por idas e vindas, ele sempre vem atrás de mim e nunca tive força para acabar com esse relacionamento que já dura 20 anos, sinto que ele também não tem força uma vez falei em terminar com ele, disse que não, simplesmente surtou; sempre senti que o nosso relacionamento ia além do sexo, do romance, que tínhamos algo em comum.Comecei a perceber que quando nos encontrávamos sempre conversavamos sobre a nossa vida,dia a dia, filhos,trabalho etc...
    Uma vez ele me disse, que gostava muito de estar comigo, e de conversar quando não falo com ele me sinto aflita com saudades.
    Fui na casa de uma amiga e uma senhora, jogou cartas pra mim e falou que não entendia porque eu tinha me envolvido com esse rapaz porque, em outra vida eramos amigos confidentes e por isso que sentimos afinidades e muita falta um do outro vontade de conversar, sendo que ele não a minha metade da laranja e que a esposa dele vive na macumba e totalmente louca não aceita a separação toda vez que ele fala em sair de casa ela se desespera e corre pra macumba, ele bebe muito, ou seja, sinto que ele não está bem espiritualmente.
    O que faço? eu não estou mais me sentindo bem com essa situação preciso me libertar e tocar a minha vida não tenho força por favor me ajudem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cremos que vc já tem a ajuda. Ela vem de dentro de vc mesma. E é o que vc já concluiu, precisa libertá-lo para que ele possa seguir com o que foi traçado para essa vida e vc se libertar dessa teimosia em seguir com um relacionamento em via dupla. Siga sua estrada, forças vc tem sim...só não quer assumir. Não existe metade da laranja...isso é poesia. Existem espíritos que se afinam, que se relacionam bem e criam laços. Vc já viu como sofre a esposa dele com a ideia da separação e ele tb. Vcs estão criando um laço ruim com toda essa situação.
      Saudades é amor, isso é bom. Aguarda em Deus, se ainda for de fiarem juntos nessa vida, isso acontecerá, mas não faça outra pessoa sofrer para vc ser feliz, poque nunca encontrará a felicidade. Sentimos muito por tudo.
      Desejamos muitas bençãos nas suas vidas.

      Excluir
  73. Boa noite, tenho 45 anos, sou casada há anos e sou feliz com meu marido e meus filhos. Quando eu era jovem, tive um namoro muito passageiro com um rapaz que não estava muito interessado em mim, mas lembro que senti amor à primeira vista e recordo cada diálogo que tivemos, dos lugares aonde estivemos juntos, o que me traz certo sofrimento. Ele também está casado, tem seus filhos, mas sei através de outras pessoas que não está muito feliz. Nos meus sonhos com ele (que são frequentes) eu tento de toda forma conversar, mas ele não quer ouvir minhas explicações, assim como na vida real ele também nunca quis nem a minha amizade.
    Há 1 ano o encontrei na rua e ele teve uma atitude diferente das anteriores, desviou o seu caminho apenas para passar na minha frente e me cumprimentar. Tivemos uma troca do olhar muito rápida, mas muito intensa, da qual não esqueci até hoje. Jamais largaria minha família por ele, mas o sentimento dentro de mim é tão forte, quanto estranho.
    Há alguns dias tive um sonho, como se fosse de uma vivência passada, aonde eu acabava de ter falecido e havia também uma criança, que no sonho era meu filho, também falecido pelo mesmo motivo e eu sentia que ele me culpava por isso. O mais esquisito é que essa criança representava esse meu primeiro namorado. Quanto acordei e tentei assimilar o que havia sonhado, ficou claro pra mim que esse espírito não conseguiu me perdoar até hoje. Será isso possível?
    Não sei o que fazer pra me libertar desses sonhos e dessas lembranças tão antigas, mas tão presentes em mim.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite.
      Sim, isso é possível.
      Preces, todos nos aconselham preces, até os que já partiram, espíritos bem desenvolvidos e que vem através dos médiuns acrescentar o que o Evangelho nos aconselha...orar, orar e orar.
      Acreditamos que neste caso, orar para seu amigo, incluindo pedidos de perdão. Envolva-o em seu arrependimento sincero. Persista.
      Converse com seu mentor espiritual, ele sabe do que vc está passando, mas peça orientação, aguarde e acreditamos tb que de alguma forma, certamente durante o sono, vc receba uma explicação que vai faze-la se libertar dessas lembranças.
      Você é muito esclarecida sobre tudo o que está acontecendo, falta só vc conseguir o perdão.
      Se for realmente esse o passado, a lembrança estará latente em seu amigo, ele não a compreende, mas pode ao adormecer, viver dentro do passado, e essa energia os envolve quando estão juntos aqui nesta existência.
      Um grande abraço.

      Excluir
  74. A titulo de depoimento e esclarecimentos, vou relatar um caso que acontece comigo a algum tempo e que me deixa com muitas duvidas e perguntas em minha mente. Vamos lá… Tive um relacionamento com uma garota que não foi muito duradouro que por alguns motivos acabou porém de uma forma não muito bem terminada, mais mesmo assim caminhamos para lados opostos e hoje já faz mais de 5 anos desse termino, porém não posso dizer que ainda a amo nem que não sinto mais nada por ela e o mais estranho é que não consigo tirar ela da minha cabeça, ja tive algumas outras namorada e ela sempre vindo em meu pensamento e muitas das vezes até atrapalha meus novos relacionamentos. Na época eramos ainda jovens e ela era espirita e eu agora também estou participando de encontros espiritas por admirar suas doutrinas e conhecimentos. Mais gostaria de talvez alguma explicação para o que acontece comigo, pois acredito muito em amor de alma e de vidas passadas e essa mistura de sentimentos que essa pessoa ainda desperta em min é uma que até agora para min é inexplicável e compreensível e venho até aqui para saber alguma explicação sabia da minha situação e se existe alguma explicação. Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Rafael.
      Não cremos ser algo assim inexplicável.
      Nós não esquecemos as pessoas que conviveram conosco assim tão rápido, vc fala que tem 5 anos que vcs tiveram um relacionamento, isso é pouco tempo se colocarmos à nível de eternidade já que estudamos a Doutrina dos Espíritos e eles nos falam que somos eternos.
      2000 anos não é muito para a vida do espírito.
      Daqui a dois mil anos vc pode vir a se lembrar dessa moça caso uma situação o remeta à algo que ela tenha feito ou falado que tenha lhe marcado o sentimento.
      Com isso, pensamos que seja perfeitamente normal vc ainda se lembrar dela, em vários momentos.
      Sempre que pensa nela, uma sintonia ´com ela é criada.
      Não fique preocupado com esse sentimento. As pessoas passam em nossas vidas para acrescentar, nossos laços afetivos vão se aperfeiçoando, nossa família espiritual vai aumentando. Se houve ou não um relacionamento anterior entre vcs, isso pode aproximá-los ou afastá-los de acordo com as remotas lembranças que existe do passado e o relacionamento que tiveram.
      Esperamos tê-lo ajudado em alguma coisa.
      Um grande abraço amigo.

      Excluir
  75. Conheci uma pessoa ano passado.
    Logo de cara, senti uma ligação com ele, como se já o conhecesse antes. Nunca me senti tão em paz com alguém em termos afetivos, de pessoa para pessoa, me sentindo tão eu, essencial. Apesar de ter sido um encontro rápido, algo mudou. Fiquei mais feliz, mais bonita, parece q ascendeu alguma luz dentro de mim. Se eu fosse escolher, ele não teria muito a ver com o padrão que eu escolheria, mas de repente tudo parecia fazer sentido.

    Senti que ele tb sentiu estas coisas por mim, ficou muito a vontade e a sensação é de que a gente ia se revelando e se descobrindo um pro outro.
    Bom, depois disso, foi bem dificultoso encontra-lo novamente, até que tive a oportunidade de ve-lo outra vez. Mas confesso que fiquei apreensiva, achando talvez que na realidade fosse tudo uma pira da minha cabeça.
    O encontro foi maravilhoso, tudo o que eu havia sentido antes, se confirmou com uma força ainda maior. O nosso teor de completude, afinidades e atração, foi algo incrível, parecia que eu estava flutuando em outra dimensão. A gente se olhava com brilho nos olhos, a sensação era de que as nossas almas falavam primeiro, tudo o q eu ia falar ele complementava com a mesma ideia e vice versa. Intimidade mental imensa, compartilhando nossa visão de mundo. Apesar de termos vidas, mundos e posições sociais diferentes, nossas historias se completavam incrivelmente, coisa que nunca vi e nunca tive com alguém. A paz que a gente sentiu um com o outro, paz de verdade, contemplação do silencio. Sério, foi estranhamente perfeito.

    Pois bem, depois desse encontro, ele foge de mim como o diabo foge da cruz. Ele se afastou de forma que não entendi. Tentei alguns contatos e nada, ele simplesmente não me responde. Mando mensagens e não tenho respostas. Mas mesmo assim ele se faz presente. Sinto a energia dele e sei que ele pensa em mim tb. Sabe, cheguei a pressentir quando um ente querido seu morreu. Mas ele simplesmente ble bloqueia, não diz nada, nem que sim e nem que não.
    Não sei mais o que fazer... estou tão triste.
    Obrigada pela atencão
    Vilma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como vai Vilma?
      Reflita um pouco sobre em que circunstâncias vc seria obrigada a agir dessa mesma maneira com alguém.
      O motivo dessa reação do seu amigo pode não ter nada a ver com vc. Procure aceitar. Coloque essa aceitação em seu coração. Olhe a situação com carinho, sem ansiedade e sem procurar respostas. Não fique triste. Se esforce para mudar o foco. Envolva-o em suas preces. Respeite esse momento dele. A resposta um dia vem. Fique calma, se harmonize, confia no amor do Pai.
      Um abraço bem carinhoso.

      Excluir
  76. Há tempos buscava em sites explicação para o que vivencio e lendo o texto de Vania Vasconcelos é que obtive esta explicação, mas se possível gostaria que houvesse um aprofundamento específico para minha história: Bem, nesta vida sou casada e temos filhos. Amo muito meu marido e minha família. Porém em sonho, muitas vezes, encontro com o espírito de um antigo colega de trabalho que hoje não tenho mais contato, pois não moro mais na mesma cidade e nem trabalho na mesma empresa - encarnado (informo que nunca nosso relacionamento foi ou intencionasse ser mais profundo do que era, apenas de trabalho mesmo, sequer havia grande amizade, apenas respeito e coleguismo, nem paquera, nada), porém em sonho, nos encontramos e há uma forte energia de amor e suavidade quando apertamos a mão ou nos abraçamos em sonho, É como nos conhecêssemos profundamente há muito tempo e como fôssemos namorados durante muitas vidas. Sua presença me acalma, tranquiliza a saudade. Não sei se ele também sonha isso, não tenho convivência e nem a menor intimidade para perguntar sobre isso. Mas queria muito entender melhor o que acontece. Buscando esta explicação há algum tempo, cheguei a sonhar ou lembrar de outras vidas em comum e em uma delas, lembro que tive um filho dele, mas que ele parecia não ter reconhecido, como fosse um filho bastardo. Lembro que via a família dele passar na minha frente e ele fingindo não me conhecer. Noutras lembranças, parecia haver um relacionamento oficial, sem filhos. Convivo bem com isso e tranquila, porém se puderem me ajudar a entender melhor e aprofundar este conhecimento, agradeço de coração.Meu nome Any.

    ResponderExcluir
  77. Aguardando resposta...
    Gratidão,
    Any.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como vai Any?
      Há pessoas que se lembram de vidas anteriores, não sabemos em que escala.
      Podemos citar a Yvonne do Amaral Pereira, uma das mais respeitadas médiuns brasileiras, autora de romances psicografados bastante conhecidos entre os espíritas. Dedicou-se por muitos anos à desobsessão e ao receituário mediúnico homeopático.
      Ela relata com riqueza de detalhes algumas de suas encarnações passadas.
      Não podemos afirmar, mas pelo que nos relata, você tb pode estar tendo recordações de suas vidas anteriores, ainda que em sonho. Como elas tem conexão, não podemos descartar essa hipótese. Cremos ser uma conquista sua. Isso não vai mudar o rumo das coisas, mas nota-se que vc tem uma facilidade de recordar detalhes importantes de outras existências no corpo físico.
      Aprendemos que o amor nunca morre. Se em um outro momento esse rapaz não agiu bem com vc, isso não mata o amor que vc sente por ele. Não permita que isso de alguma forma interfira na vida que vc tem hoje. Circunstâncias do passado precisam nos fortalecer e não temer a vida. Se for para o bem de vcs, sempre que necessário, na vida espiritual, irão se encontrar.
      Pense sempre o bem para ele, todo bem que desejar.
      Continue assim se desejar tb, deixando que as lembranças aconteçam, não há nada que vc precise se preocupar quanto à isso.
      Acreditamos que no futuro isso será natural em todos os seres, só está dependendo da nossa evolução.
      Um grande abraço amigo.
      Gratidão tb por compartilhar conosco sua experiência que só vem engrandecer nossos conhecimentos.

      Excluir
  78. Gratidão pela resposta. Desejo a todos muita luz e paz sempre!
    Any.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém!
      Muita Luz e Paz...sempre tb!
      Fique com nosso abraço.

      Excluir
  79. olá...procurando hoje na net, algo que responderia minhas perguntas, me deixasse mais tranquila, achei seu blog. Tenho muitas dúvidas, medos, vou relatar o que me acontece e espero que vc possa me ajudar. Há mais ou menos 3 anos atrás, no meu trabalho, chegou um funcionário novo. Cumprimentávamos cordialmente, com muita educação, mas qdo eu o vi, senti algo muito diferente, mas eu namorava e ele tb. Conforme o tempo foi passando a gente começou a ficar mais próximos, encontrávamos pelos corredores, na copa, na saída do trabalho, e até que um dia ele me procurou, e eu nessa época estava solteira. Começamos a nos conhecer melhor, e depois de 3 meses ficamos por 2 vezes, mas depois descobri q ele ainda namorava. Me distanciei, porém ele sempre me procurava só para conversar, desabafar, como amigos. Mas a gente percebia que tinha um sentimento diferente, que queríamos sempre estar perto um do outro. Porém sabendo q ele namorava, segui minha vida e comecei a namorar tb, nos distanciamos, dificilmente nos víamos, porém sempre queríamos saber da vida de um e do outro por amigos em comuns. Um dia nos encontramos e qdo nos vimos o sentimento foi tão forte, que ficamos nesse dia. Comecei a sentir que este sentimento e a vontade de ficar perto dele só aumentava e por conta disso, terminei meu relacionamento. Ele por sua vez, continuou namorando por mais 3 meses, mas sempre conversávamos, desabafámos um com outro, conselhos e ele tb admitia que não conseguia ficar longe de mim. Nessa época ele mudou de cidade. Com nós 2 solteiros, tive o pensamento que agotra iríamos ficar juntos, mas a ex dele não o deixava em paz, mas nós ficávamos juntos as vezes, e a vontade de ficar com ele só aumentava. Porém nesse período sofri muito tb, pois ele não assumia uma posição, não formalizamos a relação e isso me deixou muito triste e tentei me afastar, mas ele sempre me procurando para conversarmos. Nesse tempo eu acabei conhecendo meu atuala namorado, e qdo esse cara percebeu q conheci essa pessoa , ele ficou desesperado, se declarou p/ mim, implorou que eu ficasse com ele, q eu era a mulher da vida dele, que ele não viveria sem mim, mas por conta das minhas mágoas, decidi passar por cima desse sentimento q eu ainda sentia por ele, p/ tentar seguir minha vida. mas todo esse momento, a gente sempre quis saber da vida do outro por terceiros. Eu mudei meu cel, pois ele me ligava demais e meu namorado ficou muito bravo. Os meses se passaram e voltamos nos aproximar. E eu nesse tempo, sempre sonhei com ele, sinto muita saudades dele, mas qdo tivemos relações amorosas, não tive prazer. Esse ano ele se casou, e senti uma dor imensa, como se tivesse perdido "algo", mas mesmo ele casado, ele me liga e fala que nunca me esqueceu...e eu mesmo namorando, não esqueço um só momento. Me dói saber que ele está com outra , mas mesmo assim, gosto do meu namorado, mesmo eu e meu namorado brigamos muito,várias idas e voltas. Qdo eu e essa cara se encontra, parecesse que o mundo para, e as x esquecemos q ambos somos compromissados, mas não nos relacionamos por respeito aos parceiros. Sou de família espírita, se puder me ajudar, me orientar. será que eu e ele nos relacionamos em outras vidas? não sei cm explicar esse sentimento tão forte que tenho por ele. Obg!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma afinidade muito grande que existe entre vcs. Se é de outras vidas não podemos afirmar, mas podemos entender que com tantos desencontros, certamente se programaram para construírem famílias diferentes.
      Vc não teria como conseguir uma explicação através de um médium de confiança na casa espírita onde frequenta?
      Um grande abraço de gratidão por estar aqui conosco.

      Excluir
  80. Há quase dois anos conheci um rapaz em uma festa, e ele quando ele veio falar comigo senti uma coisa muito diferente, me agradou muito, depois desse dia começamos a conversar e tinhamos uma afinidade absurda e descobrimos que nossas familias se conheciam, e que tinhamos o mesmo sobrenome. Mas não durou muito, nem chegamos a ter um romance, ele seguiu a vida dele e eu a minha, porém eu não consigo esquece-lo, nunca senti isso por outra pessoa, essa afinidade estantanea, vontade de ficar junto e nunca mais soltar e todas as vezes que nos encontramos nos olhamos muito profundamente, por segundos, como se conversavamos por olhar, apesar de termos nos distanciado muito, hoje nem conversamos mais, mas toda vez que nos vimos é essa troca de olhar intensa. Preciso de uma luz porque ja fiz de tudo para tentar entender esse sentimento tão forte que sinto!!!!! Espero positivamente que me responda...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente não temos essa luz, essa sabedoria ou conhecimento.
      Pensamos que nem todo sentimento tem explicação. A não ser aqueles que se constrói com o tempo, com boas atitudes e reciprocidades.
      Neste caso específico, podemos apenas supor que se trata de dois espíritos com as mesmas afinidades e que ao se verem , sentem essa aproximação. São energias muito parecidas. Vc nunca sentiu isso por outra pessoa, uma amiga de escola por exemplo?

      Excluir
  81. Foi muito bom encontrar esse site. Me sinto um pouco melhor. Eu precisava de um pouco de luz, de alguma explicação.
    Sou casada e tenho 2 filhos pequenos. No ano passado mudei minha filha de escola e lá um homem chamou minha atenção. Trocavámos olhares, quando o via eu sentia uma atração inexplicável, muito forte.
    Eu nunca havia traido meu marido mas eu pensava nele varias vezes ao dia.
    Ele deixava o filho na escola no mesmo horário que eu, e aos poucos ia se aproximando. De olhares, passou para sorrisos, cumprimentos até que depois de 3 meses ele se aproximou e conversamos. Parecia que eu já o conhecia, foi tão intenso.
    Nossa diferença de idade é de 22 anos, mas são tantas afinidades. Nos braços dele eu me sentia protegida, a voz dele me acalmava e eu não sentia culpa em estar ficando com ele.
    Mas de repente ele mudou, se afastou. Me deu as costas. Fugia de mim na escola.
    Passei três meses sentindo a falta dele, um nó na garganta, uma angústia, uma sensação de estar incompleta, me sinto só mesmo rodeada de pessoas.
    Ele apareceu de novo, neste ano. Ficamos juntos mas eu estava tão magoada com a atitude dele que disse coisas para machuca-lo e ele se afastou novamente.
    É uma saudade que dói, uma sensação de que ainda não acabou e ele vai voltar a qualquer momento.
    Me sinto triste, vazia. Se nos amamos em outras vidas, acho que estragamos tudo nesta.
    Enfim são 8 meses lutando pra seguir em frente.

    ResponderExcluir
  82. eu tenho u grande amigo q o conheço desde o meu 14 anos, foi o meu amor platônico. os anos se passaram nos casamos, perdemos contato, depois nos reencontramos e e sinto algo diferente p ele. meu coração acelera, alias nunca deixei de pensar nele. até hoje somos melhores amigos. nos confidenciamos, ele sabe q ele foi o meu grande amor platônico de adolescente, eu tô no segundo casamento e ele tb tem uma pessoa. mas acredito q ele é especial p mim qto sou p ele. penso todos os dias nele, oro p ele sempre. será q ele é minha alma gêmea? tenho vontade de ta casada c ele, e passar minha velhice ao lado dele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "O fato de duas almas gêmeas – no sentido que expusemos, de terem aprendido a amar-se e que se procuram para continuar juntas sua jornada – encontrarem-se na encarnação, não significa necessariamente que devam ficar juntas, enquanto a experiência terrena estiver em andamento."

      Excluir
  83. nossa como gostaria de uma explicação fui casada durante 14 anos de minha , desde do inicio do nosso relacionamento não conseguíamos fica um longe do outro , ele tinha 48 anos e eu 26 anos na época , nossa foi tudo muito intenso com menos de um ano já estávamos juntos depois de 2 anos casados civilmente, ai tudo mudou ele já vinha de vários relacionamentos , já tinha sido traído , fomos mora em outro estado , fiquei distante de minha família dediquei 24 horas para ele mais gostava , ele também dedicou 24 horas para mim , depois ficou sufocante não podia fazer um cabelo, fazer uma unha, tem amigos tudo deveria ser da forma dele , depois vivíamos em uma religião onde tudo era pecado, as vezes no meu intimo odiava ir para aquela igreja viver uma aparência que não era a minha, ia só para agrada meu marido pois amava fica perto dele. depois o tempo foi passando ficou monótono nossa vida , trabalhávamos junto , ficávamos juntos , mais nunca tínhamos um lazer , só vivíamos para as pessoas tudo era para agradar as pessoas , ele tinha problemas cardíacos e diabético, sempre vivíamos também em hospitais ele odiava , mais era necessário achava ele tão forte e disposto que jamais acreditei que um dia ele iria morrer, tinha cuidado nas medicações dele , nos últimos tempos estávamos brigando com tudo , eu estava tão irritada com ele sem motivos , resolvemos fazer uma festa de aniversario para minha mae na minha casa , no meio da festa uma cunhada começou uma briga com todos da família meu esposo se envolveu aborreceu colocou era para fora de casa e acabou a festa , foi horrível , no dia seguinte fiquei com tanta raiva brigamos muito não queria que aquilo tivesse acontecido dentro de casa joguei a culpa toda nele , ele me bateu eu empurrei ele foi horrível, no dia seguinte ele me pediu desculpa e não perdoei, no outro dia tinha uma consulta para o cardiologista dele não fomos , no dia seguinte saiamos para trabalhar ele olhou para mim e disse estou passando mal , foi tão rápido ele teve um infarto fulminante , foi prestado todos os socorros mais no hospital o medico disse que foi fulminante, depois disso já faz três meses não consigo me conforma acho que fui culpada , porque não levei para consulta um dia antes? porque estava tão irritada com ele nesse últimos dias? por que não percebi que ele estava doente ? será que meu egoísmo foi tão grande que não deixou salvar a vida do meu esposo ? eu amava tanto renunciei minha vida para ter este amor e só durou 14 anos , hoje estou com 39 anos muito amargurada , triste , tento passar para minha família que esta tudo bem , mais sinto falta dele 24 horas , não tenho vontade de sair de casa , não tenho vontade nada , estou frenquentando um centro espirita mais quando chego lá , não conheço ninguém , passaram um tratamento uns passes por 10 dias , e muito ruim fica sem noticias dele , as acho que estou sonhando , a qualquer momento ele vai entra em casa mais isto e impossível, amo ele demais me ajudem rezo por ele , mais gostaria de falar, sentir e ouvir meu marido , as vezes estou com toda minha família mas sinto um verdadeiro vazio dentro de mim e horrível. me ajudem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Pode acontecer de escolhermos esta experiência porque a visão que se têm na espiritualidade é diferente da limitada visão da encarnação. Melhor abrir temporariamente mão da presença amada, já que o afeto não se esvai na ausência, do que abrir mão de estarem juntos em várias vidas e seus intervalos. Sendo o egoísmo o único motivador (e não o amor) da escolha de ficarem juntos a qualquer preço, constrói-se sólido castelo sobre a areia das ilusões. Fatalmente ele desmoronará, e será preciso reconstruí-lo."

      Excluir
  84. Procurando resposta para o que venho sentindo achei o blog de vocês e esse texto me trouxe algumas possíveis respostas e um certo conforto espiritual porém ainda tenho algumas dúvidas.
    Há alguns anos conheci um rapaz do trabalho do meu marido e desde o início começaram as trocas de olhares. A atração e afinidade que sentimos é algo que nos deixa desconcertados quando nos encontramos.
    O vejo muito pouco e sei muito pouco sobre ele mas de um ano pra cá penso nele 24 horas por dia.
    Sei que jamais teremos algo pois sou casada e ele também tem compromisso mas sempre que nos vemos fica um clima desconcertante no ar.
    Tenho a sensação que já me relacionei com esse homem em outras vidas.
    A minha intuição diz que ainda teremos uma oportunidade lá na frente mas não sei se é uma intuição ou só desejo de uma mulher apaixonada.
    Hoje com esse texto vejo que ele podemos ser almas afins mas que provavelmente escolhemos seguir caminhos diferentes visando nossa evolução espiritual.
    Aceito que nao posso lutar por esse amor em respeito ao meu atual marido mas sofro muito querendo te-lo.
    Realmente é muito doloroso encontrarmos alguém que mexe tanto com a gente e termos que aceitar que não poderemos viver esse sentimento pelo menos não por enquanto.
    Vivo um dia de cada vez tentando aceitar mas ainda o quero muito.
    Alguma explicação pra esse sentimento e uma intuição que me fala toda hora que um dia teremos nossa chance.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, bela posição. Cremos que seja essa a nossa realidade. E que assim seja. Chegará o tempo em que isso não acontecerá mais, viveremos para o crescimento de todos.
      Sua presença nos deixou imensamente felizes.

      Excluir
  85. Olá, busco respostas para o que acontece comigo. Qdo estava prestes a completar 16 anos, comecei a namorar um rapaz, foi um amor arrebatador, eu já o conhecia há uns 3 anos, e qdo cruzavamos pela rua ou eu o via em qualquer lugar, sentia algo estranho que mexia comigo. Namoramos por 3 anos e meio, entre muito amor e algumas escorregadas dele, resolvi terminar nosso noivado. Namorei outra pessoa e me casei rapidamente. Anos se passaram e eu ainda sentia sua presença muito forte dentro de mim, mudei-me para um local um tanto distante e qdo vinha a passeio sempre dava um jeito de ve-lo a distancia, coisa que ele tambem fazia qdo sabia que eu estava por perto. 20 anos se passaram e entao comeci, repensar a minha vida e conclui, nao era feliz. Resolvi entao começar a procura-lo pela internet ate que p encontrei em quase um ano de busca, voltamos a nos falar e o amor foi brotando novamente, decidimos nos encontrar, e foi um instante mágico, como se o tempo não houvesse passado.Terminei meu casamento, abri tudo para meu ex-marido, foi uma revolução em minha vida, perdi tudo. me jogaram na lama por eu ter assumido que amava outra pessoa. Ele não teve esta mesma coragem, e ainda continua casado, mas eventualmente nos encontramos, e cada vez que isso acontece é uma explosão, o tempo pára, como se existisse somente nós dois no mundo, é um amor que estamos sempre ligados um ao outro, sentimos qdo algo de ruim está acontecendo com um ou outro. Será isso um amor de outras vidas?? Como poderei saber??? Minha mente vive em ebulição, posso ter sido egoista ao me separar pensando somente em mim, mas acredito que não teria como continuar aquela relação pois nao gostava que meu ex me tocasse, é dificil dizer isso mas sentia nojo muitas vezes. Por favor alguém me de uma resposta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imaginemos…

      "Duas almas aprendem a se amar; almas gêmeas que se tornam, escolhem experiências que irão fazê-las evoluir. Espíritos ainda em progresso, possuem defeitos morais que estão trabalhando nas existências. Nascem juntas, separadas, na mesma família, em outras, entre amigos ou inimigos. Entre tantas vidas, numa optam por temporariamente (o que são os anos de uma encarnação perante a imortalidade?) por encarnarem separadas. Casam-se com outras pessoas, formam famílias. Mas um dia encontram-se. Reconhecem-se. O amor ressurge. Seus compromissos espirituais são logo esquecidos, desejam-se. Eles deveriam resistir à tentação de trair, de abandonar os companheiros, os filhos, os compromissos, construindo falsa felicidade sobre lágrimas alheias. No entanto cedem. Traem, abandonam, fogem… não importa. Querem ser felizes e isso lhes basta. É o EGOÍSMO e a falta de fé no futuro, que lhes dirige a ação.

      Mas não há real felicidade senão a conquistada no direito e na justiça. Se vencerem a tentação de fazer o que citamos, terão no futuro o mérito de estar uma com a outra. Se se deixam arrastar pelas paixões, estarão fadadas a novos afastamentos, lições dolorosas."

      Excluir
    2. Quer dizer que devemos afogar nossos sentimentos? Pensemos na possibilidade, de um dia ficarmos viúvos, entao poderiamos viver nosso amor?

      Excluir
    3. Isso fica à critério de cada um. Você mesma fala que foi jogada na lama por causa da sua decisão. Já é uma lição dolorosa. Creio que lá atrás vcs tiveram a chance de ficar juntos e se separaram. Também foi uma decisão sua. Não somos donos da razão, pra cada decisão nossa, uma consequência a qual temos de passar. Não fique assim tão aflita. Creia na vida, creia no Criador.
      Também podemos entender que estar na companhia nem sempre é estar juntos, vc mesma teve essa experiência no casamento. E nem sempre estar afastado, é abrir mão mas sim, assumir o caminho que trilhou. O amor não vai acabar por causa da distância física.

      Excluir
  86. Ola! Primeiramente gostaria de parabenizar pelo belíssimo texto. Venho aqui buscar respostas para algo que me incomoda e me tira a paz. Mais antes de chegar na questão é importante me descrever para um melhor entendimento. Eu tenho 23 anos, e poucos amigos faz uns 4 anos que não tenho um relacionamento serio e os anteriores não duraram nem 4 meses. Só que a questão é que sempre senti que ha alguém em algum lugar pra mim. Chego a sentir amor e saudade dele. Muita saudade, parece loucura. Evito que esse sentimento afete minha vida, mais é um sentimento tao forte que chega a incomodar. E como se meu "final feliz" tivesse do lado dele. Mais como pode isso? Eu não sei quem é essa pessoa. Sera que algo relacionado a vidas passadas? Se for, sera que irei encontrar ele? Ou nossa missão nessa vida é ficarmos separados? Desde já agradeço pela atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Há reencontros que acontecem para que formem família, exemplifiquem o sentimento, evoluindo e dando, uma à outra, força nas provas, expiações e missões que vieram cumprir. É bem comum também que afetos verdadeiros não se encontrem, que estejam, cada um, vivendo experiências com outras almas, de modo a ampliar os laços do amor fraternal. Neste caso, costumam aliviar a saudade através de visitas em espírito (sonhos)."

      Excluir
  87. Oi.. Estava procurando sobre amor além da vida e acabei achando seu blog... Estou muito angustiada pois meu relacionamento está por um fio, nós já tentarmos nós separar de ver mas não conseguimos, tem algo em nós q nos prende não sabemos explicar, mas esta sendo muito doloroso esses dias , pois quero partir pra outra mas sempre q a gnt faz algo pra se separar , alguma coisa faz a gnt se unir outra vez e ao lado dele eu tenho coragem pra enfrentar a vida ele me da força pra continuar e sempre q vou cair ele está lá cmg ... Será q tbm temos amor além da vida? Por favor me responda !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Na espiritualidade o sentimento é claro, de uma força e suavidade que mostram o que existe entre os espíritos que o sentem. Tanto mais fácil perceber este elo afetivo, quanto mais desenvolvido moral e espiritualmente é o espírito. Já durante a encarnação, há uma limitação imposta pelo esquecimento do passado, uma vantagem que Deus nos proporcionou para que o livre-arbítrio fosse pleno em nós. Quando encarnamos esquecemos do passado, e deixamos adormecidas lembranças e sentimentos. Se duas almas que se amam se encontram, talvez não venham a perceber imediatamente a importância real de uma na vida da outra, mas sentirão empatia, simpatia ímpar e profunda, o que as faz pender para a pessoa que acabaram de conhecer na nova encarnação. O reconhecimento de um amor de milênios pode ser forte e imediato, mas em geral, para nos facilitar a vida, surge doce e suave, lenta e profundamente."

      Excluir
  88. Olá ...Certa vez me disseram que eu era médium e que deveria ler mais sobre o espiritismo e estou fazendo. Ao ler uma prece senti vontade de procurar explicações sobre o que estou passando.
    Amo um rapaz a 6 anos e ele também me ama. Namorei o amigo dele, mas desde a primeira vez que o vi senti um carinho especial(parecia que já o conhecia) e ele diz o mesmo. Nós tornamos amigos quando estava terminando com o amigo dele. E desde então ele foi meu amigo, meu companheiro, meu guia mas durante meses só o via desta maneira. Ele me ajudou a superar o termino, me orientava e incentivava nos estudos e foi um ombro quando minha mãe adoeceu. Ele percebeu primeiro que sentia algo muito forte por mim e eu demorei um pouco mais. Porém, ele era de outro estado veio por causa do militarismo, quando percebeu o que sentia havia poucos meses que tinha ficado noivo e marcado o casamento com uma menina da sua cidade. Para mim pouco importava o seu relacionamento ( nem sabia do noivado), nunca perguntava, estávamos sempre juntos( nós falávamos mais pelo telefone). Quando rolou o primeiro estávamos o único beijo foi em um show que marcamos de nos encontrar e no meio da multidão conseguimos nos achar(a noite foi incrível, não entendíamos como tínhamos tanta química). Mas logo depois descobri que o casamento estava se aproximando e resolvi me afastar. Ele se casou e 15 dias depois voltamos a nós falar por email e percebemos que mesmo sendo errado estava difícil de nós separar, afinal somos amigos e que este sentimento que tínhamos era muito forte e inexplicável, pois fazíamos bem um ao outro. Porém, alguns meses se passaram e percebi que ele estava confuso e que eu o queria só para mim. Por amor a ele decidi me afastar e encontrar outra pessoa, pois ele havia me dito que não sabia se tinha feito a coisa certa. Continuamos nos falando, sem a mesma intensidade até que o meu ex namorado pediu para eu decidir. Sofri muito mas liguei e pedi para o amor da minha vida não me procurar mais. Quatro anos e meio se passaram e nunca o esqueci, com o relacionamento ruim, sem querer o encontrei no facebook, bem por acaso digitei a letra do nome dele a procura de outra pessoa e o nome dele apareceu. Um mês depois terminei e o add. Ele estava fora do Brasil a trabalho e me aceitou. Meu coração bateu forte o sentimento estava mais intenso e o pior que ele disse o mesmo, ele voltou no final do ano e durante este tempo e depois voltamos a nós falar diariamente. Quando estamos juntos parece que o mundo eh nosso, somos um casal, ele diz sempre que somos únicos e que sentimos algo inexplicável, especial, um bem querer mais que bem querer, um bem-estar sensacional. Já tentamos nos afastar de novo duas vezes este ano, tive a sensação que quase ficamos juntos de vez, mas brigamos e ele ficou bem com a esposa novamente. Com isto, ela engravidou e estamos distantes morrendo de saudades um do outro ( com momentos de sofrimento e insegurança de ambos). Ele mendaz bem e eu o faço bem, mas ao ler isto consegui me identificar e até entender o que vivemos. Sinto dúvidas ainda, será que nossa história corresponde ao que descreveu? 

    ResponderExcluir
  89. "Se a alma é imortal e o amor transcende a morte, fácil é conceber que os vínculos de amor alimentado nas diversas encarnações, continuam existindo tanto na erraticidade (período vivido na espiritualidade, entre as encarnações) quanto durante a encarnação. Na vida espiritual o sentimento é pleno, consciente, sabemos quem é alvo de nosso afeto e dedicação, embora não deixemos de amar fraternalmente, infinitos outros espíritos que caminham conosco."

    ResponderExcluir
  90. Olá, tenho uma duvida . Há doze anos atras conheci um garoto, e simplesmente tivemos uma empatia mutua um pelo outro, acabou que nos apaixonamos em segredo, ele se mudou mas um ano depois ele voltou e eu em seguida me mudei, seis meses depois voltei e ele se mudou novamente. Seis meses depois eu o reencontro e descobrimos o sentimento estava ainda ali presente, mesmo depois de ele ter namorado uma garota por três anos. Nosso namoro durou 4 dias, terminamos sem brigas e continuamos amigos, e quando comecei a namorar outra pessoa e ele começou também e ficamos 7 anos sem nos falar e ver. Recente mente ele respondeu a um e-mail que o enviei a um mês, senti tristeza em suas palavras. Isso pode significar algos, pois tantos encontros e desencontros e o sentimento é o mesmo. Isso é possível?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos nós gostamos de sermos bem tratados e tudo fica registrado. É natural que nos sintamos sempre ligados à aqueles que nos fizeram bem.

      Excluir
  91. Boa noite. Ando meio sem rumo, sem saída. Ao chegar na adolescência comecei a ter sonhos com um rapaz que seria um noivo meu (já tive vários sonhos de prováveis reencarnações minhas, pois me vejo diferente em diferentes lugares e situações), mas este rapaz, quando sonhava com ele, acordada às vezes aos prantos, ou apaixonada e andando nas nuvens. No último sonho que tive com ele acordei em prantos porque ele morria nos meus braços. Sempre sentia uma saudade imensa dele e sempre imaginei que ele provavelmente seria minha alma gêmea, dado o imenso amor e carinho que nos envolve. Até que o inesperado aconteceu. Hoje me encontro com pouco mais de 50 anos e separada e gosto muito de internet, passo um bom tempo diante do computador. Em uma de minhas visitas ao youtube vi um vídeo que me deixou com o sangue gelado. Olhei para aquele rosto e aquela voz, falando uma língua que eu não entendia, o inglês e fiquei paralisada. Voltei a ver aquele vídeo por outras e outras vezes e descobria que sentia algo muito profundo por ele, na verdade eu o reconheci, era ele o rapaz dos meus sonhos, meu "noivo" de outras vidas. Mas o pior ainda estava por vir, o que mais me assustou e tocou tão profundo, ele já estava morto. E agora, o que eu faço com tanto amor? Sim eu o amo, como nunca amei ninguém na vida. O amo com tanta força que dói, dói muito. Mas porque razão ele nasceu tão longe de mim? E porque eu o encontrei agora? Ás vezes acho que não fui eu quem o encontrou, mas ele que me encontrou e me mostrou sua condição. Mas as almas gêmeas não nascem no mesmo lugar? Então porque o espaço e o tempo nos separou? Eu nasci 9 meses antes dele, calculo que estávamos juntos no plano espiritual. O amor que existiu entre nós foi muito forte e puro como eu via nos sonhos, tão forte que ultrapassou a barreira da vida e da morte. Tão forte que vou me guardar para ele, não teria mais condições de amar ninguém depois de reconhece-lo. O único medo que tenho é nos desencontrarmos de novo e só pra você saber mais, em alguns sonhos que tinha com ele, eu estava em um outro lugar, onde as pessoas falavam inglês e ele também, com a diferença que eu também falava. Não sei te explicar, mas sinto que aconteceu algo muito terrível que me separou dela na última encarnação e provavelmente aconteceu comigo também, gostaria de fazer regressão mas tenho medo do que irei descobrir é como se eu já soubesse que vou descobrir algo terrível. O espiritismo prega que as pessoas costumam reencarnar para terminar a vida que foi interrompida não? Me desculpe se estiver errada, pois não sou espírita, mas acho o espiritismo lindo, hoje em dia sou apenas Cristã. Pois isso se for assim mesmo. Ele morreu jovem, constituiu família, mas se foi muito jovem... Me responda por favor, palavras tem sido bálsamo para essa dor que ao mesmo tempo enchei meu coração de amor, ou melhor ressuscitou o amor que aqui já estava. Uma coisa que esqueci de dizer, quando me separei não quis mais ninguém, porque já estava cansada de sofrer, não sentia mais nem amizade por meu ex marido, ficando apenas a misericórdia. Pedi que JESUS trancasse meu coração e guardasse a chave e assim ele o fez por 11 anos. Mas parece que resolveu entregar a chave pro meu verdadeiro e grande amor e ele o destrancou e libertou meu amor acorrentado...Obrigada..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo quenos escreve vem tão cheio de poesia!
      Você nos pergunta o que fazer com tanto amor, será que precisamos responder? Pense um pouco. O que se faz com amor? Não seria bom em todos os sentidos e principalmente pelo qual fomos criados, que é o amor universal, o amor sem fronteiras, que você distribua esse amor, só assim ele não ficará aí no seu peito doendo, ferindo? Pense por favor com carinho.
      Deus não cria almas gêmeas, foi isso que nos disseram os espíritos quando indagados por Kardec. As almas trabalham juntas e criam laços afetivos que nunca mais se desfazem. Esse amor que vc nos fala, esse que você se lembrou de outra existência, pode ainda ser um amor carnal, mas por ter sido sincero e sem interesses, se tornou o amor para o qual todos caminhamos, o amor espiritual. Não questione, apenas segue seu caminho. porque já é um privilégio poder se lembrar de existência anterior ainda mais por ela ter sido repleta de amor. Não peça coisas das quais vc possa se arrepender, se trancar para o amor só pra continuar fiel à um único amor, não nos parece uma opção que a faça crescer espiritualmente.
      Acredite que poderá vir a reencontrá-lo, mas se fortaleça e cresça espiritualmente para que essa união seja cada vez mais sólida. Muita das vezes nossa atitude pode nos fazer progredir mais lentamente e isso faça com que as pessoas que nos amam se distancie um pouco, pois elas precisam seguir suas evoluções, mas isso não significa que estarão longe de nós, pois sempre estarão pedindo por nós e quando possível nos reencontraremos.
      Esperamos ter ajudado um pouco.
      Agradecemos sua confiança e seu relato.
      Seja feliz.

      Excluir
  92. Me sentindo perdida,....

    Me apaixonei pelo meu chefe,ele é casado eu quase casando.

    Começou assim o amor foi crescendo aos poucos, mas é algo muito fraterno nunca amei assim. e começou com olhares por parte dos dois, mesmo assim com muito respeito, mas sinto que ha algo diferente. Já cheguei a sonhar com ele, senti o seu perfume dele no sonho foi tão real, e fiz carinho em seus cabelos e dizíamos que agora poderíamos ficar juntos que não havia ninuem nos observando. Poderia ser de vida passada esse amor, e porque? Obriada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não temos essa resposta.
      Apenas entendemos que se ambos estão com compromisso marcado, deveriam respeitar. Cremos que, se estiver no planejamento dos dois ficarem juntos, isso ocorrerá sem maiores desesperos. Você nos relata que se apaixonou e é comum ficarmos com o pensamento fixo nas nossas paixões.
      Se acalme.
      Pensa direitinho no que vcs estão fazendo.
      A resposta há de vir.
      Felicidades para ambos.

      Excluir
    2. Obrigada, você me trouxe paz!! Que Deus lhe abençoe! Abraços

      Excluir
  93. Olá! Vou contar minha história, que não é diferente das demais..mas que me consome todos os dias. Conheci o amor da minha vida há mais de 10 anos, mas acabamos que éramos jovens, tínhamos sonhos, e a vida nos separou. Ele casou, eu também, às vezes nos cumprimentamos nos aniversários pela internet, nada além disso, com muito respeito um pelo outro, pela situação de casados. Mas sei que me amou muito e eu também, ainda amo muito, sinto um amor, assim, que é além de mim...amo meu marido, mas é um sentimento muito diferente. Quando eramos namorados, a gente se via um no outro, era muito bonito, mas eramos tão imaturos...e acabamos deixando a vida nos levar, e nos separamos...Só gostaria de uma luz, será que um dia teremos a chance de nos reencontrar, livres, e assim ficarmos juntos para sempre?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acreditamos que estava no planejamento de ambos não ficarem juntos, já que optaram por firmar compromisso com outras pessoas.
      Talvez tenham que passar por isso, há tantas hipóteses.
      Se formos pensar em existência anterior, podemos esbarrar no fato de que vcs possam ter sido irmãos que se amaram muito e que por isso a mão do destino não tardou separá-los. Podem tb terem sido apaixonados e que por isso ao se reencontrarem, essa paixão os tocou. Mas são sempre suposições. Há um leque de situações, há sempre o resultado de nossas ações, nos unindo ou nos distanciando. Mas aprendemos que tudo que é por amor, sempre será. A chance de se reencontrarem é grande, claro que é. Só não fique focada nisso. Viva da forma mais correta possível para que a evolução de ambos siga de forma uniforme e ascendente. Converse com Deus, fale com ele de seus amores, ok?
      Felicidades sempre.

      Excluir
  94. Me apaixonei por um homem mais velho, onde trabalho. Penso nele todos os dias, sinto uma atração muito forte e vejo que ele também sente algo por mim... o amor cresceu aos poucos fraternalmente, mas agora vejo que não vivo sem ele. Nós dois somos comprometidos, ja sonhei com ele , eu estava abraçada a ele e afagando o seu cabelo dizendo que agora nós podíamos ficar juntos. Senti o perfume dele no sonho, foi muito real. Tem possibilidade desse amor vir de outras vidas? vivo angustiada, gostaria muito de uma orientação....Obrigada!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não temos a pretensão de orientar, não foi e não é esse nosso objetivo ao criar esta página. O que podemos lembrar é que não construímos felicidade encima da dor do outro. Quando abrimos nosso coração para uma paixão mesmo tendo um compromisso com outra pessoa, já denota uma dificuldade, um embaraço, uma distração, um desvio de foco na vida. Fomos criados por amor e vivemos para amar, nossa capacidade de amar é infinita, certamente por isso seu coração se abriu assim e abraçou esse sentimento. Mas não devemos nos esquecer dos compromissos assumidos e são com eles que precisamos acertar. Não se angustie. faça preces, envolva a todos no seu amor e deixa a vida guiá-los, sem pressa. A vida do espírito é infinita e oportunidades surgirão para fazer vc entender o que sente. Desejamos sua paz.

      Excluir
  95. Olhando assim tantas histórias, me deu coragem pra contar a minha.... Quando eu era mais nova, um moço me adicionou no facebook e como ele tinha amigos muito queridos em comum comigo, eu acabei aceitando, isso em 2012. Conversávamos todo dia, parecia que eu já o conhecia há anos... Eles disse que tinha uma força muito grande dentro dele dizendo que ele precisava me ver, mas como eu voltei com meu namorado (ciumento) não pude conhece-lo! Enfim... Ele voltou pra Bahia onde nasceu! Há um mês atrás vi uma foto dele e senti meu coração bater mais forte no peito, minhas pernas tremiam. Acabei curtindo a foto e ele veio me falando: "Nossa, até que enfim lembrou de mim! Está podendo me conhecer agora? Estive esperando por vc". Eu respondi que não e expliquei que me envolvi com o cara que mora na mesma republica que eu e estávamos namorando. Ele ignorou e estamos nos falando ainda, nada de mais. Ele insiste em descrever o que esta sentindo e eu sinto o mesmo. Saudade de quem nunca vimos. Meus bisavós vieram fugidos da Bahia porque queriam ficar juntos e meu bisavô era casado lá. E sonhei ontem que eu descia uma escada de encontro a ele, quando eu cheguei ao fim e beijei ele, escutei um homem e uma mulher chorar. Talvez pelo fato de ambos terem outro relacionamento? Seria um aviso de que não podemos nos encontrar tendo compromisso com outras pessoas? Logo em seguida do beijo, meu bisavô pegou ele pelo braço e levou pra longe de mim, eu fiquei chorando sozinha. Me ajudem, estou aflita! Só penso nele, não é carnal, eu sinto falta da presença dele. Quando penso muito parece que posso senti-lo do meu lado, quase sinto o cheiro. O que é isso? Nunca havia acontecido! Eu sou médium e sempre tive visões através do sonho, mas essa não consigo (ou não quero) entender! Desde já agradeço as belas e sábias palavras do texto. Luz nos caminhos de todos! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luz no seu caminho!
      Entendemos que vcs se encontrarem não denota traição ou algo assim. Entendemos também que pensamentos podem tomar forma ou cheiro. Ao pensar intensamente nesse rapaz, a leva a vê-lo em sonhos. No caso do sonho que nos relata, não vemos como aviso e nem podemos afirmar o que significa, mas certamente sua consciência e evolução moral, a estejam recriminando. Esse sonho pode ser uma lembrança de existência anterior. Pode ser também uma interferência inconsciente criada por vc no sentido de não considerar correto o que sente.
      Veja, seu bisavô ao querer ser feliz, certamente fez alguém sofrer. Quando ha um planejamento para que fiquemos ao lado de alguém, a vida se encarrega disso. Seu bisavô aparece em seu sonho afastando o rapaz de você, pode tb ser uma possibilidade, já que hoje ele tem consciência do mal que causou ao ir em busca da felicidade e tenta protegê-la para que não passe por situação semelhante. Você mesma diz que não entende ou não quer entender. Ao mesmo tempo que sente intensa mente vontade de conhecer esse rapaz, também acredita ser uma traição. Senti-lo ao seu lado e o perfume pode-se explicar pela força do pensamento, não duvidamos inclusive que possa até vê-lo se desejar (vê-lo com os olhos do espírito).
      A única coisa que consideramos concreta é que se deixar o tempo avançar, poderá entender e conviver com tudo isso de forma menos aflitiva. Coloque sua energia em seus estudos. Avalie seu namoro. Continue agindo no bem que as respostas irão surgir.
      Converse com Deus. Agradeça ao seu bisavô pelo carinho com você. Afinidade espiritual aproxima as pessoas. O amor espiritual é reconhecido de imediato.
      Agradecemos sua credibilidade conosco.
      Desejamos sucesso e paz profunda.

      Excluir
    2. Muito obrigada pelas palavras! Me trouxeram Luz!

      Excluir
  96. Boa noite.
    O texto me explicou muitas coisas, mas preciso contar aqui minha historia.
    Quando eu tinha de 13 para 14 anos, no caminho pra minha escola, vi um rapaz entrando em com um carro no estacionamento da escola, na hora senti uma coisa diferente, e ele me olhava fixamente. Alguns meses depois, já no ano posterior, ele veio a me dar aula. Quando o vi novamente senti uma emoção intensa, parecia que eu ja o conhecia de algum lugar.
    Na medida em que foi se passando os meses, nós íamos conversando na certeza de que gostávamos muito um do outro, e nos envolvemos inevitavelmente.
    Porém, depois que ficamos juntos, por mais ou menos 3 anos,percebi que ele não tinha um caráter lá admirável. Confesso que também errei, pois devia te-lo tratado melhor, mas as suas atitudes me deixaram muito magoada, e decidi por um ponto final naquilo tudo. Arrumei outra pessoa, com quem fiquei aproximadamente 2 anos. Mas confesso que nunca tive sossego. Meus pensamentos sempre estavam com ele. E ele sempre passando pela minha rua, sempre no meu caminho de alguma forma. Logo depois ele também começou um relacionamento com outra pessoa. Mas sempre passando por mim na rua. Sempre me lembro dele dizendo que já me conhecia de outras vidas. Acabei com esse meu ultimo relacionamento e ele ainda continua com a menina. Não quero atrapalhar o relacionamento dele, mas tentei contato com ele e ele não me respondeu mais. Não consegui segurar o impulso, mas me arrependo muito de ter tentado contato. Ja tive vários sonhos em que ele me segura pelo braço e impede que eu siga adiante. Já tentei esquece-lo de todas as formas, mas não consigo e sofro muito por isso. A unica coisa que posso fazer por ele é orar, tento desfazer esse laço mas não consigo.
    Paz e Luz !
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paz e Luz!
      Não tem como esquecer alguém ou algo que não queremos esquecer. Primeiro é preciso querer com determinação.
      Por outro lado acreditamos que esquecer um relacionamento de 3 anos só se ficássemos dementes.
      Os sonhos podem tentar lhe explicar alguma coisa mas tb pode ser motivado por seus pensamentos constantes nele.
      Vocês tentaram e não deu certo, falta ainda a harmonia espiritual entre ambos. Se já viveram uma história em outro momento, nos parece que alguém saiu magoado e com isso a dificuldade de entrarem em harmonia.
      Acreditamos que a oração é um bálsamo e que vai ajudar sim. Os laços feitos em qualquer ocasião precisam ser desatados sim, com amor e compaixão.
      Somos criados por amor, carinho e atenção sempre nos atrai, pode ser tb o motivo de vcs terem ficados juntos.
      Obrigada por sua história.
      Um grande abraço.

      Excluir
  97. Oi boa noite, gostaria de uma resposta. Ha cerca de 2 anos e meio conheci meu ex namorado ele saia de um relacionamento longo. Quando nos tocamos no aperto de mão senti uma troca de energias positiva. Ficamos amigos e um tempo ficamos e começamos a namorar.. O amor q tenho por ele é inexplicado. Mas foi um namoro conturbado ele passava poe problemas..terminamos ha mais de um ano mas o carinho reciproco permanece nos nao conseguimos ficar sem contato um com outro nesse tempo ele namorou mas ja terminou, eu me envolvi com outras pessoas mas nada que fosse tao especial.o que me deixa mais curiosa que desde que conheco ele vejo os numeros iguais no relogio tipo 20::20 13:13 e sempre q ele me procura vejo esses numeros. Eu o amo muito. Respeito a escolha dele. Queria passar o resto da vida com ele. Nos voltamos a nos falar. Ele nao anda bem. Desejo luz a ele. E tb desejo que nos voltemos a ficar juntos.
    Obrigada amigo que a luz esteja com voce.
    Rebeca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente não nos cabe falar sobre a questão dos números, não conhecemos a Numerologia. O amor entre vcs é grandioso. Continue a envolvê-lo nesse sentimento de amor e compaixão.
      Mas não sofra, siga sua vida, é preciso estar forte se quisermos ajudar alguém. A prece é uma forma de se manter conectada à Deus, pede à ele por seu amor.
      Muita Luz à vc tb, obrigada de coração mesmo.

      Excluir
    2. Nesse periodo, nós paramos de nos falar, mas partiu de mim está atitude. Eu vi que estava dando muito de mim e não recebia nada em troca. No fundo reconheço que quero voltar, mas no final sempre acabo me machucando. Ele infelizmente precisa evoluir espiritualmente, ele absorve energias ruins e sempre acaba em depressão dificultando seus relacionamentos amorosos. Ele tem a dificuldade também de pedir desculpas, ele prefere fugir do assunto. No meu coração eu ja perdoei ele e já disse isso para ele. Mas dei preferência a me afastar, pra não me machucar mais, porque não é o que eu quero ficar longe dele, mas se ele quer devo respeita-lo. Mas também quero que ele reflita. Eu não sei se um dia vou ser tão capaz de amar outra pessoa como eu o amo. É como se fosse realmente de outra vida. Eu quero que ele seja feliz e espero um dia achar uma pessoa que dê certo ou voltar pra ele, mas que seja um relacionamento suave. Hoje está sendo um pouco dificil este afastamento, com um pouco de dor e saudades.
      Mas agradeço muito suas palavras que fizeram muito bem.
      Obrigada e muita luz pro resto de sua caminhada.

      Rebeca

      Excluir
  98. Primeiramente quero agradecer o carinho com que lê e responde a cada história de amor aqui descrita. Serei breve com minha situação pois verifiquei que não estou sozinha nas aflições do coração. Sou casada, tenho um filho perfeito que tanto amo. Meu casamento é de longe o casamento ideal. Somos muito diferentes e sempre sofri com essas diferenças. Há 1 ano e meio conheci um amigo que fez um trabalho comigo. Ficamos muito amigos e confidentes, mas por eu ser casada sempre respeitei meu compromisso e não aconteceu nada entre nós. Apesar das inúmeras oportunidades em.q ficamos sozinhos em uma sala fechada. Agiamos como amigos, mas sabíamos que tinha algo mais. Pensávamos um no outro o tempo todo e a química entre nos era perfeita. Os ideais... Tudo!,era como fôssemosnduas partes de uma mesma pessoa, nunca tive essa sensação. Ele namorava, eu sentia ciúmes mas guardava pra mim... E ele guardava pra ele. Brincavamos de ciume entre amigos mas só. Ele precisou retornar para fora do Brasil em um novo projeto e em sua despedida nós conversamos a sós sobre como sentiriamos falta um do outro e ele me beijou. Nos beijamos (selinho, sem ser aquele beijo mas não deixou de ser errado) e depois disso passamos a nos falar diariamente por mensagens e então por estarmos longe, perdemos o medo de falar o que sentimos. Descobrimos que nos amamos muito e é uma ligação incrível que temos... Mas sou casada e ele agora vai se casar. Não vamos bos ver mais... Acredito eu... Nas durante nossas conversas eu cortei o "sentimentalismo" pois é errado e nos falamos como amigos... Contamos sobre nosso dia.... E só! Não posso perder i contato com ele ... Sei que é errado mas estamos somente nos falando sobre coisas banais... Sobre a vida! O que eu faço?, tenho medo de parar de falar com ele pois o amo muito. Mas amo meu marido e quero levar minha vida com a minha família... Essa que Deus me deu para essa encarnação. É muito triste ficar longe de quem se ama... Mas nós optamos por esse destino.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá.
      Não tenha medo pois vocês viveram tanto tempo antes de se conhecerem, não será agora depois de criada essa conexão, que foi boa para ambos, que deva temer. Sentimentos bons alimentam a alma. Mas é preciso seguir seu caminho, você tem consciência disso. Na realidade nunca estamos longe, basta um pensamento e logo a conexão se refaz. Faça preces por vocês, para que tenham paz, para que estejam inteiros na relação de ambos. Não permita que a esposa dele venha tomar conhecimento isso, a mulher é sempre mais observadora.
      Desejamos felicidades, saúde e muita paz.

      Excluir
  99. Boa noite, gostei muito de encontrar está pagina e tive a oportunidade de ler as historias de amigos, e as resposta gentil sem julgamento, na verdade e exatamente isso que nós estamos carentes de alguém que nos escute sem julgar, achei lindo que o nosso mestre Jesus os abençoe, como nossos amigos acima tbm gostaria de deixar aqui a minha historia, des de já agradeço a atenção, Eu casada a 17 anos sempre vivemos bem com um casal de filhos que são verdadeiros presentes de criador, Um certo dia conheci um senhor assim posso dizer pois tbm casado com 2 filhos adultos assim como eu, logo que nos olhamos senti algo diferente eu já sabia que a conhecia de alguns lugar. Ele por sua vez me perguntava eu a conheço só não lembro de onde, começamos a nos ver TDs os dia, estávamos na mesma acadêmica, nossos olhos se cruzava sem controle, eu relutei o maximo pois sempre fui fiel a minha família, passaram meses e nos sempre conversamos muito sobre td , e na hora de despedir eu sentia que ele e eu não queria dizer adeus, ate que um certo dia ele me roubou um beijo eu fiquei em sem saber oque fazer sai e fui embora, começamos a nos relacionar por 4 anos mas a gente se encontrava de vez enquanto não erá sempre, quando estou com ele não penso em mais nada parece que o mundo para, nunca falei isso pra ele, ele sempre me falava sonhou com familia filhos, a família perfeita, mas nossos olhos não mente que nos dois gostaria que fosse diferente, sai da academia paramos de nos encontrar já faz 2 anos encontro com ele pela cidade temos alguma coisa pra falar que não temos coragem, sinto que não e só da minha parte, mas não amo ele como homem e um amor diferente, analisando esse sentimento e muito parecido com o amor que sinto pelo meu filho, quero muito o bem dele quero que seja feliz com a família dele, Fasso prece pra ele com a família, mas o a amo com TDs as minhas forças, quando encontro com ele nesses encontro casuais, na rua, no supermercado fico besta com as mão s adormecida parece a meu sangue não percorre meu corpo, cala frio as pernas bambas, demora passar, no começo inicio achei que erá paixão, mas não e, já fiz o teste de olhar a foto dele pra analisar meus sentimento, sinto td isso novamente, mas não quero continuar a sentir já dei comando de ordem os meus pensamentos, agora penso menos nele mas esse sentimento continua, gostaria muito de me livrar de arrancar de mim esquecer que um dia conheci, , quero ser feliz com minha família, e desejo o mesmo a ele, me ajude por favor.

    ResponderExcluir
  100. De que maneira podemos ajudar-lhe se não for lhe retribuindo o carinho e lhe desejando que Nosso Senhor Jesus a abençoe também.

    Esses sentimentos tão fortes, tão maiores do que nós mas tão humanos.

    A resposta você já tem que é cada um seguir sua história.
    Não precisa ser tão severa com você.
    Não precisa arrancar do peito se o sentimento é bom.
    O que é preciso é se adaptar à ele, se educar e compreendê-lo.

    Se entregue de toda alma à Deus em preces que possam envolver a ambos, pede força pra não errar, pede força pra amar incondicionalmente, o amor é bom, lembre-se "se eu não tiver amor eu nada seria".

    Ame sua família como sempre amou, mas não se machuque brigando com esse outro sentimento, é melhor amar do que nunca ter amado.

    Vocês vão conseguir. O que for mais forte saberá conduzir a situação ,não se comprometendo com as Leis Divinas.

    Ame sempre, ame a todos sem distinção. Envolva a todos em seu amor .
    Creia numa situação boa anterior que fez com que vcs já tenham se relacionado e por isso essa ligação tão forte. Creia também que tudo que façamos de bom para alguém, ele nunca esquecerá, nem aqui e nem na vida espiritual.

    E que Papai do Céu tb a proteja.

    ResponderExcluir
  101. Obrigada, pelo carinho já imaginava que séria esse o caminho a seguir. Pois estou conduzindo dá melhor forma acredito eu, sou espirita e o espiritismo tem me ajudado muito, a lidar com meus sentimentos, estou distribuindo esse amor . Que não posso ofertar .mas posso dividir estou mais feliz sorrindo mais tbm Fasso trabalhos voluntarios, quero das esse amor não pra uma pessoa .pode ser pré tenção minha mas e assim que estou a fazer, ajudando eu me sinto livre, e com consciência limpa pois não estou prejudicando e nem magoando ninguém, me coloco sempre no lugar dos outros, e se não e bom prá mim tbm certamente não séria bom para o próximo.obrigada pelo carinho. Pode me chamar de Lucia

    ResponderExcluir
  102. Lucia, que bom que deve ser para você e para quem recebe seu carinho e o seu amor . E assim os dias transcorrem mais cheios de objetivos e sem espaços para a ansiedade que esse sentimento deixa.

    É sempre bom conhecer a história das pessoas, vemos tantas qe são tão fortes, tão corajosas e cheias de alegria, isso tanto nos encanta e nos deixa querer ser igual e jogar ao vento nosso desânimo.

    E que o amor do Mestre Jesus nos envolva...e que assim seja.

    ResponderExcluir
  103. Já tem uns 2,3 meses que estou sentindo uma paixão eu não sei por quem é um sentimento de alguém que está por vim e sinto que é para a vida toda tipo DEUS que estar preparando. É uma paixão que sinto que não é por ninguém que eu conheça. O que pode ser,por fvr?

    ResponderExcluir
  104. Sou eu Lucia, Tive recaída estou com uma enorme saudade, me sinto triste me pego pensando, gostaria de poder ver nem que seja de longe, não dá pra controlar as lagrimas teima em rolar, procuro me converser que td e loucura, e Imposifel, as vezes tenho vondade de me declarar a ele pra ver se alivia meu peito, mas tenho receio, estou esperando passar mas não sei se um dia deixarei de sentir td isso, só sei que me machuca pois não posso falar com alguém para desabafar, me pergunto porq foi conhecer uma pessoa só pra eu sofrer assim ? Tenho minha vida eu sei tenho responsabilidade, afinal já não sou mais criança, mas estar escrevendo aqui sinto dores por dentro, o olhar dele não me sai da cabeca, me ajude por favor será que estou ficando louca, será que Td isso vai passar ? Vou esquer esse sentimento? Se tudo ocorre para o nosso bem, oque tem de bem nisso ? Não sei mais oque fazer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como vai Lucia, não fica assim por favor, isso pode levá-la à um quadro de debilidade física. Reaja. É difícil de aceitar, mas a vida não é só isso. Não precisa esquecer esse sentimento, mas se ficar distante dele a fará reagir, que o faça, cremos ser difícil esquecer um bom sentimento, mas podemos guardá-lo numa caixinha para só reavaliá-lo quando estivermos fortes. Somos tão grandes, nosso coração é maior ainda, cabe tantos sentimentos. Procura fazer algo que lhe traga alegria sem sentir culpa e sem fazer cobrança, sofrimento não é a melhor maneira de ficar próximos de quem amamos, pelo contrário, é com resignação, fé, esperança, objetivos..a vida espiritual é infinita, o que é uma encarnação perto da eternidade?

      Reaja por favor.

      Excluir
  105. Olá! Por favor me ajude.Quando eu tinha doze anos de idade eu conheci um menino que me fez perder o chão. Desde o princípio eu sempre soube que era algo diferente,especial.Só o fato de pensar nele me proporciona uma imensa paz de espírito e uma felicidade sem fim.Aos 16 anos de idade nós ficamos juntos por um tempo e eu nunca fui tão feliz. Apenas o nosso abraço era capaz de deixar todos os sons mudos e todas as pessoas invisíveis. Infelizmente nos separamos e ficamos sem ter contato por quatro anos. Entretanto,terça passada tive a oportunidade de revê -lo e constatei que o amor é o mesmo.Alem disso,percebi através dos olhos dele que ele ainda gosta de mim.Porém,ele está namorando o que me deixou confusa.É possível que ele seja a minha alma gemea? Há algo que eu possa fazer para vivermos juntos nessa encarnação ou isto e algo pre-afirmado no mundo espiritual?Tenho feito oração de perdão e meditação,visualizando nós três muito felizes,mas eu não sei se isso ajuda.A minha intuição diz que nós ainda vamos voltar,porém como a maior parte das histórias que eu pesquisei as almas gêmeas estão separadas eu insisto em não confiar em minha intuição.Gostaria de uma orientação pois ainda sou nova e apesar desse ser um sentimento muito bom ainda não sei conviver bem com ele. Não tenho a mínima vontade de namorar alguém porque eu sei que não encontrarei amor igual.Por favor me ajude.Muito obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como vai Jéssica?
      Acreditamos que você está correta ao envolver vcs em preces.
      Você se apaixonou. Infelizmente não estão juntos.
      A teoria da alma gêmea foi criada tb por alguém muito apaixonado.

      "O amor, em se tratando de almas afins, que pelejam longos séculos, milênios talvez, juntas, em compromissos ora dolorosos ora sublimes, pode fazer, transformando os seres, que passam a se amparar e galgar juntos seu caminho de ascensão. Não trata, em nenhum momento, das almas gêmeas como metades eternas, mas sim como criaturas cuja perfeita sintonia de pendores as faz credoras de um amor recíproco que atravessa as maiores barreiras, passando a impressão de serem feitas mesmo uma para a outra, tamanha identidade de pensamentos."

      Então não se aflija. Se está escrito ou não, se combinaram ou não de passarem essa encarnação juntos, isso acaba acontecendo, mas se não acontecer, outras existências virão para que possam trabalhar juntos. O amor nunca se desfaz por causa de distâncias e muito menos porque em algum momento decidimos formar família com outra pessoa, esquecendo momentaneamente de um amor vivido anteriormente, porquê a vida não é só isso, é além de tudo trabalho e crescimento.

      Você deve ser muito jovem e cheia de vitalidade, mas com paciência e sabedoria irá passar por esse momento com maestria, nós cremos nisso.

      Siga sua intuição. Não se esqueça tb de que temos um amigo espiritual com o qual podemos dividir nossas aflições e em sonho ou através de uma amiga por exemplo, ele consegue nos mostrar uma opção de caminho a seguir.

      Fique com Deus e obrigada por dividir conosco sua história .

      Excluir
  106. ola... conheci uma pessoa a um a um ano e nesse período namoramos e terminamos três vezes e nas tres vezes ele é quem teminou comigo sempre sofri muito todas as vezes que terminamos. Todas as vezes que nos reecontramos eu estou saindo de um relacionamento que não deu certo...Nessa ultima vez que terminamos ele disse que não estava preparado pra entrar num relacionamento que estava confuso. Mais sinto como se fosse o destino que colocasse ele no meu caminho tada vez acredito muito no destino e sinto que apesar de estarmos afastados agora sinto que o nossos caminhos iram se cruzar novamente! Fico pensando sera que o nosso destino e ficar junto e porque todas as vezes que o destino nos reaproxima algo nos afasta??

    ResponderExcluir
  107. Olá, minha experiencia foi muito profunda e dura, após tres anos de convivência entre médica e paciente, fui surpreendido com um beijo que ela roubou, naquele instante algo aconteceu, senti a força que brotou de um sentimento que jamais senti. Mas durou apenas 15 dias e ela desencarnou derrepente. Não houve conjunção carnal, apenas juras e trocas de amor, carinhos, susurus no ouvido e planos que iriamos executar, mas com muito medo pois eramos comprometidos. Após sua morte fiquei completamente perdido pois não podia contar a ninguem oque havia acontecido e ao mesmo tempo muita coisa ficou por dizer e saber. Gostaria de saber se quando eu desencarnar vou encontra-la novamente? Amei o texto e fiquei completamente fascinado pelo conteudo como se fosse minha história.Obrigado

    ResponderExcluir